A origem da origem do Fusca: como um engenheiro judeu pode ter ajudado a criar o “carro do povo”

Dalmo Hernandes 20 janeiro, 2015 155
A origem da origem do Fusca: como um engenheiro judeu pode ter ajudado a criar o “carro do povo”

O dia 20 de janeiro, também conhecido como “hoje”, é o Dia Nacional do Fusca (não confundir com o Dia Mundial do Fusca, que é comemorado em 22 de junho). Sendo um site sobre cultura automotiva, o FlatOut! não pode deixar de celebrar a história do Carro do Povo. Quer dizer, a verdadeira história — a origem da origem do Fusca, se quiser.

Não estamos falando de uma verdade absoluta, e sim de uma história alternativa, contada pelo jornalista e pesquisador holandês Paul Schilperoord. Schilperoord se interessou pelo trabalho do engenheiro e jornalista alemão Josef Ganz e por sua história, e acredita que o trabalho de Ganz, especialmente um protótipo chamado Maikäfer, foram fundamentais pra que Ferdinand Porsche concebesse o carro que daria origem ao Fusca.

A atividade principal de Ganz era o jornalismo automotivo. Em meados da década de 1920, ele era o editor-chefe de uma publicação chamada Motor-Kritik que, como o nome diz, trazia uma visão sincera e, muitas vezes, incisiva a respeito da indústria automotiva alemã — talvez até demais, acusando os carros alemães fabricados por empresas como a BMW e a Mercedes-Benz, de serem perigosos ao volante e pouco eficientes, ao mesmo tempo em que oferecia consultoria técnica a estas e outras marcas menos conhecidas, como a extinta Standard.

fusca-histproa (5)fusca-histproa (6)fusca-histproa (4)

Nos primeiros anos a revista se chamava Klein MotorSport

Esta prática acabou sendo sua ruína. Em 1931 o nazismo já tinha muita força e dois anos depois Adolf Hitler se tornaria o novo chanceler da Alemanha. Naquele ano, uma publicação da Propaganda nazista acusou Josef, que era judeu, de usar seus artigos na Motor-Kritik para intimidar os fabricantes e forçá-los a contratá-lo como consultor técnico. Não por acaso, Josef Ganz também era engenheiro e detentor de algumas patentes de sistemas de direção, suspensão e outros sistemas que poderiam ter aplicações automotivas.

Com as acusações, Ganz precisou deixar o cargo de editor-chefe da revista. Na época, segundo Schilperoord, Ganz era um dos únicos defensores da ideia de que um carro popular ideal teria motor traseiro refrigerado a ar, carroceria sobre um chassi do tipo espinha dorsal. Além disso, Ganz era amigo de Paul Jaray, projetista austríaco de aviões e dirigíveis.

T77_Advertising-2

Coincidentemente, Jaray foi um dos primeiros a aplicar a fundo o princípio da aerodinâmica em automóveis, e um de seus projetos mais famosos é o Tatra T77 , feito em conjunto com Hans Ledwinka. Como já dissemos aqui, é amplamente aceito que estes e outros modelos da Tatra tiveram influência no projeto de Ferdinand Porsche para o Beetle. Acredita-se até que o próprio Professor admitiu a inspiração, e ainda disse que era recíproca.

Acontece que, em seu livro The Extraordinary Life of Josef Ganz – The Jewish Engineer Behind Hitler’s Volkswagen, publicado no Brasil com o provocativo título “A Verdadeira História do Fusca — Como Hitler se Apropriou da Invenção de um Gênio Judeu” pela Editora Alaúde, Schilperoord sugere que a inspiração para Porsche veio de outro lugar: o protótipo Maikäfer de Josef Ganz.

 

Professor Porsche e o outro besouro

Porsche_Rosenberger_Maikafer_1931Maikäfer significa “besouro-de-maio”, uma espécie de besouro encontrado principalmente em território português, e foi este o apelido escolhido por Ganz para seu protótipo de “carro do povo” — a expressão Volkswagen era bastante comum naquela época. Na verdade, vários engenheiros jovens e empolgados se inspiraram em Henry Ford e tentaram criar “carros do povo”; meios de transporte práticos, eficientes e acessíveis ao homem comum.

Desenvolvido com o apoio da Adler, fabricante alemã fundada em 1900 e extinta em 1957, o protótipo com motor traseiro, suspensão independente era compacto e, de fato, parecia um besouro. Como ficou pronto em maio de 1931, o pequeno roadster de motor traseiro refrigerado a ar e suspensão traseira independente por eixos flutuantes recebeu o nome de Maikäfer.

