A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Garagem do Bellote Vídeo

Alfa Romeo 155: o modo italiano de fazer sedãs esportivos

A Itália é um dos lugares mais incríveis do planeta. Culinária, cultura e alguns dos cenários que valem a visita, mas é no ramo automotivo que o refinado bom gosto fica mais evidente. São várias marcas e um único ingrediente usado por todas elas: a paixão pelas máquinas.

E falando em paixão temos que falar de Alfa Romeo. A marca milanesa, fundada em 1910, foi responsável por modelos inesquecíveis, e teve até um capítulo importante de sua história escrito em terras brasileiras, com o JK e o 2300 Ti. Em breve trarei matérias com eles.

Mas hoje vou falar de um sedã com uma trajetória bem legal nas pistas e nas ruas. O 155, ou a Alfa 155 (vamos pensar nela como uma bela italiana) traz um estilo todo particular, com desenho da Pininfarina e traços realmente sedutores.

O primeiro destaque é externo, com as rodas de 15 polegadas que têm um design tradicionalíssimo, e casam perfeitamente com as arestas da carroceria. O estilo “quadrado” confere uma personalidade forte tipicamente italiana, que nos remete aos modelos da Lancia.

Alfa-Romeo-155-4

Mas o que chama mesmo a atenção é o cuore sportivo: o motor de quatro cilindros, 2 litros e 16 válvulas de 150 cv a 6.000 rpm, e torque de 19 kgfm. O som do conjunto em alta rotação afinado e encorpado, e como uma boa máquina da Velha Bota, soa como música aos ouvidos.

Falando em conjunto o sedã tem um temperamento nervoso e pede uma tocada mais esportiva. A alavanca de câmbio está em ótima posição, bem próxima do volante, que por sua vez tem um ângulo levemente inclinado para trás. Definitivamente uma ergonomia inspirada no prazer de guiar.

Alfa-Romeo-155-3

Foi nas pistas de corrida que o 155 se consolidou de forma definitiva. O ano era 1993 e Nicola Larini, com um belo exemplar rosso corsa, levou a escuderia para 10 vitórias naquela temporada, e faturou a DTM, em meio aos gladiadores alemães da BMW e Mercedes-Benz.

A versão de pista utilizava o famoso V6-Busso, sobre o qual falarei em uma matéria específica sobre a linhagem dos propulsores com coletores cromados. No Youtube existem vários vídeos do bólido em ação, bem como no Gran Turismo 4. Aliás, o primeiro lugar onde tive a oportunidade de guiar um modelo da marca. Arrivederci.

Alfa-Romeo-155-2

 

Matérias relacionadas

Esse cara consegue saltar sobre um Lamborghini Gallardo vindo em sua direção a 130 km/h

Dalmo Hernandes

Vídeo – Kombi em chamas explode em São Paulo

Dalmo Hernandes

Drift Über Alles : este cara deu uma volta inteira no Nürburgring Nordschleife andando de lado

Dalmo Hernandes