FlatOut!
Image default
Zero a 300

Audi A5 chega ao Brasil por R$ 190.000, Duster Oroch ganha versão “pé-de-boi”, o primeiro trailer de Top Gear America e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Audi lança novo A5 no Brasil por R$ 190.000

alta-8297

A Audi está lançando nesta quinta-feira (29) a nova geração do A5. O modelo chegará às lojas em agosto em quatro versões, com preços que partem dos R$ 190.000 e chegam aos R$ 269.000.

A principal novidade é a adoção da plataforma modular do Audi A4, bem como o novo visual inaugurado com o A4 e o A5 Coupé. Nesta geração o A5 ficou 2 cm mais longo, chegando a 4,73 metros, ganhou 1 cm no entre-eixos (2,82 m) e perdeu 1 cm na largura (1,84 m). O porta-malas continua com os mesmos 480 litros de volume, e, apesar do ligeiro aumento nas dimensões, o carro ficou 85 kg mais leve devido a uma adoção ainda mais extensa de ligas de aço de alta resistência.

alta-8337

Sob o capô o modelo terá duas variações do onipresente motor 2.0 TFSI do grupo Volkswagen, uma com 190 cv, que irá equipar as versões Attraction e Ambiente, e outra com 252 cv, que irá equipar as versões Ambition e Ambition Plus.

A versão de entrada, Attraction, parte de R$ 189.990 (ou R$ 190.000 se preferir), e traz ar-condicionado digital, bancos de couro com ajustes elétricos, sensores de luz e chuva, seis airbags, rodas de 17 polegadas e sistema de partida keyless.

alta-9525

Logo acima vem a Ambiente, de R$ 213.990, que acrescenta à lista da Attraction o quadro de instrumentos digital “Virtual Cockpit”, bancos esportivos, sistema multimídia com GPS e rodas de 18 polegadas.

alta-8704

No próximo patamar vem a Ambition, com o motor mais potente de 252 cv por R$ 239.990. Seu pacote de equipamentos é o mesmo da Ambiente, mudando apenas a potência do motor. No topo da linha está a Ambition Plus, de R$ 268.990, que acrescenta à lista o ar-condicionado de três zonas, retrovisores com rebatimento elétrico, teto solar panorâmico, conjunto óptico integral de LED, sensores de estacionamento na frente e atrás e câmera de ré.

 

Renault Duster Oroch ganha versão básica

renault-duster-oroch-express_9

Já que as picapes foram originalmente criadas como carros de trabalho, a Renault decidiu lançar uma versão espartana da Duster Oroch, como uma resposta encorpada às picapes compactas de cabine dupla. Batizado Duster Oroch Express, o modelo é voltado a frotistas e clientes jurídicos, e parte de R$ 66.190.

renault-duster-oroch-express_1

Por esse preço a picape vem equipada com o motor 1.6 SCe de 120 cv combinado ao câmbio manual de cinco marchas da marca. O pacote de equipamentos tem o básico para dar a partida e começar a carregar coisas: direção hidráulica, protetor de caçamba e ganchos para amarração de carga. Só isso. A capacidade de carga continua a mesma, 690 kg.

renault-duster-oroch-express_3

Ar-condicionado e vidros elétricos formam o pacote Comfort, que custa mais R$ 3.400. A grade de proteção do vidro traseiro e o extensor de caçamba formam o pacote Service, de R$ 1.090. A medida é uma forma que a Renault encontrou de impulsionar as vendas da Oroch diante da Fiat Toro, que chegou a figurar entre os dez carros mais vendidos do Brasil no mês passado, e lidera seu segmento.

 

O primeiro trailer do novo Top Gear America

Lembra que há alguns meses falamos sobre o retorno da versão americana de Top Gear? Pois ela teve seu primeiro trailer lançado nesta semana e irá estrear daqui a exatamente um mês, em 30 de julho.

O programa agora será apresentado pelo ator William Fichtner, mais conhecido por interpretar o detetive Alexander Mahone em “Prison Break”; pelo campeão da categoria Top Fuel da NHRA, Antron Brown; e pelo jornalista britânico Tom Ford, que você talvez conheça de “Fifth Gear”. Ah, e claro, eles também terão a versão americana do Stig.

