A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Alonso vence as 24 Horas de Daytona, BMW inicia vendas do X5 no Brasil, JAC anuncia modelo elétrico por R$ 140.000 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Alonso vence as 24 Horas de Daytona, Nasr e Castroneves vão ao pódio e Farfus vence na GTLM

 

Existe vida após a Fórmula 1 e Fernando Alonso (e Felipe Nasr) demonstraram isso neste final de semana durante as 24 Horas de Daytona. Em uma prova marcada pela chuva e encerrada sob bandeira vermelha, Alonso se mostrou tão competitivo nos protótipos como foi nos monopostos, dando um show de pilotagem sob o aguaceiro de Daytona, e fazendo uma sequência de ultrapassagens ousadas para conquistar a liderança a prova e a vitória geral no Cadillac #10 compartilhado com Kamui Kobayashi, Jordan Taylor e Renger van der Zande.

O pódio foi completado por duas equipes com participação de brasileiros. O segundo lugar ficou com Felipe Nasr, Pipo Derani e Eric Curran no Cadillac #31, enquanto a terceira posição ficou com o trio formado por Alexander Rossi, Helio Castroneves e Ricky Taylor, no Acura #7.

Christian Fittipaldi infelizmente não teve chances de encerrar a carreira com uma vitória na prova. Logo nas primeiras horas ele foi atingido na traseira, perdeu 13 voltas e, depois, sob a forte chuva, seu companheiro Filipe Albuquerque rodou duas vezes. O trio terminou em sétimo.

Na GTELM, Augusto Farfus faturou a prova com seu BMW M8 GTE compartilhado com Connor de Phillippi, Philip Eng e Colton Herta. (LC)

 

BMW inicia venda do novo X5 no Brasil

Apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo em novembro passado, a quarta geração do SUV BMW X5 já é oferecida no Brasil em regime de pré-venda. O utilitário fabricado em Spartanburg, EUA, está disponível em quatro versões, toda equipadas com o mesmo motor seis-cilindros turbodiesel de três litros, porém com dois níveis de potência. A transmissão automática de oito marchas e o sistema de tração nas quatro rodas também são os mesmos em todas as versões.

A versão de entrada é o X5 xDrive30d, de R$ 449.950, que entrega 265 cv e 63,2 mkgf de torque e é capaz de ir de zero a 100 km/h em 6,5 segundos. De série, o modelo traz airbags frontais, laterais e de cortina, vidros traseiros com persianas, rodas de 21 polegadas, ar-condicionado de quatro zonas, quadro de instrumentos digital, sistema de som Harman Kardon e duas telas de 10,2 polegadas para os ocupantes do banco traseiro. Outros equipamentos incluem faróis automáticos, HUD (heads-up display), teto solar panorâmico, sistemas semi-autônomos de cruise control e estacionamento, além de detecção de gestos manuais.

A versão xDrive30d M Sport, que custa R$ 479.950, traz a mesma mecânica e é praticamente igual em visual e equipamentos, exceto pelo pacote visual M Sport, mais agressivo, e pelas rodas de 22 polegadas. Também há a xDrive30d M Sport xOffroad, que acrescenta quatro modos de condução com foco no uso fora-de-estrada – areia, pedras, cascalho e neve – por R$ 499.950.

Por fim, a versão M50d é a única com motor mais forte: 400 cv e 73,4 mkgf de torque. Por R$ 539.950, o SUV também ganha sistema de som Bowers & Wilkins, sistema de visão noturna com reconhecimento de pedestres, faróis a laser, suspensão com amortecedores adaptativos e escape M Sport. Além disso, o X5 M50d conta com pacote Motorsport com modificações na aerodinâmica, nos freios, no diferencial e no sistema de direção.

Os clientes que comprarem o BMW X5 na pré-venda terão direito a um pacote especial, sem custo, para cobrir gastos com manutenção em concessionária por três anos ou 40.000 km – o que vier antes. (DH)

 

JAC entra no segmento dos elétricos no Brasil com o iEV 40 de R$ 140.000

Em recuperação financeira desde novembro de 2018, a fabricante chinesa JAC lançou no Brasil, em sistema de pré-venda, o SUV iEV 40. O SUV, que é vendido na China como JAC iEV6S, custa R$ 139.990 e deverá começar a ser entregue em junho de 2019.

O JAC iEV 40 é movido por um motor elétrico com potência equivalente a 115 cv, com 25,5 mkgf de torque, que, de acordo com a fabricante, é suficiente para que o SUV chegue aos 100 km/h em 11 segundos, com máxima de 130 km/h.

O motor é alimentado por uma bateria de 40 kWh que proporciona autonomia de 300 km. A JAC diz que, em uma tomada de 220 volts, a bateria leva oito horas para ser totalmente carregada. Com um carregador rápido opcional, será possível atingir 80% da carga máxima em uma hora.

