A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Barn find à venda: este Cadillac Coupe De Ville 1959 jamais foi restaurado

Em meados dos anos 60 o mercado norte-americano estava sedento por carros mais compactos, potentes e esportivos, relativamente acessíveis para que os jovens pudessem comprá-los. As fabricantes começaram a apostar em formas mas limpas e minimalistas, e teve início a era dos muscle cars – que terminou com a crise do petróleo de 1973 e a invasão das fabricantes japonesas, com carros ainda menores, com ênfase na economia de combustível.

É incrível pensar que poucos anos antes as concessionárias dos EUA eram abarrotadas de carros como o cara aí em cima: um Cadillac Coupe De Ville 1959, primeiro ano de fabricação de um últimos grandes representantes da era dos “rabos de peixe”. Ele está anunciado no GT40, e é nosso Achado meio Perdido de hoje!

Coupé de ville é um termo francês vindo da indústria das carruagens que se refere a um tipo de carroceria muito comum nos primeiros anos do século 20, começando em 1908: um carro com um compartimento fechado para os passageiros na traseira e o banco do motorista (ou melhor, o chauffeur) descoberto. Couper, em francês, quer dizer “cortado” ou “encurtado” – se o carro fosse um sedã convencional ou mesmo uma limousine sem teto para o motorista, o termo era sedanca de ville, ou então town car.

1949-cadillac-coupe-de-ville-prototype_100417014_l

O protótipo do primeiro Cadillac Coupe De Ville foi apresentado ao público em 1949 durante a primeira edição do General Motors Motorama, uma espécie de Salão do Automóvel só para modelos da GM. O carro, feito sobre o chassi do sedã Sixty Special, tinha carroceria de duas portas sem colunas centrais, teto de caimento suave e vidros inteiriços na dianteira e na traseira – características de design marcantes que eram exclusivas da versão De Ville. A versão de produção, o Cadillac Series 62 Coupe De Ville, foi apresentado no mesmo evento. Era uma versão cupê de luxo, com carroceria hardtop, que em 1956 ganhou a versão Sedan De Ville.

Em 1959, o De Ville (tanto cupê quanto sedã)  tornou-se um modelo separado do restante da família. O Achado meio Perdido de hoje é um representante do primeiro ano, e segundo seu anunciante jamais foi restaurado.

img_246608_4_e5dfef18-2cae-42ef-a65b-e1825adaf7b1

O carro foi encontrado parado por muitos em um galpão antes de ser lavado e levado para a JS Autos Antigos, de João Siciliano, que fica em São Paulo/SP. Trata-se de um dos 21.924 exemplares fabricados em 1959, que fizeram do Coupe De Ville a carroceria mais mais popular feito pela Cadillac naquele ano. Não é para menos: o modelo 1959 tornou-se um ponto de virada na história da Cadillac – não porque trazia as majestosas “barbatanas” na traseira, que abrigavam as lanternas traseiras em formato de torpedo.

Elas eram marcantes, sim, mas estavam saindo de moda, assim como os exagerados (e belíssimos) para-choques cromados. A questão é que o Coupe De Ville foi o primeiro Cadillac com as laterais planas e de perfil elevado que se tornaram uma das características básicas de todo Caddy desde então.

img_246612_4_e5dfef18-2cae-42ef-a65b-e1825adaf7b1

Sendo um survivor, o Coupe De Ville não passou por qualquer tipo de restauração e se encontra exatamente como saiu de fábrica – pintura, acabamentos externos e internos, revestimentos, mecânica, rodas, pneus, faróis e lanternas, emblemas,  tudo mesmo. A estrutura é íntegra, sem pontos de corrosão, e a pintura está muito apresentável.

SONY DSC SONY DSC

O interior precisa de alguns reparos, principalmente no revestimento acolchoado do painel e no tecido dos bancos, mas os detalhes de acabamento estão todos em seus lugares e surpreendentemente conservados.

img_246656_4_e5dfef18-2cae-42ef-a65b-e1825adaf7b1

Ao abrir o capô, topa-se com um V8 de 390 pol³ (6,4 litros) e 345 cv, com 54,9 mkgf de torque, também todo original e nunca aberto. O câmbio é automático de três marchas, com alavanca na coluna. O carro é equipado com ar-condicionado, direção hidráulica e banco dianteiro com ajustes elétricos. Como os dois bancos são inteiriços, o Coupe De Ville é capaz de levar seis pessoas com espaço de sobra e conforto.

img_246624_4_e5dfef18-2cae-42ef-a65b-e1825adaf7b1

Se é sua praia e você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do vendedor.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Ferrari terá versão especial limitada da 812 Superfast, Corvette C8.R é flagrado com motor central-traseiro, Mustang chega às 10 milhões de unidades e mais!

Leonardo Contesini

Número de multas aumenta 86% em São Paulo, Lamborghini Huracán Superleggera em testes, o novo Porsche 911 GT3 e mais!

Leonardo Contesini

Chevrolet Equinox terá motor 2.0 turbo no Brasil, Corvette ZR1 é flagrado com menos disfarces, Project CARS 2 chega em setembro e mais!

Leonardo Contesini