E foi o Maikäfer que, segundo documentos encontrados por Schilperoord, Ferdinand Porsche teria ido ver quando visitou Josef Ganz em outubro de 1931, semanas antes de projetar um protótipo para a Zündapp — que, vejam só, tinha um conceito bem semelhante ao do Fusca, com exceção do motor que, em vez de um boxer de quatro cilindros refrigerado a ar, era um radial de cinco cilindros por exigência da Zündapp.

Em 1932 havia três protótipos funcionais que foram perdidos em um dos últimos bombardeios da Segunda Guerra, em 1945. O carro da foto abaixo, no museu industrial de Nuremberg, na Alemanha, é uma reconstrução.

fusca-histproa (2)

Três anos depois, Porsche seria contratado por Adolf Hitler para projetar o carro do povo — o nome Volkswagen acabou sendo adotado pelo modelo anos mais tarde. Àquela altura, o nome de Josef Ganz já era passado — um de seus rivais na Motor-Kritik, Paul Ehrhardt,  é apontado pelo pesquisador holandês como o autor da denúncia contra Ganz aos nazistas. Em 1931 ele precisou deixar o cargo de editor-chefe da revista e, em março de 1933, foi preso.

Depois de solto, Ganz mudou-se para a Suíça, mas não sem antes ser censurado pelo partido nazista, que proibiu qualquer publicação alemã de usar seus textos e o impediu de patentear qualquer tipo de inovação tecnológica. Schilperoort acredita que, assim, Hitler pôde usar o trabalho de Porsche sem dar créditos a Ganz, que raramente é lembrado na história do Fusca.

Uma das evidências de que Porsche visitou Ganz foi apresentada por um colega dele na redação da Motor-Kritik, Georg Ising. Em um artigo publicado em fevereiro de 1934, Ising apresenta evidências fotográficas com imagens daquele que seria Ferdinand Porsche ao volante do Maikäfer:

Este ao lado dele seria Adolf Rosenberger, que foi um dos projetistas do Auto Union Type C, de 1936 — que, de acordo com Scilperoord, também teve influências do Maikäfer em seu design.

hitler-and-volkswagen-beetle

Naturalmente, nada disto foi provado e a “malandragem” dos nazistas não é muito bem aceita pelos fãs do besouro — na verdade, a associação do Fusca com Adolf Hitler jamais foi digerida pelos entusiastas, que preferem esquecer esta parte da história. Vai ver é por isso que sempre surgem versões alternativas, como esta.

De qualquer forma, o legado do Fusca é muito maior e mais bonito do que sua origem obscura, e é dele que precisamos lembrar.

[ com informações do site Ganz-Porsche.org ]

  • Warley Camurça

    Será que fica bacana um fusca dos antigos com esses motores que saíram nas ultimas Kombis?

    • Matheus Utzig

      Não! Se raramente fica bacana com motor AP…

      • Gustavo Marv

        Ao contrario, todos os que eu vi ficaram muito bons! Andavam mais, bebem e quebram menos. Poucos ajustes tornam os Fuscas AP muito bons! E não são apenas palavras minhas, tenho um amigo que é Fusqueiro inveterado e quando montou um Fusca AP se rendeu a praticidade! Claro que no Fusca que foi do avô dele, bate um coração boxer 1800 turbo, mas para os fuscas normais que querem um pouco mais de saúde, a conversão AP é só beneficios.

        • Matheus Utzig

          A conversão AP precisa ser bem feita! Tem uns que eu já vi que ficaram muito enjambrados… principalmente na colocação do radiador. Mas aí vai de cada um, eu sou mais do boxer 1800 turbo que citou, acho que os motores boxer da linha tem bastante a oferecer sem precisar esse swap. Mas quando começa a falar em preços, boxer tem muita coisa cara, coisa que né, o AP tira de letra!

          • Gustavo Marv

            Sim, pois uma conversão bem feita é relativamente caro, mas é mais barato que uma retifica completa de um motor a ar.

          • Matheus Utzig

            Mas bah, é mesmo? Quanto tu avalia uma conversão ‘boa’ pra AP?

