A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

As vitórias brasileiras em Le Mans, WRC terá carros híbridos, Toyota GR Super Sport em ação e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Toyota (e a Fernando Alonso) vence as 24 Horas de Le Mans pela segunda vez, brasileiros vencem em três classes

Não dá para dizer que foi surpreendente, mas a Toyota venceu as 24 Horas de Le Mans pela segunda vez consecutiva, novamente com o trio formado por Kazuki Nakajima, Fernando Alonso e Sébastien Buemi. Durante as 24 horas os modelos Toyota se mantiveram na dianteira, sem sustos nem preocupações, algo motivado especialmente pela diferença de desempenho entre os LMP1 e os LMP1-H (híbridos) em termos de consumo de combustível e velocidade em saída de curvas. Bastou manter o carro funcionando e longe de acidentes para chegar em primeiro.

Acontece que em primeiro lugar estava o carro número 7, de Mike Conway, Kamui Kobaiashi e José Lopez. O TS050 do trio liderou a prova por 20 das 24 horas, mas na última hora, no stint de Lopez, sofreu com dois pneus furados em seguida e perdeu a liderança. Com mais de 30 segundos de diferença para o primeiro colocado, a vitória caiu no colo do carro #8 de Alonso, Nakajima e Buemi.

A disputa nas demais categorias, contudo, foi acirrada: na LMP2 o Alpine A470 de André Negrão, Nicolas Lapierre e Pierre Thiriet alternou posições ao longo de toda a prova com o Oreca da Jackie Chan Racing, mas no final da manhã já tinha uma liderança de uma volta.

Na GTE Pro, a disputa foi bem mais acirrada, com quatro carros de três equipes alternando posições até o fim da manhã. No fim, quem se deu melhor foi a Ferrari 488 GTE Evo a AF Corse, com Daniel Serra, James calado e Alessandro Pier Guidi. Na GTE Am o Ford GT da Keating Motorsports liderou a prova por mais de 20 horas, perdendo a dianteira somente por alguns minutos quando foi obrigado a fazer um stop-and-go como punição por sair dos pits destracionando. Com isso, o trio formado por Ben Keating, Jeroen Bleekemolen e Felipe Fraga faturou a categoria com certa folga.

Com a vitória em Le Mans, Fernando Alonso, Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima faturaram o título de pilotos na LMP, e André Negrão, Pierre Thiriet e Nicolas Lapierre faturaram o troféu de endurance entre os pilotos da LMP2. A Toyota faturou o título de construtores entre os protótipos e a Porsche entre os GTE. (LC)

 

Toyota apresenta teaser do GR Super Sport

Ao lado da Aston Martin, a Toyota foi uma das duas primeiras fabricantes a confirmar sua participação na nova categoria “hypercar” ou “hyper sport” temporada 2020-21 do WEC. O modelo escolhido é o GR Super Sport, que foi apresentado em forma de conceito no ano passado, mas que será produzido em série limitada para homologar o carro para Le Mans. Considerando que o regulamento exige 20 unidades em dois anos, diríamos que ele não deverá ter muito além disso.

Para promover o modelo, a Toyota divulgou nesta segunda-feira (17) um vídeo com o carro em ação no circuito de Fuji, onde está sendo desenvolvido. Ainda não há detalhes sobre o carro, mas o vídeo deixa claro que ele terá espaço para dois ocupantes com direito a um largo console central. A Toyota já disse que ele será baseado no TS050, então espera-se que ele tenha o motor V6 2.4 biturbo e um conjunto elétrico para mover as rodas dianteiras.

Diferentemente do conceito, que tem 1.000 cv, o modelo de corrida terá menos que isso devido às limitações do regulamento. (LC)

 

Rolls-Royce lança Wraith Eagle VIII em homenagem ao primeiro voo transatlântico da história

A Rolls-Royce anunciou hoje (17) uma nova edição especial de seu cupê, o Wraith. Serão feitas 50 unidades do Rolls-Royce Wraith Eagle VIII, batizado assim em homenagem ao primeiro voo transatlântico da história, realizado em 1919 por John Alcock e Arthur Brown.

Em junho daquele ano, os dois saíram da província de Terra Nova e Labrador, no Canadá, em direção à Irlanda com seu avião Vickers Vimy. Eles atravessaram o Atlântico em 16 horas, e tornaram-se os primeiros a fazê-lo em um voo sem escalas. O avião usava dois motores Rolls-Royce Eagle VIII, e por isso a fabricante britânica decidiu inspirar-se no feito para a série especial do Wraith.