Pelo valor pedido, o JAC iEV40 vem com freios ABS e EBD, sensor de pressão nos pneus, assistente de partida em rampa (hill-holder), ar-condicionado automático e sistema multimídia com tela de oito polegadas. (DH)

 

Bugatti não fará SUV nem tentará recorde de velocidade

Se você esperava a chegada do Bugatti Chiron Super Sport para descobrir qual a velocidade máxima do atual hipercarro da marca franco-teutônica, melhor procurar outra coisa para esperar. A marca anunciou neste fim de semana que o modelo não fará uma tentativa de recorde e nem terá um teste de velocidade máxima.

Segundo o CEO da marca, Stephan Winkelmann, a velocidade máxima não é a prioridade da Bugatti porque seus carros “podem fazer mais do que acelerar de forma incrivelmente rápida”. Além disso, Winkelmann também anunciou que a Bugatti não terá um SUV porque tal veículo “não faz justiça à história da marca”.

Apesar disso, a Bugatti terá novos modelos em breve. Além da possibilidade remota de produzir um cupê de quatro portas, a marca deverá ter mais modelos derivados do Chiron, como o Divo, mas eles só serão lançados depois de 2021. Por ora, a prioridade da Bugatti é completar a produção dos 500 Chiron anunciados, e os 40 Divo. O modelo especial deverá ser entregue aos clientes a partir de 2020, enquanto a produção do Chiron será encerrada somente em 2021. (LC)

 

Ford registra patente de V8 híbrido

A Ford registrou recentemente a patente de um “sistema motriz de motor elétrico duplo para veículo híbrido elétrico”. O registro prevê a utilização de um motor V8 combinado a dois motores elétricos, mas não traz detalhes sobre o motor a combustão, tampouco sobre quais carros poderão usá-lo.

Especula-se contudo, que o sistema acabará usado nas picapes da série F, mas poderá até mesmo chegar ao Mustang, mas talvez não nesta geração. O muscle car deverá ganhar uma versão híbrida em 2019 ou 2020, porém a Ford já disse que o modelo terá “potência de V8 e ainda mais torque em baixas rotações” e também “desempenho semelhante ao de um V8 com mais torque em baixa”. Isso significa que ele não terá um motor V8, mas usará a eletrificação para entregar um desempenho próximo ao do motor V8.

É possível, portanto, que ele use o 2.3 turbo combinado a um motor elétrico entre o câmbio e o motor, como nos sistemas de baixa tensão (48v), o que daria a ele cerca de 400 cv. (LC)

 

Toyota anuncia recall de 380.000 veículos por falha nos airbags

A Toyota anunciou o recall de 379.689 exemplares do Corolla, Fielder, Etios, Etios Sedan, Hilux e SW4. Eles podem apresentar falhas no dispositivo de deflagração dos airbags frontais.

A fabricante afirma que foi detectada a degradação do elemento propelente dos airbags, especialmente após longos períodos sob altas temperaturas ou expostos a grandes variações de temperatura – e mesmo a alta umidade relativa do ar pode desencadear problemas. Com a integridade química da substância comprometida, os airbags podem inflar-se de forma inadequada em caso de colisão frontal, o que pode causar rompimento da carcaça do deflagrador. Caso isto ocorra, os fragmentos metálicos da peça podem ser atirados contra os ocupantes, causando ferimentos graves – ou mesmo letais.

São afetados pelo chamado veículos fabricados entre 2002 e 2017. O agendamento dos reparos nas concessionárias Toyota pode ser feito a partir de hoje (28). Para obter mais informações e saber se o seu carro, SUV ou picape está na lista, você pode entrar em contato com o SAC da Toyota ligando gratuitamente para 0800 703 0206, ou acessando o site www.toyota.com.br. (DH)

 

BMW anuncia recall de M3 e M4 para troca do cardã

A BMW anunciou o recall de 33 unidades dos esportivos M3, M4 e M4 GTS vendidas no Brasil, fabricadas entre junho e setembro de 2016. O anúncio vem dias depois de outra convocação, para exemplares mais antigos dos Séries 3, 4, 5 e 6; além do Z4, do X3 e do X5.

O problema dos modelos M é o cardã de fibra de carbono, que pode se desprender do diferencial traseiro por conta do material de baixa resistência utilizado no acoplamento dos componentes. O risco é de perda de tração, que pode causar danos físicos e materiais tanto aos ocupantes dos veículos, quanto a terceiros.

A partir do dia 31 de janeiro será possível agendar o atendimento nas concessionárias BMW, que efetuarão a troca do cardã nos carros afetados – um serviço que deverá durar aproximadamente duas horas. Para saber mais a respeito, você pode ligar gratuitamente para o SAC da marca no número 0800 019 7097, ou acessar o site bmw.com.br/recall. (DH)

Matérias relacionadas

Chevrolet Spin revelada, Corvette de motor central-traseiro em ação, BMW M4 CSL flagrado e mais!

Leonardo Contesini

O sucessor do Bugatti Veyron, Dodge Viper pode voltar a ser conversível, o Jaguar que irá encarar o BMW Série 3 e mais!

Leonardo Contesini

“Williams”: a incrível história do vendedor de carros que se tornou uma lenda da F1 virou filme

Dalmo Hernandes