          • Gustavo Marv

            Bom, um motor apenas completo carburado sai entre 1000 e 1500 reais, uma boa flange ou um câmbio de kombi diesel entre 500 e 1000 reais, radiadores e tubulação uns 500 (2 radiadores) e por aí vai (peças usadasem bom estado) Calculo de 4 a 5 mil para fazer certo. Em SP uma retifica completa bem feita de motor a ar não sai por menos de 6k

      • DJUNIOR

        Se for pra apelar, nada que um Subaru boxer (o 1600 mesmo) não resolva essa zuera, que é muito melhor de ouvir que os peidos sincronizados dos EA-111 e EA-827…

        • lightness RS

          Sim, e depois tu estupra o carro todo pra enfiar um radiador num carro que nãofoi feito pra ter isso, ou faz como a maioria dos donos e faz pior ainda, DEIXA O RADIADO JUNTO DO MOTOR!!

          • DJUNIOR

            Seria a mesma coisa que pegar um AP ou EA-111 e enfiar tudo junto com o radiador…

    • Fórmula Finesse

      Com o 1400cm3 by Fox exportação??? Ficaria um foguetinho…

    • Se for 1600 de injeção multiponto sim(Boxer é claro) fora isso eu acho que não ficaria legal.

  • Jalazio
  • HighwayStar_84

    Judeu com bigode do Hitler hehehehehe!!!

    • Tiago Paulo

      Devia ser uma baita moda na época.

  • Walther R. Filippetti Nucci

    Achei essa historia mais plausível do que a “oficial” de que Hitles queria um carro economico, barato, pra 4 pessoas e que pudesse andar no deserto…

    • Viwanter

      não era no deserto e sim no rigoroso inverno europeu.

  • Fusca ? não muito obrigado

    • ovelho306

      seguinte: tu disse ali atrás que “seus comparsa vão socar a minha cara”

      agora eu tô quereno… chegamais aê, chega!

    • lightness RS

      Que bom, sobra mais pra mim e os outros que AMAM esse carro!!! Estará pra sempre no coração de todo Brasileiro q curta carros

  • Fórmula Finesse

    Não era novidade nenhuma naquela época os alemães sacanearem (para ser beemmmm delicatto) os judeus; existe um livro – o citado no post, vi agora e é o mesmo – sobre a gênese do Fusca que discorre exatamente sobre o assunto do post, com muitas fotos, diagramas…etc!
    A mim não surpreenderia, lembrem que Porsche projetou tanques para Hitler, mas foi vencido por um concorrente mais simplório (o tanque de Porsche nem ligou no teste diante do crápula nazista..rsrsrs – o que é ótimo para a biografia de Ferdinand).

    • Auguste21

      O Tanque que Porsche projetou era moderno demais para uma guerra naquela época. Foi feito um teste no aniversário de Hitler com o simplório e o sofisticado. Pouco tempo depois do começo do teste o tanque do Porsche PEGOU FOGO! Mas Hitler gostava do Porsche e um tempo depois pediu para ele projetar o futuro Tiger, que por sua sofisticação toda (tecnologia avançada demais em tempos simplórios, principalmente numa guerra, onde praticidade e quantidade fazem diferença) quebrava muito nas linhas de batalha, apesar de ser uma baita máquina.

      • Fórmula Finesse

        Não sabia que o Tiger era projeto dele; obrigado!

        • Auguste21

          De nada.

          • Francisco Junior

            Diz a lenda que Hitler, impressionado e possesso com o desempenho do T-34, mandou um de seus melhores engenheiros analisar alguns T-34 capturados na Rússia e elaborar um plano para fabricar alguma coisa tão eficiente quanto. O engenheiro alemão voltou ao Fuher e concluiu que engenheiros alemães jamais seriam capazes de produzir um tanque como aquele, Eles não passariam no Controle de Qualidade. Os T-34 eram simplórios e robustos, mas tinham duas grandes vantagens que os tornavam insuperáveis, A chapa frontal inclinada que potencializava a blindagem e a fabricação em massa em diversas fábricas, o que ajuda a explicar a total falta de padronização.

    • Francisco Junior

      Não é novidade nenhuma também que Judeus são especialistas em se fazer de vítimas para obter vantagens disso. Até hoje a elite sionista que domina as comunicações e o mercado financeiro no mundo e influência as grandes potências econômicas e militares,tira proveito dos cadáveres de seus irmãos e irmãs que pereceram nos campos de concentração nazistas.

