A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
FlatOut Zero a 300

Aos leitores do FlatOut: puxe uma cadeira e sirva-se conosco!

Caros amigos! Faz um tempo que não dedicamos um espaço para nos comunicarmos diretamente com vocês, não é mesmo? Vira e mexe, respondemos dúvidas picotadas, seja na área de comentários, no formulário de Dicas e em grupos do face como o Overlap e do WhattsApp. Como ficamos um intervalo sem este post-boteco (como chamamos internamente estes posts sem matérias, um espaço para bater um papo com vocês), decidimos juntar os tópicos, explicar algumas coisas, contextualizar outras, e claro, trocar uma ideia com vocês! Vamos lá? Sem delongas, vamos direto aos tópicos!

 

O Project Cars!

170220132074

Como vocês perceberam, nossa seção Project Cars, que mostra a evolução de projetos de leitores eleitos por vocês em conjunto com a gente, deixou de ser diário. Não foi uma decisão nossa, pelo contrário: nossas portas continuam abertas. Chegando novos textos, editamos e publicamos. A redução de postagens foi consequência direta da crise que devorou o País de dentro pra fora. Por conta dela, o Dart Games, projeto-anfitrião do PC, teve de ir dessa para a melhor, por exemplo – mas em breve, teremos um Prelude 4WS figurando por aqui, um projeto muito legal e que está comigo há cerca de três anos 🙂

Uma outra sugestão muito pedida pelos leitores é fazer um resumo do projeto do Dart Games, reunindo algumas das coisas que estavam no Jalopnik ou que foram postadas aqui há muito tempo. Farei isso!

prelude-barata-juliano

Para mitigar um pouco a estiagem, nós temos publicado ocasionalmente o “Best of Project Cars”: compilamos todas as histórias de determinados projetos em um post só, criando uma história mais compacta e contínua – bom pra recordar (leitores das antigas), bom para conhecer (novos leitores). Esperamos que vocês estejam curtindo.

Além disso, vez ou outra recebemos via formulário Dicas pedidos para inscrições de PC. Atendendo as condições básicas – o projeto estar concluido ou em sua reta final, o leitor ter boa escrita e vontade de detalhar, e ser um projeto interessante aos demais leitores –, nós estamos avaliando e inscrevendo diretamente. Nós temos vários leitores com projetos rolando em nosso fórum: se você achar que é interessante, mande ele pra gente no Dicas! Também deveremos fazer uma nova chamada em breve.

 

GT40: entendendo os diferentes tipos de postagens

GT40-launch

Os leitores que nos acompanham de forma mais frequente já entenderam o que é o GT40 Classificado dos Entusiastas, qual a relação com a gente e quais os tipos de postagens que fazemos aqui no site, no nosso instagram (@flatout_brasil_oficial) e na nossa fanpage. Contudo, percebemos que os leitores esporádicos estão ainda um pouco desorientados, então optamos por explicar aqui pra deixar o mais transparente possível. Vamos começar pelos tipos de contéudo que são publicados, acompanhados de exemplos reais:

golcopa82-1

1) Achados Meio Perdidos (clique aqui ou na imagem acima para ver): podem ser carros raros ou incomuns pela conservação, track toys, clássicos originais, street machines preparadas, modelos acessíveis ou exclusivos de alto valor. Nada mudou, mesmo a frequência, entre uma e duas vezes por semana. Em teoria, a única mudança é que agora o Achados trabalha apenas com anúncios do GT40 (salvo raridades no exterior), mas nem isso mudou a forma como trabalhamos: continuamos recebendo via formulário Dicas sugestões de anúncios legais que estejam em qualquer site de classificados ou mesmo que sequer estejam anunciados. Se a equipe votar de forma unânime, contatamos o dono para fazer o Achados, oferecendo um cupom para ele anunciar seu carro de graça no GT40.

 

GT40Mercs

2) Listagens (clique aqui ou na imagem acima para ver): este é um tipo de conteúdo novo. Há dois tipos de listagens que fazemos, geralmente uma ou duas vezes por semana. Os novos anúncios de pessoa física e seleções temáticas, que podem ser por exemplo uma coletânea de Mercedes-Benz anunciadas, uma seleção de muscle cars, etc. Os de pessoa física (clique aqui para ver um exemplo) não são uma seleção: são tão somente os novos anúncios de PF listados na ordem de chegada – podendo ser de um Gol 1.0 2017 a um Mustang 1967 ou um Porsche Panamera. Já as seleções atendem a critérios que sejam interessantes para os nichos do tema: não necessariamente são carros acessíveis, não necessariamente são carros de coleção (digamos que haja uma seleção de carros de track day, por que não? Basta termos volume).

 

img_40580_4_134fe75e-9839-4ce0-940e-d36f7c019451

3) Crosslinks no site (clique aqui ou na imagem acima para ver): este aqui confundiu alguns leitores com o Achados Meio Perdidos. Não é a mesma coisa. São apenas links externos (até 3x por semana, mas sempre o anterior é excluído com a publicação do novo) que te levam diretamente para anúncios diversos dentro do GT40: podem ser antigos, daily drivers modernos, sedãs exclusivos, esportivos, SUVs ou simplesmente um carro que nos captou a atenção. Ou seja, são carros que talvez não estariam no Achados (bem, este Mustang Boss 302 seria um forte candidato!), mas que são interessantes de qualquer forma. No site, identificamos estes crosslinks com um “>>>” antes do título e a categoria “Anunciado no GT40”. O Achados Meio Perdidos e as Listagens são da categoria “GT40 Classificados”.

