FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #236

A restauração e preparação do Peugeot 205 estão prontas

Bom, jovens… como vão? Aqui estou eu novamente, depois de uma certa demora, que teve motivo. Estava sem muito tempo pra escrever e o 205 estava passando por melhorias e correções, esperei até encaminhar melhor as coisas e cá estou para apresentar o último post da mini dorga. Bora lá?

 

C*****, onde estávamos?!

Bom, o ultimo status que dei para vocês foi pós swap, o motor roncou e teve o primeiro rolê! Certo, nesse momento eu já tinha mais coisas em mente mas tive que parar isso antes pra resolver uns detalhes que me incomodaram relativamente bastante.

O primeiro deles, já adiantei lá no terceiro e quarto posts, que é o suporte do motor. O que eu fiz e desenhei não deu certo como eu esperava e demorei um pouco para entender o motivo.

O posicionamento do motor, olhando de cima ficou bom, mas a geometria foi bem afetada. Basicamente assim, os semi eixos teriam que ficar assim:

Captura de Tela 2016-04-19 às 14.05.54

Onde que, cada extremidade são as rodas obviamente, e a junção do ângulo são as homocinéticas. E o meio que é reto é a parte mais longa do semi-eixo direito. Porém, com o suporte que eu fiz, a inclinação do motor, forçou um novo posicionamento da planetária do cambio, reposicionando o lado esquerdo do semi eixo, já que o do lado direito tem um coxim que o prende no quadro do carro. Então estava assim:

Captura de Tela 2016-04-19 às 14.06.00

Bom, até eu avaliar e descobrir isso, já tinha explodido o semi eixo. Então era hora de consertar. Comecei a avaliar opções e a mais fácil delas, que um amigo de São Paulo(vulgo Pixel Farizeu) inclusive faria, era usar o suporte do próprio 205.

Pô, show hein! Bora ver se serve.

foto2 (576x1024)

Como podem ver, eu encostei o suporte no bloco e o Faustão apareceu gritando EEEERROUUUUUUUUU! Ai lá vai eu para o ServiceBox da Peugeot, e confirmei minha teoria de que os projetistas franceses são mais ecléticos do que parece. Existem dois tipos de suporte e braço para motores 1.4 8v. Um(esse ai da foto) que é acoplado com a bomba d’agua e o outro sem, com a bomba interna no bloco, que era o que eu precisava.

Pois bem, pesquisei mais um pouco e vi que era mais fácil achar esses suportes nos 1.6 8v, seja de 306 ou 206 por exemplo, e com o ganho de que o braço é um pouco mais parrudo. Resumidamente, encontrei, comprei e instalei sem problemas. Único detalhe é que precisa de um pequeno corte nele pois passa perto demais da polia do comando. Mas basta desbastar um pouco que fica tudo certo. Posição fica correta seja em cima ou embaixo nos semi-eixos.

foto3 (1024x576)

Então amiguinhos, swap de 1.6 16v para 205, use o suporte original do motor 1.4. Em caso de swap para 1.6 16v em 106, a base do suporte no bloco é a mesma também do 1.6 8v ou do 1.4v sem bomba d’agua, mas o braço necessariamente precisa ser do 1.0 do 106, é o único carro que usa essa desgraça. Lembram dos ecléticos né? Então.

 

Vamos travar o bichin?!

Resolvida essa treta, fui para a parte um pouco mais legal, travar um pouco o jovem carrinho verde. O 205 XSI tem uma estrutura um tanto frágil, considerando um aumento de potência desse obviamente, então é bom ter alguns cuidados.

Comecei com uma barra frontal para ligar as longarinas, travar a frente e ter uma base para instalar o protetor de cárter que até então eu não tinha. Já havia explodido um cárter inclusive, obrigado ao prefeito da minha cidade aliás.

foto5 (1024x576)

Feito isso, eu mesmo resolvi fazer uma barra superior para anti-torção da carroceria. Antes que falem, sim ficou uma bosta. Mentira, até que quebrou um galho, mas vocês vão ver depois. Tem barra para o 205 lá fora, mas imaginam o preço pra chegar aqui né?

foto6 (1024x576) foto7 (576x1024)

Pra ficar claro, fiz ela pra ser temporária, usei por um ano temporariamente hahahaha Até porque o tubo é oco, tem 2mm de parede, mas mesmo assim não é forte o suficiente. Mas como disse, quebrou o galho.

foto8 (576x1024)

 

Miga sua loka! Da onde esses upgrades?

Então as perguntas eram desse tipo ali mesmo. Enfim aqui começam upgrades estéticos e plásticas pra deixar essa caixa de fósforo mais bonita.

