A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

À venda: um BMW Série 3 E30 para curtir a céu aberto

A geração E30 do BMW Série 3 é considerada por muitos entusiastas a melhor – em muitos casos, pelo fato de ele ter dado origem ao primeiro de todos os M3. Seu visual emblemático, muito bem acertado e harmônico; a quantidade de receitas de preparação e seu potencial para project car também possuem influência nesta percepção. E claro, sua idade: lançado em 1982, logo menos o E30 completará 40 anos – em excelente forma.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Mas se você é dos que sempre sonharam com um E30, nosso Achado meio Perdido de hoje é sua cara. Quer dizer, se você não se importar com o fato de ser um conversível…

Lá fora é cada vez mais difícil encontrar um Série 3 E30 em boas condições: muitos carros foram modificados, transformados em réplicas do M3, projetos de drift, restomods e toda sorte de projetos. Isto quando não foram simplesmente usados por muito tempo, o que é perfeitamente compreensível dada a qualidade da experiência ao volante que o E30 proporciona. É fácil achar um carro judiado a um bom preço, esperando um dono cuidadoso que saiba o que fazer com ele. Já os que têm carros bem conservados e originais preferem não vendê-los… ou pedem uma pequena fortuna por eles.

A situação é um pouco diferente no caso da carroceria cabriolet, que tem menos apelo entusiasta e uma aura mais luxuosa – isto os torna menos procurados. E, por isto mesmo, um E30 a céu aberto pode ser uma boa alternativa para quem faz questão do modelo.

O nosso Achado meio Perdido de hoje é um bom exemplo – só o fato de ser um E30 em bom estado no Brasil já pode ser suficiente para que alguns o cobicem.

Anunciado no GT40, trata-se de um exemplar fabricado em 1988, do modelo 325i – o topo de linha das versões “normais”, ficando abaixo apenas do já citado M3. O motor é o seis-em-linha M20 em sua versão de 2,5 litros (mais uma vez: bons tempos quando os nomes dos BMW correspondiam ao deslocamento…), 171 cv a 5.800 rpm e 23 kgfm de torque a 4.300 rpm. No caso deste exemplar, infelizmente, o câmbio é automático de quatro marchas – o que, de todo modo, pode ser mais apropriado para um highway cruiser com bom torque e a possibilidade de dirigir com vento no rosto.

De acordo com o anunciante, Murilo, da The Garage, o carro está em excelente estado de conservação. Com 66.000 milhas marcadas no hodômetro (cerca de 106.000 km), o Série 3 exibe uma carroceria lisa, com pintura brilhante e muito bem preservada, todos os itens de acabamento originais e em seus devidos lugares – incluindo faróis, lanternas, emblemas, para-choques, frisos, borrachões, grade e rodas (estas, repintadas há pouco tempo).

O interior também é um ponto de destaque: o revestimento em couro das portas e carpete na cor creme sé original e está em ótimo estado, enquanto os bancos Recaro não exibem quaisquer imperfeições. O mesmo vale para o painel de instrumentos, que não tem rachaduras ou mesmo riscos. O quadro de instrumentos funciona perfeitamente, bem como o computador de bordo e sistema de abertura e fechamento elétricos da capota – que também está muito bem conservada.

Mecanicamente o E30 também está em ordem – o conjunto de motor e câmbio foi revisado recentemente, com troca de fluidos e correias. O que não elimina, claro, o fato de ser uma boa ideia realizar uma revisão em um carro com mais de 30 anos. Por outro lado, o fato de ele ter uma quantidade razoável de quilômetros rodados trabalha a seu favor: quase sempre um carro que passou décadas parado, circulando muito pouco, acaba sofrendo com isto – sedentarismo nunca faz bem, seja para pessoas, seja para os carros.

O preço pode ser um fator um tanto problemático – estamos falando de seis dígitos, pouco mais que um sedã médio como um Toyota Corolla ou Honda Civic recheados de equipamentos. Por outro lado, você conhece o ditado: “poucas coisas são mais caras que um BMW antigo barato”. Não estamos dizendo que este carro é um exemplar imune a imprevistos, obviamente. Mas a possibilidade é inegavelmente bem menor – especialmente porque, nesse caso, estamos falando de um carro para curtir aos fins de semana, como alternativa ao marasmo dos SUVs e sedãs do dia à dia.

Ficou interessado? Então acesse o anúncio clicando aqui – lá você encontra os contatos do vendedor para pedir mais detalhes.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Um Citroën AX GTi como não se vê todos os dias: bem cuidado e à venda

Dalmo Hernandes

Este Logus Wolfsburg Edition está realmente impecável — e à venda

Dalmo Hernandes

Hot Hatch ou Muscle Car? Este Ford Focus agora tem um V8 5.0 sob o capô!

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados