A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Algum maluco decidiu colocar um V8 big block em um Smart ForTwo — e o resultado é insano!

O universo automotivo está forrado de clichês. Um deles é algo sobre a não haver substitutos para o deslocamento dos motores. Outro, tem a ver com a simplificação e a adição de leveza. Eu não vou repeti-los aqui, mas você já sacou do que estou falando. Mas o que acontece quando você junta esses dois clichês em um único projeto e leva tudo aos extremos opostos?

Nós já vimos minicarros com motor de moto — existe um smart com motor de Hayabusa que faz sucesso desde a época em que não havia YouTube para compartilhar esse vídeo — e também já vimos carros pequenos com motores enormes, como os Mini com motor Honda 2.0. O que nunca havíamos visto é um smart ForTwo com… um V8 big block! Como ninguém nunca tentou isso antes?

Nos comentários do vídeo há muita gente cética em relação à autenticidade do vídeo, mas o próprio usuário que publicou o vídeo apresentou a prova do crime: uma foto do chassi rolante do smart big block.

Captura de Tela 2014-04-28 às 13.16.14

Como ficou claro, não sobrou muito do smart. Ou melhor dizendo: não há muito de smart além dos paineis da carroceria, mas é seguro dizer que o construtor do carro decidiu fazer isso com um terceiro clichê na cabeça — “cadeira elétrica”.

O motor parece ser um Chevy 454, mas segundo as informações do vídeo ele teve a cilindrada aumentada para 462 pol³ (7,6 litros), e move um diferencial Ford 9″, e o piloto agora fica quase sobre o eixo traseiro, onde um dia houve um motor três cilindros turbo de 999 cm³ e 84 cv. Originalmente o smart ForTwo pesa 750 kg, mas ainda que o 454 pese em torno de 300 kg, com a adoção do chassi tubular de cromo-molibdênio e chapas de alumínio para o assoalho ele ainda deve ter ficado na casa dos 1.000 kg.

Por enquanto o carro não é tão rápido quanto imaginávamos — ele está fazendo o quarto-de-milha em 11,74 a 183 km/h, mas segundo os comentários do uploader no YouTube, ele ainda está na fase inicial de acerto, e a meta é chegar aos 10 segundos.

Matérias relacionadas

Dekotora : a história dos caminhões decorados e reluzentes do Japão

Dalmo Hernandes

Ferrari V12 Colombo: o motor que é a voz e a alma do cavallino rampante

Juliano Barata

Qual é o vídeo onboard mais fodástico que você já viu?

Dalmo Hernandes