Primeira coisa que veio foi uma aposta, queria e sentia falta de um aerofólio nele e sabia que só tinha uma opção naquele momento, que é o aero do AX GTI, mas não tinha achado nenhum até aquele momento. Então um amigo do Clube Peugeot apareceu com aerofólios originais da Peugeot, mas do 106. Bom, tirei as medidas do jeito que consegui, avaliei o preço e o risco e mandei vir, chegou e a expectativa de tirar a prova real era gigante. No fim, serviu e, pra mim pelo menos, ficou muito bom! Aqui uma foto do teste, depois tem fotos dele montado.

foto9 (576x1024)

Aqui então vem um dos mais aguardados, que já me perguntam desde o primeiro post, que são as rodas Speedline do 205 GTI. Eu estava atrás de rodas, adorava as fumagalli, mas ter as coisas mais exclusivas é quase uma premissa pra mim. Pesquisei, sondei quem tinha, tentei comprar na Europa, etc, mas nada tava dando resultado. Até que um amigo uruguaio me manda um link do mercado livre de lá com um jogo a venda, fechei na hora e ele fez todo o tramite pra mim, graças a Deus! Esse amigo, Oscar, trouxe elas para o Brasil e outro amigo, João, me enviou elas via transportadora do Porto Alegre até a minha casa.

Ai eu tive uma feliz surpresa, essas rodas tem duas variantes de produção, as Francesas que são conhecidas por serem uma das rodas originais da Peugeot mais pesadas que existem, e as italianas que pesam pouco mais de 7kgs cada. Enfim, vejam vocês mesmos.

foto10 (576x1024) foto11 (576x1024) foto12 (1024x576)

Só tive que reformar elas e meter uma tinta nova, ela foi feita pra esse carro, não tinha como dar errado.

Depois adaptei um protetor de carter de 206, só cortei as abas laterais e coube sem problemas, troquei os prisioneiros das suspensão por maiores e mais robustos e por fim instalei a barra anti torção em definitivo, tudo isso as pressas porque no fim de semana teria hot-lap e era a hora de testar essa porcaria na pista!

foto13 (1024x576)

Mas primeiro, uma medição rápida no dinamômetro.

foto14 (1024x576)

Mas, não saiu como eu queria e provavelmente não estava 100% no ponto(pra instalar o suporte novo tive que desmontar a correia dentada e devo ter me alimentado de esferas na hora de montar).

foto14_2 (1024x576)

Ah, agora sim. Veio 115cv e quase 19kgfm de torque, para o tamanho e peso tá ótimo!

 

Pé no porão!

Então era chegada a hora do teste na pista! E o mondemérda aqui instalou uma gopro no capacete mas não ligou quando entrou na pista. Sim, sou um cretino.

Enfim, o carro não foi mal, mas poderia ter sido bem melhor pois a suspensão não ficou como eu esperava, ela balançou demais, chegou a riscar um pouco os pneus. Mas freios, dinâmica e resposta do motor estão ótimas, pelo menos.

foto15 (1024x683)

Desculpem por não ter vídeo na pista, sério. ☹

 

Enquanto isso outra lasanha saia do forno!

Enquanto rolava as manutenções no 205 eu junto com meu amigo Denner montamos outro 205 Swap, então vou deixar 3 fotos só pra vocês terem idéia do que rolou!

Bonus1 (1024x576) Bonus2 (1024x576) Bonus3 (1024x576)

 

Mais upgrades!

Bom, aqui também chega a hora de falar outro upgrade que consegui e foi f#[email protected]! O famigerado body kit do 205 GTI. Mesmo esquema das rodas, meu fornecedor uruguaio, mas dessa vez ele comprou pra ele, desistiu e me vendeu!

Não foi barato, chegando em casa eles não estavam bonitos e mandei reformar, o que também saiu caro, instalar foi foda.

Ai vocês se perguntam: mas porque este energúmeno comprou esta merda? Porque eu sou um cretino. 

Bom eu já tinha comprado a parada, não dava pra desistir, porque eu sou brasil…não, deixa pra lá.

Caras, fiz várias medições, avaliações, etc. E percebi algo que não tinha notado antes, a curva do paralamas traseiro do 205 XSI é mais fechada que a do GTI. Ou seja, teria que cortar a lata para instalar. Que beleza.

Então, descartei o dó, porque quem tem dó é violão, e meti a serra na parada. Comecei de trás para frente para evitar erros. Como não tinha conseguido o kit de instalação(que é mais caro que o kit, mesmo na europa), eu resolvi usar rebites mesmo. Meti a furadeira na lata e agora essa porra fica ali pra sempre!

Me empolguei, desculpem.

foto17 (1024x576)

Pelo menos, pela boa e velha nossa Senhora do Santo Pipoco, ficou bom!

foto18 (1024x576) foto19 (1024x576)

 

Lembram do 306? Então, bônus rápido do estado atual.

Houveram alguns upgrades legais desde que terminei o PC aqui, vou deixar 3 fotos pra dar um gostinho apenas. Primeiro, consegui bancos Peugeot Sport originais que estavam em um 206 da Copa Peugeot. Reformei eles e usei suéde preto e mantive o desenho e os bordados originais.

Depois um short shifter + uma alavanca bem alongada para facilitar na pista. E por fim, mas não tem fotos, foi a suspensão alterada que ainda está em fase de testes, molas 5002P9 da Peugeot + setup de amortecedores Bilstein.

Bonus4 (576x1024)

(não conheço esse maluco aí.)

Bonus5 (1024x576)

 

A saga da suspensão!

Desde que andei na pista com a mini dorga fiquei agoniado pra refazer a suspensão, estudei bastante as opções, e por fim optei por usar peças originais da Peugeot!

foto20 (1024x576)

A PSA disponibiliza molas e amortecedores com mais carga na própria concessionária(viu, não é tão merda assim!), então optei pro setup do 205 usar as Molas 5002SA, que são as Sport1 dos 1.6 16v, usadas em Partners por exemplo.

Amortecedores optei primeiramente usar Monroe Gás Premium de 206/207, mas na hora de montar percebi que ia levantar demais a frente do carro.

Ai estão 3 níveis de molas originais Peugeot esportivas: 5002RT(vem em Xsara VTS), as 5002SA e a maior são as 5002P9, sport2 de Xsara VTS e Peugeot 306 GTI-6 por exemplo, e essas foram para o meu 306.

foto21 (1024x576)

Ai é chegada a hora de medir tudo. Nessa hora tive ajuda de dois grandes mac… quero dizer, amigos, Rodrigo Passos e o Maximiliam (do Mazda RWD virado no 8).

(não, não sou médico.)

Avaliando os dois setups desmontados da pra ver a diferença que daria no carro. Então no frigir dos ovos eu optei pelas molas + meus amortecedores atuais mesmo, e a combinação deu bem certo. A carga das molas travaram o suficiente o carro.

foto23 (1024x576)

Essas é só de brinde, antes que eu colocasse fogo no carro.

Então já há poucas semanas atrás chegaram mais umas maldades, os amortecedores Bilstein citados acima pro 306, e o intake da Simotta, modelo Raly. Tive que fazer pequenas adaptações pra ele caber, mas deu certo.

foto25 (1024x576)

Aproveitei esse trabalho pra reinstalar o condensador do AC e voltar a usar ele. E também  refiz a linha de combustível com um dosador mais decente e um manômetro da linha, mantendo o padrão que já uso no 306. E mais importante que isso tudo, refiz toda a fiação, porque eu estava incomodado demais com a bagunça que ficou.

foto26 (1024x576)

Bem melhor assim né? Sem aquele ninho de rato que tinha antes hahaha

foto27 (1024x576) foto28 (1024x576) foto29 (576x1024)

Detalhe do manômetro.

Por fim, uma foto que fiquei devendo, do interior. Como podem ver está bem intacto, dentro das possibilidade de um carro  com quase 20 anos de uso.

foto30 (1024x576)

 

E ficamos por aqui, jovens!

Então caras, é isso ai! Espero que tenham curtido a saga, desculpem por esse último post extenso e com muitas fotos, se eu quebrasse em dois posts ia ficar estranho, então mandei assim mesmo.

foto31_final (1024x681)

Assim seguimos na vida da graxa francesa por aqui, viabilizando muita porcaria automotiva de qualidade, muitos swaps e tentando ajudar quem quer iniciar nesse mundo mágico que é o mundo automotivo, que une pessoas de todos os gostos, de longe e de perto!

No que precisarem estou aí!

E obrigado Flatout novamente pelo espaço aqui, Leo, Barata e Dalmo! Valeu!

Abraços!

Por Eurípedes Marley, Project Cars #236

0pcdisclaimer2

Uma mensagem do FlatOut!

Marley, que projeto, cara! Foi legal ver você derrubar alguns mitos sobre a manutenção dos PSA, ao mesmo tempo em que deu várias dicas e compartilhou seu conhecimento sobre os carros do grupo com a galera. Parabéns pelo trabalho, pela bela máquina e pela conclusão!

Matérias relacionadas

Project Cars #433: restaurando um raro Chevette País Tropical

Leonardo Contesini

Um hot hatch francês montado em casa: a conclusão do Peugeot 306 S16 de Ricardo Malavasi, o PC #191

Leonardo Contesini

Project Cars #366: começa a transformação do meu Chevrolet Opala 1977

Leonardo Contesini