Como é típico da Rolls-Royce, o carro terá diversos toques sutis em referência ao feito. O relógio no painel, por exemplo, terá a face branca em alusão aos instrumentos do avião, que ficaram cobertos de gelo durante a viagem. À noite, uma luz verde iluminará o relógio – assim como as luzes do painel do avião. A face do relógio também trará, gravadas, as coordenadas do avião na metade do caminho.

O revestimento do teto do carro será iluminado por LEDs, representando o céu noturno, e terá um padrão bordado de nuvens, simbolizando a baixa visibilidade que os aviadores enfrentaram pelo caminho. Além disso, o painel de instrumentos terá um padrão em dourado, prata e bronze, imitando a visão aérea do continente à noite.

A Rolls-Royce ainda não disse quando o Wraith Eagle VIII será lançado. Mas, como dissemos, o feito aconteceu em junho de 1919, portanto não nos surpreenderemos se o carro for revelado por completo ainda neste mês. (DH)

 

BMW M5 Competition vira 7min35s em Nürburgring

O sedã mais veloz da BMW, o M5 Competition, completou uma volta no circuito de Nürburgring Nordschleife em 7min35s9 em uma volta cronometrada pela Sport Auto na Alemanha. O sedã é equipado com um V8 biturbo de 4,4 litros com 625 cv e 76,4 kgfm de torque e uma caixa automática de oito marchas da ZF.

Embora este tempo não seja um recorde, ainda estamos falando de um tempo de supercarro – para se ter ideia, o Lamborghini Gallardo LP570-4 Superleggera virou 7min38 em 2011. O Mercedes-AMG GT-S virou 7min35 em 2016. Por outro lado, o atual recordista entre os sedãs – o Jaguar XE SV Project 8 – fez 7min21s23 em 2017.

O vídeo onboard acima foi publicado pela Sport Auto no último dia 13. Além da pilotagem impecável, repare no pássaro que acerta o para-brisa por volta dos 3:55 do vídeo – uma fatalidade, infelizmente. (DH)

 

WRC anuncia adoção de tecnologia híbrida em 2022

Os organizadores do Campeonato Mundial de Rali, o WRC, anunciaram uma mudança importante na categoria para a temporada de 2022: conjuntos híbridos. É uma tendência nas principais categorias do automobilismo nos últimos anos, e era questão de tempo até que chegasse aos ralis.

Atualmente equipados com motores 1.6 turbo, os carros do WRC começarão a usar um conjunto elétrico auxiliar na temporada de 2022. O sistema permitirá que os carros rodem apenas com o motor elétrico em alguns trechos, como os estágios em percursos urbanos, e também que obtenham potência extra nos estágios especiais.

As minúcias do sistema ainda estão em aberto, mas sabe-se que a categoria passará por uma fase de transição entre 2022 e 2025. Depois disto, as equipes poderão investir mais nos motores elétricos – e os organizadores vislumbram uma migração para conjuntos totalmente elétricos após este período. Mais detalhes a respeito do futuro do WRC deverão ser revelados nas próximas semanas, junto com o calendário para a temporada de 2020. (DH)

 

Suposto Porsche 718 Boxster Spyder ganha teaser

Are you ready?

A storm is coming. Are you ready? #PerfectlyIrrational

Posted by Porsche on Friday, June 14, 2019

A Porsche soltou na última sexta (14) um enigmático vídeo em sua página no Facebook. Intitulado “Are you ready?”, o clipe vertical de apenas alguns segundos mostra um carro branco passando rapidamente, e termina com a frase “perfeitamente irracional”. Diz também que haverá novidades em breve.

Embora não sejam dados maiores detalhes, suspeitamos fortemente que a Porsche esteja se referindo ao novo 718 Boxster Spyder, que a Porsche vem testando desde agosto do ano passado. Trata-s e de uma versão minimalista e mais potente do conversível, com para-brisa mais baixo e uma capota menor, quase decorativa. E, possivelmente, um motor flat-six com algo entre 400 e 435 cv.

Espera-se que o carro seja revelado em breve – no Salão de Frankfurt, que está marcado para setembro, ou mesmo antes. (DH)

 

Ka perde airbags e recebe aumentos de preço na linha 2020

A Ford iniciou o lançamento da linha 2020 do Ka com o Freestyle 1.0 apresentado no início de junho. Agora as outras versões do Ka chegaram à linha 2020. Agora as versões SEL 1.5 do sedã e o Freestyle 1.5 do hatch só são disponíveis com cambio automático.

