A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

Alguém destruiu esta Ferrari 550 Maranello no Distrito Federal

Na tarde de sábado, um homem de 61 anos de idade bateu sua Ferrari 550 Maranello e provocou um engavetamento na rodovia BR-020, Distrito Federal. Três pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de dois anos.

O acidente aconteceu na altura do km 22 da rodovia, na saída norte do Distrito Federal. Segundo o G1, a polícia civil do DF informou que o homem não conseguiu frear o carro e bateu em um Volkswagen Gol que passava por uma lombada. O Gol, por sua vez, atingiu a traseira de um Fiat Siena. O motorista da Ferrari, um casal e um menino de dois anos foram encaminhados para o hopital com ferimentos leves.

ferrari550m (4)

Ainda segundo a polícia, o homem apresentava sintomas de embriaguez, porém recusou-se a fazer o teste do bafômetro. Testemunhas afirmam que ele participava de um “racha” com outros donos de esportivos e, por isso, estava em alta velocidade. A polícia ainda diz que o homem precisou ser protegido da multidão presente, que queria linchá-lo.

ferrari550m-22

Depois de receber alta do hospital, o homem foi levado para a delegacia de Planaltina, onde foi registrada a ocorrência e o motorista foi preso por lesão corporal culposa e por dirigir alcoolizado. Ele pagou a fiança de R$ 8 mil estipulada pela justiça e vai responder ao processo em liberdade.

A Ferrari 550 Maranello é um modelo relativamente raro, com apenas 3.083 unidades construídas (e pelo menos uma destruída) e foi a sucessora da Testarossa (que no fim da vida se chamava F512M). Diferentemente da Testarossa, porém, que tinha motor central, a 550 Maranello trazia o motor V12 de 5,5 litros e 492 cv na dianteira.

ferrari550m (3)

 

[ Fotos: R7 ]

Matérias relacionadas

Este é o novo BMW Série 1 Sedan que não teremos por aqui

Leonardo Contesini

Por que a Ferrari 250 GTO anunciada por US$ 64 milhões pode ser falsa… ou nem mesmo existir?

Leonardo Contesini

Mercedes-AMG confirma produção de hipercarro com powertrain de F1

Leonardo Contesini