A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
WTF? Zero a 300

Este Lamborghini Aventador bizarro é feito sobre um pobre Pontiac GTO

Saca só estas formas arrojadas. Me lembro das semanas de antecipação antes que a Lamborghini anunciasse o aguardado sucessor do Murciélago. O supercarro foi apresentado no Salão de Genebra, em fevereiro de 2011, e eu gostei bastante. Eu queria muito que fosse um carro bacana, e não saí decepcionado: carroceria baixa, larga e agressiva como todo Lamborghini tem de ter; um V12 naturalmente aspirado de 6,5 litros e 700 cv, garantia de qualidade do Grupo Volkswagen…

Hoje, seis anos depois, o Aventador se destaca como um herói da resistência em meio a turbinados e híbridos. É um título que lhe cai bem. Hoje eu gosto ainda mais dele, especialmente agora que está na segunda metade de sua carreira (a longevidade dos modelos da Lambo costuma ser de dez anos, em média) e é preterido até mesmo pela fabricante em favor do Lamborghini Huracán, irmão quase-gêmeo do Audi R8. Comprar um deles? Dificilmente: um exemplar custa US$ 450 mil dólares lá fora. Aqui, mais de R$ 3 milhões na versão cupê, e quase R$ 3,5 milhões no caso do Aventador Roadster.

Algo mais próximo da minha realidade é este carro aqui. Saca só:

261857

Ele custa US$ 55 mil, o que dá cerca de R$ 172 mil em conversão direta. Mais acessível, não? E, acredite: não é um Lamborghini Aventador de verdade. Chocante, não?

Pois é, eu também custei a acreditar. Este carro está anunciado no site DuPont Registry desde o ano passado e, por alguma razão, ainda não foi vendido. Não dá para acreditar que ninguém percebeu que belo negócio é este aqui.

IMG_1714

Segundo o anunciante, que aparentemente se chama “Tony”, esta réplica de Lamborghini Aventador Roadster é feita sobre a estrutura de um Pontiac GTO. Você lembra dele: a versão cupê do Holden Monaro que foi vendida nos EUA entre 2004 e 2006, equipada com um V8 small block que podia ter 5,7 litros e 360 cv ou seis litros e 405 cv, acoplad a uma caixa automática de quatro marchas ou manual de seis. Era um carrão, mesmo – embora não fosse um muscle car de visual retrô, ele tinha a alma de um e foi o canto do cisne da Pontiac nos EUA.

IMG_1715

IMG_1711

 

Isto explica o fato de as proporções estarem um pouquinho, quase nada diferentes daquelas do Aventador Roadster legítimo: o capô não está comprido e horizontal demais em relação ao para-brisa, e o carro definitivamente não está estreito e alto demais, com uma área envidraçada bizarramente pequena em relação ao restante da carroceria. As rodas são iguais às do Lamborghini Gallardo, e eu duvido que sejam aquelas réplicas que o pessoal costuma colocar no Volkswagen Golf GTI Mk5 lá fora. Sequer passou pela minha cabeça. E o fato de as rodas parecerem bem menores em relação à carroceria do que deveriam é só mais um detalhe, não é mesmo?

261858

O interior do Lamborghini Aventador não é exatamente o mais moderno entre o dos supercarros atuais, com formas relativamente discretas, saídas de ar retangulares e cores predominantemente escuras. Sendo assim, o interior do Pontiac GTO (que saiu de linha há 11 anos), visto de longe e em uma foto de qualidade apenas razoável, até engana. Especialmente porque parece que dá para ver um console central modificado, com central multimídia e tudo. Isso é que é capricho

IMG_1713 (1)

Foram os caras do GTSpirit que encontraram esta verdadeira preciosidade sobre rodas e, se você não sacou o tom irônico até agora, nem com as letras em itálico, talvez você esteja no site errado. O fato é que esta réplica não me pareceu estranha, e logo entendi o motivo: outro Aventador fake já foi anunciado em 2012 e, aparentemente, os responsáveis pela obra são os mesmos: os caras da Z and M Customs, oficina de Eagle, Idaho, nos EUA, especializada exatamente em transformar esportivos americanos em carros da Lamborghini.

No canal da oficina no YouTube há literalmente dezenas de vídeos de suas criações em detalhes e funcionando. A maioria deles conserva o motor original do Pontiac GTO, o que não é uma coisa ruim, mas há alguns exemplares (como que está à venda por US$ 55 mil) que recebem motores novos, zero-quilômetro.

Ao menos são carros que existem de verdade, e não um golpe como o que é aplicado pela chinesa “Mansory Cars“. A empresa, sobre a qual falamos pela primeira vez em 2014, segue com pelo menos dois sites ativos nos quais oferece réplicas de supercarros com chassi tubular e motores V8, V10 e V12 por preços absurdamente baixos. E até agora nunca se viu um carro de verdade feito por eles.

Só não sei se fico aliviado porque os carros da Z and M Customs ao menos existem de verdade, ou se fico p*to por saber que eles transformam o Pontiac GTO nisto.

Matérias relacionadas

O fim do Ford Focus no Brasil, Mercedes lança nova geração do Classe B, Porsche confirma produção do 911 Speedster e mais!

Leonardo Contesini

Mercedes apresenta seu primeiro SUV elétrico, Range Rover Velar ganha motor 2.0 turbo de 300 cv, McLaren apresenta restauração de fábrica do F1 GTR e mais!

Leonardo Contesini

9ff GT9: a história dos Porsche 911 mais rápidos do planeta

Leonardo Contesini