      • Fórmula Finesse

        O Holocausto nunca pode ser esquecido, deve ser sempre lembrado não importando quem está se “aproveitando” disso ou não…

  • GSB

    Fusca “Long Tail”:

    upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/35/Tatra_77A_dutch_licence_registration_AM-44-01_pic10.JPG/1280px-Tatra_77A_dutch_licence_registration_AM-44-01_pic10.JPG

    upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/ea/Tatra_77_A_in_Santpoort-Zuid%2C_North_Holland%2C_Netherlands_2.jpg/1236px-Tatra_77_A_in_Santpoort-Zuid%2C_North_Holland%2C_Netherlands_2.jpg

    • Jalazio
      • batista35

        Gostei Parecem que sairam de fabrica assim.

      • GabrielF100

        Sensacional! É de kombi o finalzinho da traseira, não?

        • lightness RS

          É sim Gabriel!!

          • Gabriel H. Monteiro

            Será que é mto f*da fazer essa conversão??

            Achei top d++

          • KzR

            Essa marrom chocolate ficou o ouro. Baita criatividade genial.

          • lightness RS

            Curti muito também!! Incrível como ficou bom no Fusca, só tinha visto essa cor em motos em em alguns Kia , mas é um tom diferente

          • KzR

            A Kia usou mesmo essa tonalidade? Aplicada corretamente, mantém aquele ar clássico tão desejável e até destaca frente a outros e os tons ordinários atuais.

          • lightness RS

            Não é bem essa tonalidade, no sol fica até parecido hehehd Foi foda achar fotos descentes na internet, não sabia q era tão difícil.

            Os Soul são bem fáceis de achar em marrom na rua, e o tom é mais bonito também

            http://kiavig.com.br/wp-content/uploads/2012/11/kia_0028_soul-marrom.jpg

            As Sportage e os Ceratos são num tom diferentes mas sob o sol fica lindos tmb.

            http://image-cdn-cf.beforward.jp/files/pictures/201309/161092/IS01482_1.jpg

      • BLK_Poomah_GTE78

        HELLYEAH juvenal, Let’s go surfing now!

      • Rodrigo Sublime

        Cara nunca tinha visto isso! simplesmente único! PQP quero um

      • KzR

        Lembrei-me na hora daquela Ferrari 250 Breadvan. Porque a conversão ficou top demais. Curti a marrom.

  • Auguste21

    Parabéns ao Fusca, um modelo que marcou e marca a vida de muita gente e que sem dúvida é um dos modelos projetados e fabricados mais importantes na história do automóvel. Sobre sua origem, seria uma baita coincidência e ironia do destino se fosse confirmado que a inspiração para criação do Fusca provenha de um projeto de um judeu.

  • Eu sempre resumo o Fusca assim: ele tem poucas qualidades, mas justo as poucas são essenciais!
    Independente dessa polêmica, acho que o Fusca foi um bom projeto a seu tempo, mas hoje estaria ultrapassado, mas enfim em qualquer lugar do mundo ele foi longevo se analisar.
    Brasil: 1953(CKD), 1959(modelo nacional) e foi até 1986 e de 1993 e 1996.
    México: 1954 até 2003.
    Alemanha: 1936-1939(Segunda Guerra) e 1949 a 1975.
    E fora que no Brasil serviu de base aos Puma(menos GTB), Bianco, X12 e até foi amplamente usada dentro da VW.

    • Jalazio

      Exatamente, as maiores qualidades do Fusca é ser inquebrável e simples. Dizem que com um arame e um martelo você restaura um Fusca inteiro.

      • Exatamente.

      • Riashe

        Boa Noite.

        Exatamente,por isto mecânicos(Não são todos) Não gostam do fusca.

        • DI ZAZZO

          Mas uma grande parte deles diz que VW presta justamente por isso…
          É uma faca de “dois legumes” para os mexânicos.

          kkkkkkkkk

        • KzR

          Já escutei que era por ser um motor “malindroso”, tem que ter malícia e mania para mexer com ele.

          Pelo que me contaram, circuito de freio passa pela transmissão!

      • Viwanter

        na verdade é um alicate e não um martelo.

  • Riashe

    Boa Noite.

    Saindo do assunto.

    Muitos já devem saber disto mais vamos lá, Ford Ecosport foi rejeitado na Europa.

    As vendas do “jipinho”,vão de mau a pior na Europa.

    Por causa disto a Ford,vai fazer uma especie de facelift no Ecosport.

    Ele vai ficar,mais parecido com o Fiesta.

