A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

BMW 1M com o V10 do M5 E60 se transforma em uma máquina de drift

Há alguns meses, falamos aqui no FlatOut sobre um dos transplantes de motor mais legais que se pode fazer: colocar o motor V10 S85 do BMW M5 E60 no pequeno, porém nervoso, Série 1 de primeira geração (E87).

baby-Bimmer é um dos carros mais bacanas já feitos pela companhia bávara: tração traseira, suspensão acertada, carroceria compacta e peso relativamente (veja bem, relativamente) baixo são seus trunfos. Já o motor V10, bem… com sistema variável VANOS na admissão e no escape, taxa de compressão de 12:1 e capacidade para girar acima de 8.000 rpm. Usado no M5 sedã e Touring (e também no BMW M6), o S85 entrega, originalmente, 507 cv a 7.750 rpm e 53 mkgf de torque a 6.100 rpm, suficientes para levar o M5 aos 100 km/h na casa dos quatro segundos baixos, com velocidade máxima de 330 km/h (limitada eletronicamente a 250 km/h). É um senhor motor.

Juntando os dois, você junta o que há de melhor em dois extremos, como fica bem claro no post que citamos ali em cima. Só tinha um problema: até agora, só havíamos visto os Série 1 V10 acelerando em linhar reta, o que é bacana, mas não é o ideal.

Isto será resolvido agora, porque o monstrinho laranja que você vai ver nestes vídeos é um carro de dorifuto dos bons.

Não há muitas informações a seu respeito, mesmo que o carro seja relativamente conhecido entre os entusiastas da BMW e tenha aparecido em um punhado de vídeos e matérias em sites como o BMWBlog. Ao que tudo indica, o carro foi feito na Holanda (basta olhar o idioma das placas, com vogais repetidas, típicas do holandês, e algumas das URLs adesivadas na carroceria) e participa de diversos eventos pela Europa.

A descrição do vídeo acima dá alguns detalhes sobre o projeto: o carro tem gaiola de proteção integral, suspensão preparada, peso aliviado na base do “vamos tirar tudo o que não deixa o carro mais rápido” e sistema de escape direto. Com uma reprogramação eletrônica, o motor agora entrega cerca 550 cv.

É exatamente esta a potência que os caras da alemã KJ-Performance prometem com seu kit de conversão para o Série 1, que inclui o motor V10 preparado e o eixo traseiro do BMW M3 E92 (aquele com motor V8), além de todas as adaptações necessárias. Também foram eles que disseram que, apesar de ser um motor grande, o V10 do M5 não pesa muito mais que o motor original do Serie 1. De acordo com eles, originalmente a distribuição de peso do modelo é perfeita, com 50% do peso do carro sobre cada eixo, sendo que com o motor V10 são 55% na dianteira e 45% na traseira. O 1M laranja ainda recebeu um capô de fibra de carbono para equilibrar mais as coisas.

No total, o peso do carro fica em cerca de 1.000 kg, o que significa que nada menos que 495 kg foram eliminados na dieta. Nada mau mesmo.

Pelos vídeos, também é evidente que, como é costume entre os carros de dorifuto, a caixa de direção foi alterada para aumentar o ângulo de esterçamento. Os caras do BMWBlog apontam que, provavelmente, o eixo também foi deslocado para a frente.

Quanto ao transplante do motor em si, este não é um bicho de sete cabeças: comparado ao seis-em-linha turbinado de 340 cv, o V10 evidentemente é mais largo, mas também é mais curto e não muito mais alto. O que significa que alguns suportes feitos sob medida e algumas mudanças no cofre bastaram para acomodá-lo no cofre.

mv10

Parece até que o cofre do 1M foi feito para o S85

É uma pena que não existam mais informações a respeito de seu projeto ou de seu autor. Ao mesmo tempo, este carro já é conhecido há algum tempo e acabou ganhando certo ar cult – o misterioso Série 1 M laranja com motor V10 que transforma pneus traseiros em fumaça andando de lado. Talvez seja até mais legal assim.

Matérias relacionadas

Stealth Beetle: um Fusca com motor V8 Audi biturbo central-traseiro

Dalmo Hernandes

Esta serra com motor V8 é o cúmulo do desnecessário – hellyeah!

Juliano Barata

Na Holanda dos anos 1970, a polícia andava de Porsche 911 – e este aqui está à venda!

Dalmo Hernandes