A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

As versões esportivas do Omega que não tivemos no Brasil

Em 1992 a Chevrolet finalmente substituía o Opala, modelo tão amado quanto defasado naquela época — afinal, em seu último ano de estrada no Brasil ele já havia percorrido 24 anos com o mesmo projeto básico. Seu substituto era um jovem sedã com apenas seis anos de vida, que era extremamente avançado para o mercado brasileiro da época, e foi uma importante investida da General Motors frente à abertura do mercado para veículos importados. Sim, você já sabe qu

Matérias relacionadas

Zonda, 20 anos: a história e a evolução do primeiro Pagani

Dalmo Hernandes

BMW Z8: quando a BMW fez um super-roadster com motor de M5

Dalmo Hernandes

King of the Hill: quando a Lotus ajudou a Chevrolet a fazer um dos melhores Corvette de todos

Dalmo Hernandes