    Mais infos:http://www.estadao.com.br/jornal-do-carro/noticias/carros,rejeitado-na-europa-ecosport-vai-mudar–,22827,0.htm

    • Sobre o EcoSport vendido na Europa.
      1É produzido na India com o mesmo padrão de acabamento ofertado para os indianos, então a Ford viu a mancada que fez.
      2Sobre o estepe na traseira, já que esta lá, deixa descoberto, mesmo e não coberto, não é como Pajero Full e Rav4 que já nasceram com aquilo, o que a Ford europa fez foi gambiarra.
      3Nas opções de motores escolhidas na Europa, não existe problema afinal são três: 1.516V, Ecoboost 3c 1.nada Turbo e o 1.516V Turbo Diesel

      • Riashe

        Mais o que, o povo não gostou foi do “Jipinho” de modo geral.

        A Ford,vai tentar fazer ele ficar apreciável para ver se consegue vender.

        • Bom se o Captur vendeu até bem, então acho com essa melhoras talvez consiga, mas se um Ford não vender bem na terra do Jeremy Clarkson é por que a coisa está feia.

          • Riashe

            Concordo.

  • WagnerSCS

    Refletindo cá com meus botões, acho que descobri porque gosto tanto dessas máquinas de quatro rodas. Nasci bem no dia nacional do besouro mais famoso e conhecido do mundo, impossível não pender para o lado entusiasta da coisa!

    • Devaneioss

      Parabéns Brother!

  • Brazooka
    • ovelho306

      qual o nome deste último aqui?

      • BLK_Poomah_GTE78

        Me parece um protótipo do Xavante… mas o google me disse que se trata de algo similar a um “Gurgel 1200”, que em algum ponto da minha rápida e diligente busca apareceu como “Ipanema”… cadê um daqueles malucos especialistas em Gurgel quando se precisa deles?! KKKKKKKKKKK Normalmente são acessíveis e sempre com uma 10/13 torta na manga… KKKKKKKK

        • ovelho306

          acho o mais estiloso!!

          • BLK_Poomah_GTE78

            Vejo um pouco de Meyers Manx (não lembro se é assim que escreve), meio achatado… também me agrada.

          • ovelho306

            é buggy mais charmoso! ainda terei um!

          • BLK_Poomah_GTE78

            Cara, assisti a um episódio do tio Jay com o criador deles… i m p a g á v e l KKKKKK muito bom. Vale a pena conferir:

            https://www.youtube.com/watch?v=PYYPJ-ExM-M

          • ovelho306

            Vou conferir a pedida!!

          • ovelho306

            Dentro de um buggy tudo fica melhor!!
            nos idos de 97 andávamos de carona na saída do trabalho. tardes quentes e muuita CIGARRA chamando por chuva!!

        • Thiago Rammster

          é um Ipanema mesm, sucessor do Bugato

          motor se não me engano 1300

          ai o Gurgel viu que a galera tava usando o bugue pra fazer “trilhas” e decidiu iniciar a família Xavante

          • BLK_Poomah_GTE78

            Tá. Agora me empresta a 10/13, bunitão? KKKKKKKKK

      • Brazooka

        O Gurgel Ipanema? Ele foi um dos primeiros modelos “grandes” do Gurgel (antes ele fabricava mini-carros para crianças).

        Ele fabricava este tipo de carrinho:
        http://2.bp.blogspot.com/_LaaVJ1o7YrY/TUo862uFAdI/AAAAAAAAADY/dC48mHLKQaM/s1600/Gurgel+e+o+mini+Karmann-Ghia+dez1965-2.jpg

        Começaram a pensar em uma versão buggy/utilitária baseada em chassi encurtado de Fusca (a foto abaixo é do Gurgel 1200, protótipo do que viria a ser o Gurgel Ipanema – o da foto que perguntaste):
        http://www.gurgelclube.com.br/Images/uploads/Macan-Gurgel1200-Ipanema-06.jpg

        http://www.gurgelclube.com.br/Images/uploads/Macan-Gurgel1200-Ipanema-01.jpg

        Por sua vez, o Ipanema serviu de base para os futuros jipes Gurgel. O nome Gurgel X-12 é justamente “X” de “experimental”, e o “12” é baseado no “1200”.

        Aproveitando a onda dos “cutaways” aqui do FO!
        http://img.gawkerassets.com/img/192oxev5i91tkjpg/ku-xlarge.jpg

        • ovelho306

          legal! valeu!

    • BLK_Poomah_GTE78

      O Brazooka é Brasa, mora?

    • Raphael Medeiros

      Faltou a Kombi na relação…

  • Fórmula Finesse

    Bom, parabéns ao Fusca; meu primeiro carro!