O trailer originalmente estava com restrição de exibição por países, mas o pessoal do Carscoops publicou o vídeo em sua página no Facebook deixando o conteúdo livre para todos assistirem. Ainda é cedo para tecer qualquer comentário sobre os apresentadores; tudo o que podemos dizer é que a edição e produção do programa manterá o mesmo padrão do programa original britânico. Também já somos apresentados a alguns carros avaliados, como o Acura/Honda NSX, o Lamborghini Huracán Spyder e o BAC Mono, em um quadro que o modelo, aparentemente, é usado para atividades comuns do dia-a-dia.

Como dissemos mais acima, a próxima temporada estreia em 30 de julho na BBC America e terá oito episódios.

 

Que cazzo é este Porsche Turbo com para-lamas alargados?

Quem acompanha a linha de produtos do 911 sabe muito bem que sempre há espaço para mais uma versão, mesmo que eles já tenham mais de 20 versões.

Estamos dizendo isso porque, apesar do lançamento iminente do GT2 RS, a Porsche levou uma versão misteriosa à sessão de testes de fabricantes em Nürburgring Nordschleife. É este 911 Turbo com para-lamas alargados (e com um acabamento péssimo) que foi gravado pelo canal Supercars From EU.

Infelizmente desta vez não fazemos a menor ideia do que se trata porque geralmente os novos modelos são testados com camuflagens enormes e uma carroceria mais larga certamente seria disfarçada com a adoção de rodas mais largas ou qualquer outro artifício que colocasse a face das rodas alinhadas com as bordas do para-lamas. Mas neste caso é diferente: trata-se apenas de um 911 Turbo com uma extensão nos arcos dos para-lamas e nada além disso.

Se fôssemos arriscar algum palpite, provavelmente se trata de uma mula para testar componentes da próxima geração do modelo, dado que o fundo do carro está repleto de sensores e isso pode significar um fundo redesenhado para auxiliar na produção de downforce. Além disso, para-lamas mais largos geralmente acomodam pneus maiores ou eixos mais longos — o que pode indicar que a próxima geração do 911 Turbo terá bitolas maiores ou, quem sabe, motores elétricos nos eixos?

 

Michelle Rodriguez ameaça deixar “Velozes e Furiosos” devido a sexismo

A atriz Michelle Rodriguez, a Letty de “Velozes e Furiosos”, aproveitou o lançamento da versão digital de “Velozes e Furiosos 8” para publicar uma declaração com tom ameaçador: se os produtores não demonstrarem mais “amor às mulheres”, ela deixará a franquia.

A declaração foi publicada no perfil de Rodriguez no Instagram. A mensagem diz o seguinte: “Espero que eles decidam mostrar algum amor às mulheres no próximo filme da franquia. Ou eu simplesmente terei que dizer adeus a uma franquia tão amada”.

Esta não é a primeira vez que Rodriguez se manifestou sobre o alegado sexismo em “Velozes e Furiosos”. Em uma entrevista ao site Entertainment Weekly feita na época do lançamento do filme nos cinemas, a atriz disse que “mudou a personagem para ser alguém de quem ela se orgulha” e se perguntou “que tipo de mensagem os produtores estão passando às mulheres”, um questionamento que, segundo a atriz, “não sai de sua cabeça, especialmente no ambiente masculino em que ela trabalha”.

 

Matérias relacionadas

Puma anuncia fábrica em São Paulo, Velozes e Furiosos terá série animada no Netflix, Jeep Grand Cherokee ganha 1.000 cv da Hennessey e mais!

Leonardo Contesini

Este Gol GT 1986 com motor turbo forjado pode ser seu novo sleeper

Dalmo Hernandes

Toyota Yaris terá motor 1.3 do Etios, Ford revela nova imagem do Shelby GT500, Tesla acusada de “enganar e iludir” com Autopilot e mais!

Leonardo Contesini