As maiores mudanças foram na lista de equipamentos, os airbags de cortina que eram opcionais nos modelos FreeStyle, SEL e Titanium foram eliminados, agora o Ka pode ter no máximo quatro airbags. A central multimídia Sync também sofreu downgrade, na linha 2019 era usado o Sync 3 e agora a Ford voltou a usar o Sync 2.5, como no resto da linha Ford. O Sync 2.5 não conta com os comandos de voz para comandar o rádio e o ar-condicionado, assistência de emergência, não tem AppLink e a tela é uma polegada menor que a do Sync 3.

Junto dessa perda de equipamentos a Ford trouxe um reajuste de preços para o Ka. No hatch os aumentos variam de R$ 550 a R$ 1.200. No Ka Sedan o aumento foi maior, com variação entre R$ 900 e R$ 1.290. Confira abaixo os novos preços e o valor do ajuste feito:

Hatch
Ka S 1.0 MT5 R$ 45.590 + R$ 1.000
Ka SE 1.0 MT5 R$ 46.290 + R$ 1.100
Ka SE Plus 1.0 MT5 R$ 49.790 + R$ 1.100
Ka SE Plus 1.5 MT5 R$ 55.790 + R$ 1.100
Ka FreeStyle 1.0 MT5 R$ 56.690
Ka SE 1.5 AT6 R$ 57.890 + R$ 1.200
Ka SE Plus 1.5 AT6 R$ 60.390 + R$ 1.200
Ka FreeStyle 1.5 AT6 R$ 68.390 + R$ 550
Ka Titanium 1.5 AT6 R$ 68.990 + R$ 350
Sedan
Ka Sedan SE 1.0 MT5 R$ 50.480 + R$ 1.290
Ka Sedan SE Plus 1.0 MT5 R$ 53.980 + R$ 1.290
Ka Sedan SE 1.5 MT5 R$ 56.530 + R$ 1.140
Ka Sedan SE Plus 1.5 MT5 R$ 60.030 + R$ 1.140
Ka Sedan SE 1.5 AT6 R$ 62.030 + R$ 1.140
Ka Sedan SEL 1.5 AT6 R$ 69.090
Ka Sedan SE Plus 1.5 AT6 R$ 64.850 + R$ 1.160
Ka Sedan Titanium 1.5 AT6 R$ 73.290 + R$ 900

(ER)

 

Nova geração do Subaru Forester chega ao Brasil

A Subaru lançou nessa sexta (14) a nova geração do Forester no Brasil, a novidade chega um mês depois do lançamento mundial no salão de Nova York. O novo Forester cresceu 3,5 cm no entre-eixos e está mais espaçoso por dentro. O SUV vem em versão única com preço de 159.990, o único opcional é o sistema EyeSight que adiciona R$ 10.000 ao preço.

O EyeSight é o assistente de direção da Subaru, que é operado por duas câmeras estéreo no pára-brisa próximas ao retrovisor interno. O assistente é responsável pela frenagem automática de emergência, assistente para manter na faixa de rodagem, cruise control adaptativo e alerta de ponto cego.

A nova geração do Forester não tem mais a versão XT com motor turbo, no Brasil ele vem apenas com o quatro cilindros boxer 2.0 de 156 cv e câmbio CVT de sete marchas simuladas. O Forester vem de série com ar-condicionado de duas zonas, central multimídia com tela de oito polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay, som Harman-Kardon e faróis direcionais. (ER)

 

Fiat Argo Seleção começa a ser vendido por R$ 56.680

No início da semana passada a Fiat anunciou o lançamento do Argo Seleção, aproveitando o embalo da Copa América de futebol e sua posição como patrocinadora do time. Na ocasião, contudo, a Fiat não revelou o preço. Eles resolveram guardar a informação por mais uns dias por alguma razão que desconhecemos, e só divulgaram o número na tarde de sexta feira (14). O carro custará R$ 56.680. (LC)

Matérias relacionadas

Barn find à venda: este Cadillac Coupe De Ville 1959 jamais foi restaurado

Dalmo Hernandes

RE-Type: este cara colocou um motor Wankel e um chassi tubular em um Jaguar E-Type

Dalmo Hernandes

Nova geração do Accord é o destaque da Honda no Salão do Automóvel

Dalmo Hernandes