  • Danilo Duarte de Oliveira

    Ah não sei, ele tinha um projeto barato assim como a própria matéria já diz que “…vários engenheiros jovens e empolgados se inspiraram em
    Henry Ford e tentaram criar “carros do povo”… ”

    De resto motor traseiro não era novidade, a mecânica é bem diferente da desenvolvida por Porsche, e se é o design do carrinho vermelho que querem assimilar com o fusca, ele parece muito mais com o Citroen 2cv.

  • Marcus Vinicius

    E sou feliz pelo meu, grado muito, meu primeiro carro!

    • Matheus Utzig

      Mas que tal ein? Belíssimo 1300! São carros muito bons de se guiar… volante super leve, firme e com pegada boa. Pedais firmes e motor ‘robusto’.Carros que encaram o trânsito de maneira econômica e não ficam pra trás! Só pelo próximo evento no domingo pra fazer aquela viagem colado nos 80km/h…

      • Gabriel H. Monteiro

        Matheus infelizmente meu contato com Fuscas foi praticamente nulo, aproveitando a deixa, a manutenção dele é simples de fazer, mas ele costuma quebrar? Outra coisa, tem muita diferença do seu para aquele Split Window?? Sou apaixonado por aquele modelo!

        • Marcus Vinicius

          Aqueles com janela Split Window são alemães e são ano 1953, são raríssimos e caríssimos no Brasil. O motor deles é 1200, eu não sei muita coisa sobre eles. O Fusca não é um carro que costuma quebrar com facilidade, mas também é um carro que exige peças novas e não apenas recondicionadas. Tudo que for trocar coloque novo, algumas coisas são caras outras nem tanto. O meu por ser 1300 acho ele muito forte, te digo com toda certeza que é mais forte do que qualquer carro 1.0, embora eu antes de ter Fusca sempre achei que ele fosse mais fraco do que carro 1.0 por ser um motor antigo, realmente eu tinha esse preconceito até comprar o meu Fusca e me surpreender com o carro. Mas eu já tenho uns projetos para o meu Fusca em mente, no futuro um motor 1.9 com duas Weber 44. Mas no mais é isso, eu sou apaixonado pelo meu Fusca.

          • Matheus Utzig

            1200? O 53 do meu amigo é 1100! E quanto mais antigo, mais raro de achar peças. É RARO achar, por exemplo, bomba de gasolina pra motores 1200 (até 1966). O 1300 é uma fartura de sobra de peças!

            OBS: pqp, eu tinha removido a foto com a placa pra colocar a sem as letras, e no comentário apareceram as duas fotos. Sacanagem! rsrs

          • Marcus Vinicius

            1100? Achei que a menor cilindrada existente no Fusca fosse 1200.

          • Gabriel H. Monteiro

            Brigadão pelo esclarecimento!
            Boa sorte com seu PC do Fuca! hahahaha

      • Marcus Vinicius

        Cara, seu Fusca é lindo, parabéns, Deus abençoe.

  • Caio Henrique

    Tenho esse livro. Excelente trabalho de pesquisa do autor. Pode até ser meio exagerado afirmar que Josef Ganz realmente é o pai por direito do Fusca, mas as difamações contra ele aconteceram. É inegável que existem semelhanças entre o Maikafer e o Fusca. Pra botar mais lenha na fogueira: comparem o Standard Superior, projetado por Ganz, e o Fusca e tirem suas conclusões . O Superior cumpria a maior parte das exigências do que Hitler esperava de um carro popular, mas como foi projetado por um judeu, não recebeu o devido reconhecimento. Após a Guerra, Ganz chegou a receber uma especie de pensão da Volkswagen

  • Luiz henrique

    O carro mais icónico de todos os tempos, alem de ser um dos mais simpáticos e vendidos da história, desenhado por uma lenda do automobilismo, porem retocado por ninguém menos que… Hitler! Acho esse o melhor exemplo que resume o sentido de ironia, e ainda vindo de um automóvel. Grande fusca, com toda certeza, o mais rodado contador de histórias que existe!

    http://static.salaodocarro.com.br/_upload/galleries/2014/04/18/fusca-hitler-53512ba732cb9.jpg
    http://www.classiccult.com/images/vw-1200-a-standard-beetle-1965-front-side.jpg

    (Que, a pesar dos pesares, continua assim, sempre sorrindo!)

    • Lamborghinista

      Valeu aí amigão, eu vi essa primeira foto em um livro e fiquei procurando mas não achei. E tu achou kkkk! Obrigado!

  • Felipe Wosniak

    Quem achar o problema da um voto positivo!
    Brincadeira, não precisa.

