A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Aston Martin quer salvar os câmbios manuais, Mercedes-AMG terá 10 novos modelos, Peugeot irá lançar motor 1.2 de três cilindros e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Aston Martin quer ser a última fabricante a oferecer câmbio manual

Aston-Martin-0

Boas notícias para os fãs do câmbio manual. Depois de apresentar o DB11, a Aston Martin está trabalhando no sucessor do V8 Vantage, que será equipado com um V8 AMG e terá a opção de câmbio manual de seis marchas além do automático de oito marchas da ZF.

O modelo será lançado até o começo do próximo ano e, segundo o atual CEO da marca, Andy Palmer, será apenas o primeiro modelo a se beneficiar do motor 4.0 biturbo da AMG e do câmbio manual de seis marchas. “Quero ser o último fabricante do mundo a oferecer um esportivo manual”, disse Palmer à Car and Driver americana.

A opção pelo câmbio manual também tem um apelo racional: segundo Palmer o câmbio de embreagem dupla é pesado e complexo e “não faz nada que um automático bem acertado possa fazer”. Leveza e controle: dá para ser mais purista que isso? Além do Vantage V8, a Aston ainda pretende lançar outros sete novos carros nos próximos anos, incluindo os sucessores do Vantage e do Vanquish e o DBX.

 

Mercedes terá mais 10 novos modelos AMG

maxresdefault

Assim como a BMW, a Mercedes também quer explorar ao máximo sua divisão esportiva. Depois de transformá-la em submarca com o nome Mercedes-AMG, a fabricante agora quer mais carros com as três letras da preparadora oficial. Segundo eles, até o fim deste ano haverá nada menos que 48 modelos AMG diferentes.

A informação vem do site Automotive News, que entrevistou o chairman da Mercedes-AMG, Tobias Moers, no Salão de Nova York. Ele afirmou que o número de modelos AMG pode ser ainda maior, já que há espaço para “pelo menos” 10 novos modelos além dos 38 atuais.

2017-mercedes-amg-glc-63-spy-photo1

 

Isso inclui também a transformação da linha AMG Sport em modelos Mercedes-AMG, que criou duas linhas distintas dentro da marca — uma básica com motor V6 biturbo e tração integral (identificada  pelo número 43 – ou 45 no caso da Classe A) e outra com motores V8 e V12, identificadas pelos números 63 e 65. Além disso, a AMG também colocará suas mãos nos crossovers e seus respectivos cupês — caso do GLC (acima), que pela primeira vez (desde que era o GLK) terá não uma, mas duas versões AMG.

 

Peugeot quer lançar motor mais econômico do Brasil

Novo-Peugeot-208_02-620x438

A Peugeot começou a produzir nesta semana o 208 com o novo motor 1.2 de três cilindros. Ele será flex e terá 90 cv a 5.570 rpm e 12,9 mkgf a 2.750 rpm, e deverá substituir o motor 1.5. Além disso, a Peugeot promete que o novo 1.2 será o motor mais econômico do Brasil, embora não tenha falado em números de consumo.

O motor inicialmente será importado da França, uma solução encontrada para acelerar a reestilização do modelo, que deverá ser lançada nos próximos dias. Apesar da origem europeia, ele foi desenvolvido ao longo de três anos e foi modificado com uma maior taxa de compressão (12,5:1) e com um sistema de pré-aquecimento do combustível na flauta de injeção para partida a frio.

motor-PSA-1.2-3-cilindros-620x458

Além do novo motor, a reestilização do 208 deverá trazer também o 208 GT, com motor 1.6 turbo, que flagramos há alguns meses durante testes de homologação.

 

Mecânico atira Porsche 911 zero na água

Porsche-Accidents

Um Porsche 911 GT3 RS zero-quilômetro — e pintado com o belo esquema de cores da Gulf, acabou caindo acidentalmente em uma espécie de espelho d’água de uma concessionária de Amsterdã, na Holanda. Como isso aconteceu?

Segundo o diretor da concessionária, Hans Van der Valk, o carro estava estacionado de frente para a água e o mecânico encarregado de manobrá-lo acabou confundindo as marchas. Apesar dos danos de quase 300.000 euros (cerca de R$ 1,23 milhões), a imprensa local disse que o diretor estava calmo. “É um grande azar, mas acontece. Onde há pessoas, há a chance de haver erros”, disse Van der Valk à imprensa. Ele também acredita que o carro pode ser recuperado, pois apenas o bico do carro ficou na água e ninguém se feriu. Os danos não foram extensos.

Este post está em edição. Recarregue em instantes

Matérias relacionadas

Chevrolet lança versão hardcore do Camaro ZL1, Petrobras anuncia redução da gasolina, BMW revela os detalhes do Série 1 Sedan e mais!

Leonardo Contesini

Um VW Gol 1980 arrefecido a ar, todo original e à venda por um preço bacana

Dalmo Hernandes

O Dacia Duster já foi um jipe 4×4 de verdade

Dalmo Hernandes