A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #12

Amigos, carros e Project Cars: como ganhei uma suspensão de pista para meu Corsa de Track Days

Neste novo capítulo do Project Cars #12, veremos mais um upgrade pro Corsinha! Ele ganhou de presente de um amigo toda a suspensão dianteira em Uniball, um conjunto bem melhor do que eu usava anteriormente, em PU. Mas me deixem contar a história por trás de tal presente.

Acho incrível como o papel de escritore do Project Cars me aproximou de pessoas do Brasil inteiro, cada um com seus projetos e sonhos, muitos afirmando que sou um exemplo e até “herói” para eles. Nunca pensei em ser reconhecido assim, montei o carro para curtir a pista com meus amigos, aprender a pilotar um carro de corrida de verdade e me libertar naqueles minutos dentro de pista em que procuro fazer a volta ideal. Porém, essa condição de exemplo a ser seguido me deu oportunidade de fazer algo que curto muito: ajudar os outros.

O autódromo é um lugar legal, mas também tem um potencial enorme de ser um lugar sacana, muita gente fazendo e escondendo segredos, com um quê de inveja, querendo ser melhor que o outro a qualquer custo.

Eu penso justamente o contrário, acho que uma receita de sucesso alcançada em um carro tem de ser compartilhada, se eu apanhei em alguns detalhes do meu Corsa, porque não passar isso adiante para evitar que meus amigos passem pelos mesmos obstáculos que eu?

Para ser um diferencial em postura e atitude, estendo a mão para qualquer pessoa que queira meu auxílio, mesmo que com um conhecimento limitado, a minha boa vontade é sem limites.

Tão prazeroso quanto ajudar é encontrar pessoas que tem pensamento igual ao meu, dentre eles cito um cara que um dia me inspirou a montar meu Corsa e esse é o cara que eu chamo de exemplo e herói: Daniel Soares Leite, o Dan.

4

Folheando a revista SuperSpeed n.° 70, que tenho até hoje, encontrei a história de um mecânico da GT3 que nas horas vagas montou um Corsa de rua e Track Day com motor de C20XE em sua casa, daí veio o nome de sua oficina, a Home Garage.

3

Vi aquilo e achei o potencial incrível, um Corsa, que tem todo um desenvolvimento nos Regionais de Marcas, com um motor livre de regras que o limite, e carro leve que não precisaria ser muito forte para alcançar bons resultados, perfeito!

Tempos depois acabei iniciando meu contato no fórum do NDA Racing com aquele que era meu Ídolo, um cara bacana e humildade, gente como eu, que gosta de ajudar os parceiros e a partir daí surgiu uma grande amizade, além de uma fonte farta de conhecimento.

9

 

Um dia desses, do nada, fui presenteado com algo de valor inestimável, as suspensão dianteira do Corsa Home Garage, isso mesmo, a que equipavamo Corsa que eu tanto admirava, Daniel por força do destino teve q desmontar e vender o carro, mas ainda tinha essas peças guardadas em casa.

2

Balanças confeccionadas por ele usando Uniball, algo que até então nunca tinha visto no Brasil, somente em peças gringas, importadas por um preço altíssimo, ainda mais nos dias de hoje.

6

Daniel me enviou a suspensão como presente, com a única condição de usar ela da melhor maneira possível.

Em pista, a minha impressão é de que o carro apontava melhor nas curvas, eu conseguia colocar a dianteira onde eu queria, tanto que, andando com passageiro consegui baixar meu melhor tempo em 5 décimos, mesmo estando com passageiro e com problema nos freios (disco empenado, vejam a vibração do volante ao frear):

Exemplo de superação, Dan me ajudou me ajudou e inspirou, já que mesmo com mais peso e um carro pior que no último Track Day, consegui baixar significativamente o tempo do meu carro.

Heróis são assim, nos inspirando a dar o melhor de nós, vencer problemas apesar das dificuldades.

Meu Corsa foi um carro difícil de montar e ficar pronto, mais difícil ainda de pilotar e manter em pista, perigoso, arisco e tinhoso, vive dando problemas, mas não abaixo nunca a cabeça e não me deixo vencer.

Em agradecimento a esse presente, tanta confiança e amizade, uso em meu carro o símbolo daquele carrinho que tanto me inspirou, e não viajo pra São Paulo sem reservar um tempo para visitar esse meu grande amigo, torcendo para que dê certo de um dia possa levar o Dan para umas voltas no meu carro.

8

Encerro meu relato fazendo um pedido, façam diferente, sejam diferentes, humildade acima de tudo e não deixe de ajudar aqueles que precisam.

Aquele cara que você estará ajudando não é um só concorrente, é um irmão e parceiro de pista, você divide com ele a mesma paixão e uma pessoa a mais no grid significa mais diversão. E lógico, sozinho não há como competir, e não sei vocês, mas não gosto de competir no modo fácil, quanto mais difícil melhor!

Grande abraço!

Por Leonardo Perez, Project Cars #12

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #282: instalando o câmbio de seis marchas no Uno

Leonardo Contesini

Chevette 2.2 – novos freios, as mudanças no motor e o tapa no visual do Project Cars #15

Leonardo Contesini

Project Cars #130: a despedida do Alfa Romeo 2300 Ti4 V8

Leonardo Contesini