    • The-Pilot

      ahhh só pq o carro é… ah esquece , vão me chamar de racista.

    • Lamborghinista

      Mas se fosse assim o bigode do Hitler não seria preto kkkkk

  • Lucas Fabris

    Com extremo orgulho eu tenho meu 72 motor 1500! E apesar dos 40 anos judiados dele, não largo por nada!

    • Rafael K

      Belo besouro.

      • Lucas Fabris

        valeu amigo!

    • BLK_Poomah_GTE78

      Fuscão, 72, azul viril. Cor dos tempos de gasolina voadora, fumaça de charutos e Brigite Bardot. Bom de lata, com pneus sinceros e muita atitude. Visual clássico e despojado. Não vendo, não troco, não negocio e se triscar a mão, leva tapa. De mão fechada.

      • Lucas Fabris

        Exatamente assim amigo! A unica coisa que me arrependi, são os pneus campeão supremo da firestone. Finos de mais, não passa de 80km sem balançar!

        • Guilherme70s

          Já chegou a cogitar as calotinhas cromadas da Kombi pós-76 pra por nele? Acho que ficaria estiloso…

          • Lucas Fabris

            Com toda certeza, mas eu prefiro as calotas abaloadas, estilo Porsche sabe? De qualquer forma, pretendo deixar meu fusca assim ->

          • André

            Mas como ele vai sair do lugar?

          • Lucas Fabris

            Suspensao a ar! Fixa asism jamais ne! Mas como sou mais fixa, vai ficar mais alto

          • Iskander M

            Pelo amor de Deus, não estrague mais um Fusca!

          • Lucas Fabris

            Cada tem seu gosto né amigo. O meu não seria nem uma relíquia digna de placa preta, então não estarei estragando nada.

          • Iskander M

            Entre um fusca de Zé Frisinho e um de #ChoraBoy, o seu tá 1000x mais legal.

          • Lucas Fabris

            Valeu!

          • Lucas Fabris

            Para completar – Nada de #choraboy ou perfeição no meu azulão! Eu quero algo discreto, baixo e com potencia de sobra! Pretendo “terminar” meu projeto em 5 anos. Ate la, quero aparecer por aqui no PC!

          • Erico Reis

            #o choro é livre

        • BLK_Poomah_GTE78

          Entendo perfeitamente, bunitão. Mas conferem autenticidade, não só visualmente. Por sinal, andar de fusca à mais de 80… deve ser uma experiência tão assustadoramente instigante, quanto andar de Jeep na mesma velocidade, e olhe que eu tive um CJ5 (que mantive praticamente como você o seu fusca) todo original, com pneu “militar”, estepe no lado direito, espelho lateral esquerdo apenas e todo o pacote de alterações que 1982 permitiu. Não estou defendendo uma “regressão à vidas passadas” KKKKK mas que é rootsmothafuckaoldschoolbitchwayofdriving, isso é. Coisa de quem se adapta ao carro e sabe respeitar a forma como esses cavalheiros eram. Seu fusca é um sobrevivente, um representante glorioso. Um veterano de valor. Curti horrores. Parabéns.

          • Lucas Fabris

            Rapaz, estou instalando nele um par de bancos de megane com ajustes elétricos, mais tarde irei refazer toda a tapeçaria destes bancos e passar para couro de época! Não sou purista e sempre gostei de restomod sabe? Coloquei estes pneus por questão de estética mesmo! Apesar de que, estes são os pneus de época dele. Entendi bem a sua colocação, e realmente eu fico perplexo com a forma que os “senhores” dirijam naquela epoca!

    • Raphael Medeiros

      Levei um soco no ombro ao ver essa foto…

      • Lucas Fabris

        Não entendi a expressão amigo!

        • Raphael Medeiros

          A brincadeira do fusca azul… Quem via um fusca azul, falava “fusca azul” e dava um soco no amigo… E sim, sou velho pra dedéu.

          • Lucas Fabris

            agora entendi! Ja criei muita discórdia na frente das escolas kkkkkkkkk Estamos velhos então!

          • Juliano DS

            É, é das antigas, mas de vez enquando ainda hoje eu levo soco de algum outro jurássico também… old but gold hehehe

        • Lamborghinista

          É uma brincadeira antiga. Onde, quando alguém vê um Fusca azul, tem que dar um soco no amigo que está do lado. Não tem sentido, mas é legal haha

  • joaoalbertoborelli .

    _nunca gostei do fusca, meu pai já teve vários eu não vejo nada de mais no carro!

