A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Salão de Detroit 2015

911 Targa 4 GTS de 430 cv e Cayenne Turbo S, de 570 cv: as novidades da Porsche no Salão de Detroit

A atual geração do 911, chamada 991, é sem dúvida a mais avançada de todas — e uma das mais bonitas, também. E, se em 2013, o 911 completou 50 anos, em 2015 foi a vez do cinquentenário de uma de suas versõs mais emblemáticas: o 911 Targa. Comemorando o aniversário, a Porsche decidiu dar a ele um presente, que foi entregue no Salão de Detroit: a versão GTS, com um flat-6 de 3,8 litros que, sem indução forçada, entrega 430 cv. E isto foi só o começo da festa.

O atual Porsche 911 Targa resgata a icônica coluna B e o vidro traseiro envolvente, marcas de estilo que estavam ausentes desdedesde 1993, quando o 993 foi lançado e o Targa adotou um visual mais convencional.

salaodetroit-barata-porsche-4

O 911 Targa 4 GTS vem se juntar ao Targa 4 e ao 4S, que estão entre as mais de 20 variações do modelo oferecidas atualmente. A primeira vem com um boxer de seis cilindros, 3,4 litros e 350 cv; enquanto na segunda o motor desloca 3,8 litros e entrega 400 cv. O GTS adiciona 30 cv à conta, enquanto permanece com tração integral.

São 430 cv a 7.500 rpm e 44,9 mkgf de torque a 5.750 rpm — o bastante para acelerar até os 100 km/h em 4,7 segundos quando equipado com o câmbio manual de sete marchas, e 4,3 segundos com o câmbio PDK, também de sete marchas. A velocidade máxima é de 303 km/h e 301 km/h, respectivamente.

salaodetroit-barata-porsche-3 salaodetroit-barata-porsche-5

salaodetroit-barata-porsche-2

Sendo a versão de topo do 911 Targa, o GTS também traz de série alguns equipamentos que, nas outras, são opcionais — incluindo o Sport Chrono Package, que adiciona, entre outras coisas, controle de largada e modos de direção opcionais, mais voltados para a pista. Além disso, a suspensão ajustável e o sistema de escape esportivo também são de série.

salaodetroit-barata-porsche-6

Visualmente o 911 Targa 4 GTS se diferencia pela máscara negra nos faróis e pelo acabamento em preto brilhante nos emblemas e nas rodas de 20 polegadas. No interior, acabamento em couro Alcantara preto com o logo “GTS” bordado nos encostos de cabeça são a marca da versão, bem como o cronômetro no centro do painel — parte do Sport Chrono Package. O 911 Targa 4 GTS  deverá chegar às lojas dos EUA e da Europa em Abril.

Do outro lado do espectro está o Cayenne. O SUV que compartilha plataforma com o VW Touareg recebeu em Detroit sua nova versão de topo, que também é a mais potente.

Porsche-Cayenne-Turbo-S-1

O Cayenne Turbo S agora é movido por um V8 de 4,8 litros com dois turbos e nada menos que 570 cv a 6.000 rpm e 81,6 mkgf de torque entre 2.500 e 4.000 rpm — um acréscimo de 520 cv em relação ao Cayenne Turbo.

Com a cavalaria a mais, o SUV agora chega aos 100 km/h em 4,1 segundos com máxima de 284 km/h — e mais: a Porsche diz que o Cayenne Turbo S agora é o novo SUV recordista de Nürburgring, tendo completado uma volta no Nordschleife em apenas 7:59,74 e tornando-se 14 segundos mais rápido que o antigo recordista, o Range Rover SVR, que virou 8:14.

Para ajudá-lo na empreitada, o Cayenne Turbo S não contou apenas com a potência do motor, mas também com uma ajudinha da eletrônica: o sistema PDCC (Porsche Dynamic Chassis Control) reduz a rolagem da carroceria e o sistema de vetorização de torque contribui para melhorar a dinâmica aplicando os freios individualmente em cada roda. Os freios também são bastante extremos, usando pinças de dez (!) pistões na dianteira.

Visualmente, o Cayenne Turbo S traz detalhes em preto na grade e nos retrovisores, além de rodas de 21 polegadas com desenho inspirado nas do 911 Turbo.

salaodetroit-barata-porsche-8

Falando em Turbo, o 911 Turbo S, dotado de um flat-6 de 3,8 litros com dois turbos e 560 cv, também está em Detroit, bem como as versões GTS do Cayman e do Boxster, cujo boxer de seis cilindros e 3,4 litros fica em posição central-traseira (melhorando a distribuição de peso) e acoplado a uma caixa manual de seis marchas ou de dupla embreagem com sete marchas.

salaodetroit-barata-porsche-12 salaodetroit-barata-porsche-13 salaodetroit-barata-porsche-14

Como dissemos na época do lançamento, em março de 2014, no Cayman a potência do motor é de 345 cv, enquanto o Boxster fica com 335 cv. A disparidade de 10 cv é sentida no desempenho: o roadster é um pouco mais lento, chegando aos 100 km/h em 4,7 segundos e atingindo a velocidade máxima de 280 km/h. O cupê, por sua vez, chega aos 100 km/h em 4,6 segundos e tem velocidade máxima de 285 km/h, ambos com câmbio PDK de sete marchas.

salaodetroit-barata-porsche-15 salaodetroit-barata-porsche-16 salaodetroit-barata-porsche-11 salaodetroit-barata-porsche-10

Matérias relacionadas

Audi Q7 2016, o substituto do Volkswagen Tiguan e o Bentley mais rápido do mundo no Salão de Detroit

Dalmo Hernandes

BMW leva Série 6 reestilizado, M235i e o clássico 3.0CSL “Batmóvel” para o Salão de Detroit

Dalmo Hernandes

John Cooper Works 2015: o Mini mais potente de todos os tempos estreia no Salão de Detroit

Leonardo Contesini