FlatOut!
Image default
Eventos Lançamentos Salão do Automóvel de SP

O novo M140i de 340 cv, a opulência do BMW 750Li M Sport, o crossover X2 e as novidades da Mini no Salão do Automóvel

Dividindo seu estande com a Mini, a BMW aproveitou o Salão do Automóvel para exibir todos os recursos do ultra-luxuoso 750Li M Sport e também para lançar a nova versão apimentada do hatch da Série 1, o M140i. Além disso, trouxe direto do Salão de Paris, que aconteceu no mês passado, o conceito do BMW X2 – que, ao que tudo indica, já tem passagem carimbada para o Brasil em 2018.

É difícil passar pelo estande e não se prender ao gigantesco e imponente 750Li M Sport. O sedã topo-de-linha da marca no Brasil (acima dele fica o 760Li) foi lançado em maio, mas teve lugar de destaque no estande.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-25

Já falamos bastante sobre o 750Li M Sport no post de lançamento. A nova geração ficou três centímetros mais longa, mas perdeu 40 kg em relação à anterior graças ao uso de materiais mais leves na estrutura, incluindo uma “rollcage” de fibra de carbono, o Carbon Core (leia mais a respeito aqui).

O motor é um V8 biturbo de 4,4 litros com 450 cv entre 5.500 rpm e 6.000 rpm e torque máximo de 66,2 mkgf entre 1.800 e 4.500 rpm. É suficiente para levar o 750Li até os 100 km/h em 4,7 segundos, com máxima limitada eletronicamente em 250 km/h – lembrando que, apesar da perda de peso, ainda são 1.940 kg de carro. Como a gente costuma dizer, é mais que o suficiente para garantir a diversão do chauffeur enquanto o dono do carro curte o amplo espaço no banco traseiro, cortesia do entre-eixos de 3,21 metros. O câmbio é automático de oito marchas.

Um dos recursos mais legais, porém, é a própria chave, que exibe notificações de manutenção e diversas informações do veículo, como autonomia e nível de combustível. Além disso, com ela é possível controlar o sistema de climatização, permitindo que você resfrie ou aqueça a cabine do carro antes de os ocupantes entrarem no carro. Você pode até ligar o motor e colocar o carro em uma vaga apertada remotamente com a chave. Para lavar o carro e trocar os pneus automaticamente, não falta muito.

Ok, falta bastante ainda. Mas é legal.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-4

Já o BMW M140i é o oposto:  um hatchback compacto, potente, veloz e sem tantas frescuras. Lançado há poucos dias, ele tem o visual praticamente igual ao do M135i, mas o motor é completamente novo: no lugar do N55, entra em cena o B58. O seis-em-linha de três litros é feito todo de alumínio e pertence à nova família de motores modulares da BMW. Em relação ao antecessor o B58 desloca 19 cm³ a mais (2.998 vs. 2.979 cm³) e trabalha com um turbo maior, que produz 20% mais pressão, além de um intercooler ar-água integrado à admissão.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-2

Com isto, a potência subiu de 326 para 340 cv. Já o câmbio continua o mesmo ZF 8HP, de oito marchas, que equipa o M135i. A aceleração de zero a 100 km/h agora é feita em 4,6 segundos, contra 4,9 segundos do M135i. A suspensão também ficou 10mm mais baixa.

Como já dissemos, o M140i as vendas começam ainda neste mês, e o preço parte de R$ 270 mil.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-9

Estes foram os lançamentos. O BMW X2, por sua vez, ainda é um conceito. Feito sobre a plataforma do X1, que também é compartilhada com a Mini, o X2 será um crossover esportivo que ficará posicionado entre o X1 e o X3.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-10

Ele lembra bastante um X1 com uma dose extra de ousadia, com teto mais baixo e linhas mais agressivas na dianteira. A BMW já confirmou que pretende lançá-lo em 2018, provavelmente equipado com o motor 2.0 turbo de 231 cv. Por mais que a fabricante não tenha falado nada sobre produzi-lo no Brasil, a opção faz sentido: o X1, que também utiliza a mesma plataforma, já é fabricado aqui.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-8

A presença de outros modelos M deixou as coisas bem interessantes: o BMW M3, com seu seis-em-linha biturbo de 435 cv, foi representado por um chamativo exemplar laranja, enquanto o M2 azul recebeu faixas com as cores da divisão M.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-18 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-14

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-15

Já o X6M nunca deixa de nos espantar com sua capacidade de ser incrivelmente esquisito e tão hipnotizante ao mesmo tempo. Um “suv-cupê” com V8 biturbo de 567 cv e tração 4×4 não é nosso carro dos sonhos, mas conduzi-lo deve ser no mínimo interessante.

A Mini desta vez teve presença discreta no Salão. Tanto que, curiosamente, seu principal lançamento – o Mini Countryman, que acaba de ganhar uma nova geração e será vendido no Brasil a partir de março de 2017 – simplesmente não veio.

O Countryman ficou 20 cm maior, com um aumento de 7,5 cm no entre-eixos e quatro opções de motorização, incluindo um conjunto híbrido similar ao do BMW i8, com um três cilindros de 1,5 litro e 136 cv acoplado a um motor elétrico de 88 cv, totalizando 224 cv.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-26 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-27 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-28

Presentes no Salão, porém, estão o Mini Cabrio, que acaba de ser lançado, e o Clubman, perua cinco (ou seis?) portas que pode até ser um carro interessante, mas não tem muito a ver com o nome da marca.

salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-24 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-19 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-21 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-22 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-23 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-17  salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-16  salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-7 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-6 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-5 salao-sao-paulo-flatout-bmw-mini-3

Matérias relacionadas

Alfa Romeo investe na tração traseira, Fiat terá um novo roadster e as novidades de Ferrari e Maserati

Dalmo Hernandes

Renault Sandero RS é lançado com motor 2.0 de 150 cv – e ao lado de Fluence GT2 e picape Duster Oroch

Dalmo Hernandes

De volta ao flat-4 : Porsche Cayman e Boxster de quatro cilindros são flagrados em Nürburgring

Dalmo Hernandes