    • ovelho306

      Exato!! ele não tem absolutamente NADA DE MAIS!!

      tem é de MENOS; radiador, espaço, porta-malas e poraí vai!!

      agora o câmbio, sem similar! é tido como dos melhores do MUNDO!!

      • Rodrigo Piasecki

        Tudo o que um entusiasta precisa. Um carro bom, divertido e durável. Nada de mais. O menos é mais.

        • Douglas Zanatta

          e 99% da manutenção dele pode ser feita em casa… nada como arrumar o próprio carro

      • Devaneioss

        Todos os que dirigi achei muito ruim para engatar as marchas, carece de adaptação! Agora os demais VW o câmbio é ótimo, Honda e Toyota nem chegam perto em precisão e maciez nos engates.

        • ovelho306

          haa véio… eu dirigi uns três, mas era carro de mecânico.
          então câmbio tava filé!

      • guushk

        Aah, o câmbio é muito bom! Do meu os engates são ótimos (só a primeira tá com o sincronizado gasto, mas nada impossível de aguentar)
        E realmente, porta-malas e espaço faltam nele mesmo kkkkkkkk Ainda bem que só ando sozinho ou com a namorada no Fuscão. E a “falta de radiador” é engraçada de ver os argumentos na época, do tipo “tem menos coisa pra enguiçar”!

    • Sidious_Darth

      Carro??? desde quando fusca é carro? rs

    • Alex Dusfri

      Eu também nunca gostei. Na família tivemos dois. Meu avô teve um 1973 1300 amarelo e meu pai teve um 1977 1500 bege. Fez parte de minha infância e nem por isso sinto saudades ou sinto admiração pelo carro. Barulhento, apertado, desconfortável e gastão, e olha que o do meu pai era novíssimo, não era carro velho na época.

  • Rafael Vázquez Doce

    Zündapp = S2. Já tive várias, hoje me restam apenas duas.

  • Juliano DS

    Meu velho demorou uns 23 anos pra fazer 100k quilometros no 76 1300l dele. Nessa época eu era um burro que não entendia ou não queria entender o significado de um carro companheiro de um homem, e fiquei botando pilha pra ele vender e comprar um carro mais “moderno”. Um ano depois ele vendeu pra pegar uma saveiro quadrada, mas não era bem a mesma coisa… o fuque já era a assinatura dele e ele era reconhecido pelos outros pelo carro. Se encontrasse o fuque denovo, eu comprava devolta…

    • Lamborghinista

      Adolescência… Aquela fase em que a gente odeia muitas coisas, e quer ser descolado… Relaxa cara, arrependimento não mata, um dia você encontra ele de novo, se Deus quiser 😀

      • Douglas Zanatta

        tempo de fazer muita cagada kkk

  • BLK_Poomah_GTE78

    A história é como uma pedra no sapato. Pode-se tentar disfarçá-la, mas é impossível ignorá-la. Sou dos que preferem bater os sapatos sentado à sarjeta, por que penso no ridículo de mancar a hipocrisia, que sequer é defeito congênito. Pedras eternas rolam pela guia, mas ao menos não atrapalham mais o passo. Lembremos a pedra, com cautela e preparo, pois sempre surge outra no caminho, para pavor das nossas retinas tão fatigadas…

  • ghutimes .

    histórias, existem 3 versões.
    a minha versão, a sua versão e versão verdadeira.
    sempre será assim

    • GBavaresco

      Todos dias surge diversas teorias sobre o nascimento do Fuca e a nova ordem mundial hahahahahahahahahah

  • Felipe Baria

  • Sidious_Darth

    Os AFK do flatout piram … kkkk

  • Guest

    Feliz dia do Fusca!

  • Murilo Dutra

    Parabéns ao Fusca!

  • Felipe Rocha da Costa

    Recomendo a todos.

    • Alexandre Dias

      Velho,tenho Fusca 72 e moro em Dom Pedrito.Preciso saber sobre a cultura automobilistica desses lados aí. Pode me contatar via facebook? http://www.facebook.com/xande.dias.6

      • Felipe Rocha da Costa

        Claro Alexandre, mas já posso te adiantar que é bem forte na capital e região metropolitana, em vários clubes e eventos desde encontros de antigos com premiação a arrancada de vw a ar ou com motor ap.

  • Pomarola

    Enquanto ficam perdendo tempo com bobeira de desvendar a tal história real, eu vou curtindo o desfecho dela, seja qual for ela…

  • Lamborghinista

    A frase que melhor define o Fusca…