 

fb

4) Crosslinks na fanpage (clique aqui ou na imagem acima pra ver): igual ao item 3, mas é feito na fanpage do FlatOut. Você consegue identificá-lo no Facebook pela identificação do site GT40.com.br em cinza claro, logo abaixo do título e foto, bem como pelo endereço em azul claro. Fazemos até 3 por semana.

Claro, você pode se perguntar por que há tantos banners, backgrounds e ações do GT40. Ou mesmo porque há tantos conteúdos deste tipo, se antes o FlatOut só tinha o Achados. A resposta é: nós precisamos que este projeto cresça pois arriscamos muito para concretizá-lo e mantê-lo operando. Para o bolo crescer, é preciso divulgá-lo extensivamente. O FlatOut já é muito conhecido, e o GT40 precisa deste “vácuo” para ganhar velocidade. Entendemos que para quem nos visita todo dia várias vezes talvez pareça incômodo, mas lembre-se que temos muitos leitores que aparecem de vez em quando. Contamos com a compreensão de vocês. Vocês sempre podem contar com nossa transparência e, claro, continuamos acelerando fundo em todo tipo de matéria.

 

A loja do FlatOut, nosso presente e o futuro

Deixei o tópico que consideramos mais importante para o FlatOut para perto do fim deste texto – porque o boteco continua na área de comentários! A nossa loja é a promessa mais antiga e agora (neste mês) irá ao ar. O que parecia rápido e simples se revelou uma via-crúcis. Descobrimos o tamanho da burocracia jurídica e contábil que é fazer alterações na empresa para poder comercializar itens, o tamanho do desafio que é encontrar bons fornecedores que atendam à nossa expectativa de qualidade, o tamanho do desafio de TI que é edificar uma loja que funcione com todos os requisitos de segurança, o nível de burocracia e letargia dos Correios para fazer um contrato e fazer sua plataforma funcionar. Dentre infinitos problemas e imprevistos nestas e outras áreas, algumas delas nos obrigando a voltar à estaca zero, mesmo quando parecia tudo encaminhado. No fim, foi um ano e meio lutando sem parar. E agora o start é certo!

loja

Se idealizamos a loja como algo para complementar a renda da empresa, hoje, na mais profunda crise do Brasil, ela tem relação direta com o FlatOut continuar existindo. Um bom observador notou como há muito tempo o FlatOut não tem um patrocinador fixo. Quem é da área sabe que as publicidades do Google não pagam nem o salário de um repórter, ainda mais hoje em dia, com tanta gente usando adblocks (pelo bem do jornalismo em geral, não façam este egoísmo). E o FlatOut segue como um site aberto (sem paywalls), no máximo com a ajuda dos leitores que assinam nosso crowdfunding (muitíssimo obrigado pelo apoio!).

Então nossa loja trará a resposta sobre o futuro do FlatOut. Nós estamos fazendo o melhor possível com os melhores fornecedores que encontramos após mais de ano de pesquisa: os adesivos usam a melhor matéria-prima possível (e nada de impressão digital, tudo serigrafado), as camisetas são do melhor algodão e com estampa silk (nada de transfer ou impressão digital) de altíssima qualidade. Começaremos com o nosso tema (FlatOut), mas teremos diversos outros automotivos na sequência.

Nós queremos que dois tipos de pessoa comprem na nossa loja: (1) nossos leitores mais fiéis, os gearheads que curtem nossa marca, se sentem orgulhosos e representados por ela e que sabem que estão ajudando a manter este projeto de pé e (2) entusiastas que talvez não conheçam muito o FlatOut (ainda), mas que curtiram muito o produto.

interna-sticker-flatout-01

Como vai funcionar: em julho, vamos lançar a loja, vendendo inicialmente apenas os badges (foto acima). No começo de agosto, chegam três tipos novos de adesivo do FlatOut (surpresa!). E ainda em agosto, mas um pouco mais pra frente, chegarão as camisetas do FlatOut. Faremos desta forma escalonada pois nossa operação é familiar e a logística disso tudo não é simples, embora pareça.

 

O que mais?

Como vocês perceberam, nós voltamos a avaliar carros e a produzir vídeos (clique aqui para assinar o nosso canal, caso não tenha o feito ainda)! Ainda está um pouco devagar por causa da sobrecarga pós-lançamento do GT40 e pré-lançamento da loja, mas assim que estas demandas estabilizarem, aceleraremos mais e mais. No meio desta nova fase de matérias, produziremos mais matérias com guias de pilotagem (o primeiro exemplo vocês viram no nosso guia do AIC!) e mesmo para direção de maneira geral, além de dar um foco especial aos carros de rua.

Mas gostaríamos de ouvir de vocês, que tipos de matérias e produções vocês gostaríamos que fizéssemos? Há algum especial de várias partes que deixamos pendurado e que você gostaria de ver o fim? Pisamos na bola com algo, elogios, sugestões? Aproveite o espaço de comentários, queremos muito ouvir de vocês, seja para nos incentivar, seja para nos orientar sobre como melhorar.

Pessoal, muito obrigado de coração por todo este suporte, por nos acompanharem há tanto tempo nesta jornada. São quase quatro anos juntos (isso sem contar os anos de Jalop). Não seriamos nada sem vocês. Um grande abraço!

 

Matérias relacionadas

Esta Ford F-100 com apenas 40.000 km rodados está novíssima – e pode ser sua

Dalmo Hernandes

Este BMW M5 E34 feito à mão, raro e muito bem cuidado, está à venda

Dalmo Hernandes

Este cara dirige um Subaru Impreza do WRC todos os dias

Dalmo Hernandes