A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Carros Antigos Vídeo

A emocionante história do rapaz que prometeu – e conseguiu – um Bel-Air 57 para o pai em seu aniversário de 57 anos

Todo mundo tem um sonho automotivo — um carro que, por qualquer razão, habita nossos sonhos mais do que qualquer outro. E, muitas vezes, não passa de um sonho inviável — por questões financeiras, práticas, falta de tempo, ou uma combinação de tudo. O pai deste rapaz passou a vida sonhando com um Bel-Air 1957 e, em seu 57º aniversário, ganhou o carro de presente do seu filho. A reação? Nada menos que emocionante.

Mike King, do estado do Kentucky, nos EUA, postou na internet o momento em que o pai descobre que ganhou um carro. Quando tinha 8 anos de idade, o rapaz prometeu ao pai que daria a ele o carro dos seus sonhos, um Bel-Air 1957, em seu 57º aniversário.

Na descrição do vídeo ele explica: “meu pai passou a juventude sonhando em ter um Chevy Bel-Air 57. Ele cresceu em uma família pobre com sete irmãos, e achou que nunca seria capaz de ter seu carros dos sonhos, mas falava disso o tempo todo.

Não tem como não se emocionar junto — o choro engasgado, o abraço, e depois o deslumbramento: “isto está mesmo acontecendo?”, o pai pergunta. Está, sim — na verdade, o rapaz explica que comprou o carro há dois anos e o manteve guardado, escondido do pai. De vez em quando ele até mostrava algumas fotos, perguntando o que o pai achava do carro — e tinha cada vez mais certeza de que fez a coisa certa.

57belair (1) 57belair (3)

Assistindo ao vídeo, não há como não lembrar deste comercial da Chevrolet, veiculado em 2011, que conta a história de um filho que reencontra o Chevrolet Impala 1965 do pai – quase duas décadas depois que o carro foi vendido. O pai comprou o carro novo, e precisou vendê-lo nos anos 80 por dificuldades financeiras. Depois de uma busca que durou cinco anos, o carro foi encontrado e entregue ao seu primeiro e mais apaixonado dono:

É por este tipo de coisa que a gente acredita que, para quem os ama, carros são muito mais do que meros objetos. Eles são quase como entidades, capazes de unir pessoas, realizar sonhos e transformar vidas.

Matérias relacionadas

Este Alfa Romeo foi um presente de Benito Mussolini para sua amante e agora está à venda

Dalmo Hernandes

Toyota Mega Cruiser: quando os japoneses tentaram fazer seu próprio SUV gigante americano

Dalmo Hernandes

Este 917K foi restaurado pela própria Porsche para voltar às pistas depois de quatro décadas

Dalmo Hernandes