A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações

Aceleramos o Land Rover Discovery Sport: quando menos pode ser mais

Você deve se lembrar do Range Rover Sport V8 que aceleramos em agosto do ano passado: um transatlântico de 4,85 m, 2.310 kg e 510 cv, no qual tudo era extremado. Luxo, conforto, imponência, desempenho, sede por combustível e, claro, preço: mais de meio milhão de reais – uma cobertura penthouse sobre quatro rodas, iate sobre o asfalto, faça a sua metáfora. O que temos para mostrar na avaliação de hoje é o carro mais importante do line up da marca, a grande porta de entrada que veio com a missão de substituir o Freelander 2 e de ser uma versão mais curta e dinâmica do (futuro) novo Discovery. Um veículo cuja versão topo de linha custa menos da metade do Sport V8, tem meia tonelada a menos na balança, pega mais leve em termos de powertrain e capacidade off-road, mas possui muito de sua imponência e luxo, apresenta um conjunto mais funcional para o uso em base diária e é mais confortável e espaçoso que o Evoque, que custa mais caro. Adoçou o paladar? Eis então o Land Rove

Matérias relacionadas

Cravar o quarto-de-milha em menos de 10 segundos com o Dodge Demon é mais desafiador do que parece

Dalmo Hernandes

Sandero RS x Swift Sport R: qual o melhor projeto para preparação de track day?

Juliano Barata

Polo GTS x Sandero RS: Juliano Barata compara e opina

Juliano Barata