A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Humor Vídeo

A triste história do carro de corridas suicida

Motor preparado. Peso aliviado. Aerodinâmica retrabalhada. Freios de competição. Pneus slick. Este Seat León Supercopa tinha todas estas coisas que todo carro sonha em ter, mas estão reservadas aos carros de corrida.

Mas nada, nada disso era suficiente para ele, que sentia um vazio enorme em sua existência — afinal, em vez do asfalto quente, seu destino era um hotel de luxo. “Isso lá é vida para um carro de corrida?”, ele pensava. E o pensamento, aquele pensamento incompreensível para os outros, ficava cada vez mais forte. O desejo de tirar a própria vida. A solução. O suicídio.

Aquele passeio de elevador era a oportunidade perfeita: a plataforma não era muito estável, e alguém havia esquecido de acionar o freio de estacionamento ou qualquer outra trava que impedisse seu plano. A grua subia, a plataforma chacoalhava cada vez mais, até que chegou o momento. O vídeo é daqueles bem dolorosos de assistir:

Passado o susto, dá para dizer que a cena e cômica. A tragédia ficou por nossa conta.

Segundo a descrição do vídeo no YouTube, o carro estava sendo levantado para ficar exposto em um hotel de luxo na cidade de Pachuca, no México. A plataforma da grua não tinha nenhum tipo de trava, e aparentemente esqueceram de travar o carro na plataforma — dá para ver as rodas girando segundos antes de o carro dar seu mergulho fatal, caindo por uns seis metros antes de acabar com o teto no concreto. Imagine o desespero dos caras responsáveis pelo carro no momento! E eles não param de filmar — talvez tenham ficado em choque, sem conseguir reagir. Dá para entender.

A Seat León Supercopa é uma categoria monomarca que é disputada em vários países da Europa — Espanha, Alemanha, Itália e França, com temporadas anteriores no Reino Unido, na Turquia e na Hungria. Os carros que competem são Seat León com motor 2.0 TSI de 320 cv com transmissão DSG — além, é claro, de todas aquelas coisas de carro de corrida, como peso aliviado, freios de competição e gaiola de proteção.

Mas nada disso bastava para este pobre e deprimido Seat León. Descanse em paz.

Matérias relacionadas

Como é dirigir o clássico Lamborghini Countach, afinal de contas?

Dalmo Hernandes

Bugatti Veyron quem? Conheça o Nissan Silvia com motor Toyota 2JZ quadriturbo!!

Dalmo Hernandes

É assim que se dá a partida em um carro de Fórmula 1 dos anos 1990

Leonardo Contesini