A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

BMW confirma novo M8, Alonso quer voltar à Indy, Jaguar entra na briga dos supersedãs com XE SV de 600 cv e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

BMW confirma desenvolvimento do M8

BMW-M8-Prototype-21

Depois de apresentar o conceito do novo Série 8, a BMW confirmou que ele ganhará uma versão esportiva desenvolvida pela divisão M. Sim: um BMW M8 finalmente chegará às ruas depois de quase três décadas.

 

O anúncio foi feito pelo presidente da divisão M, Frank van Meel, durante as 24 Horas de Nürburgring. De acordo com Van Meel, o desenvolvimento da Série 8 está sendo feito paralelamente ao do M8 porque o comportamento do modelo regular não será concentrado na esportividade — “Nem todos os compradores da Série 8 querem um modelo M”, disse — mas a marca pretende oferecer uma versão com dinâmica mais afiada e desempenho mais avançado.

BMW-M8-Prototype-29

O executivo não revelou detalhes do futuro M8, mas espera-se que o esportivo use o mesmo V8 de 4,4 litros do novo M5, bem como seu sistema de tração nas quatro rodas M xDrive. A potência, logicamente, será maior que os 615 cv esperados no M5. Outra confirmação feita por Van Meel, é que o M8 terá uma versão GTE, que levará a BMW de volta a Le Mans — aparentemente em 2019, uma vez que o Série 8 regular será lançado no final de 2018.

 

Lamborghini está considerando modelo de entrada e GT de quatro lugares

2008lamborghini_estoque_03-1

Desde que foi adquirida pela Audi, passando a fazer parte do Grupo Volkswagen, a Lamborghini passou a oferecer regularmente dois modelos em sua linha de produtos — primeiro foi o Gallardo e o Murciélago, depois o Huracán e o Aventador. Recentemente, a exemplo do que fez a Porsche com o Cayenne no início da década passada, a Lamborghini irá oferecer um SUV, que deverá ajudar a aumentar a lucratividade da fabricante e financiar os supercarros.

Talvez por isso a Lamborghini tenha começado a pensar em oferecer um novo modelo após o lançamento do Urus. Em entrevista ao site australiano CarAdvice, o CEO da Lamborghini, Stefano Domenicali, disse que a linha de modelos da marca será composta pelo Aventador, pelo Huracán e pelo SUV Urus até 2022 ou 2023 (mais cinco ou seis anos, portanto) e que depois disso a marca deverá ter um quarto modelo.

Domenicali explicou que a equipe de desenvolvimento já está pensando em como será este quarto modelo, usando o histórico da marca como inspiração, o que significa que ele poderá ser um supercarro ou até mesmo um GT de quatro lugares, como a Lamborghini fez no passado.

Além deste quarto modelo, Domenicali disse que ainda há a possibilidade de lançar um esportivo de entrada, posicionado abaixo do Huracán.

 

Alonso abandona Indy 500 por quebra de motor, mas diz que irá voltar

20175393760_FernandoAlonsoIndy12_II

Depois de duas semanas no centro das atenções da Indy, Fernando Alonso finalmente realizou seu desejo de disputar as 500 Milhas de Indianápolis e se viu muito perto de conseguir um ótimo resultado.

O espanhol largou na quinta posição, caiu para a oitava logo após a largada (possivelmente como estratégia para “sentir” o ambiente) e logo nas primeiras voltas assumiu sua posição entre os ponteiros, onde se manteve durante quase toda a corrida, chegando a liderar 27 voltas (que fez dele o terceiro piloto com mais voltas na ponta nesta edição de 2017) até que o motor Honda de seu Andretti-McLaren quebrou a apenas 21 voltas da bandeirada final.

Alonso indy

Apesar da decepção de não concluir a prova, Alonso pareceu otimista nas entrevistas pós-corrida, dizendo que foi uma forma de se provar a si mesmo: “Eu sei que posso ser tão rápido quanto qualquer outro em um carro de F1. Eu não sabia que podia ser tão rápido quanto os demais em um carro da Indy. É bom ter essa sensação de competição ao liderar a Indy 500”.

Alonso ainda disse que sem os acidentes que causaram a interrupção da prova, ele, Alexander Rossi e Ryan Hunter-Reay poderiam ter aberto uma vantagem de meia volta para os demais, embora estivesse ciente de que estas são as características da Indy 500.

No final, ao ser questionado se voltará a Indy, Alonso respondeu “definitivamente sim”. Torcemos para isso.

 

Jaguar XE terá versão de 600 cv

Até agora a Jaguar se manteve alheia à briga dos sedãs esportivos médios, deixando BMW M3, Mercedes-AMG C63, Audi RS4 e Cadillac ATS-V se estapeando enquanto rodava sem pretensões esportivas com o XE S. Mas esta história vai mudar a partir de 28 de junho. É quando a Jag irá apresentar ao mundo o XE SV Project 8, uma edição limitada e especial com nada menos que 600 cv — o que fará dele não apenas o XE mais potente de todos, mas também o Jaguar mais potente já feito.

Jaguar-XE-SV-Project-8-6

O modelo foi apresentado pela Jaguar em uma galeria de fotos do protótipo, que está sendo desenvolvido pela Special Vehicle Operations (a divisão especial da Jaguar Land Rover). Ele terá o mesmo V8 de cinco litros dos demais esportivos do grupo, também sobrealimentado por um compressor de polia, que ajudará a produzir 600 cv — nível de potência que o coloca no patamar de modelos maiores, como o BMW M5 e o Mercedes-AMG E63S.

O único problema, contudo, é que serão feitas apenas 300 unidades. A marca ainda não divulgou tempos de aceleração e velocidade máxima, tampouco detalhou as modificações além da adoção do motor V8, mas considerando os para-lamas salientes ele terá bitolas mais largas e, certamente, uma suspensão mais firme. Segundo a Jag ele também terá um nível de desempenho aerodinâmico inédito entre os carros da marca.

 

Matérias relacionadas

Ford lança Ka Trail por R$ 47.700, Fiat lança Mobi automatizado, Máfia italiana queria roubar corpo de Enzo Ferrari e mais!

Leonardo Contesini

Pajero Evolution: o especial de homologação esquecido da Mitsubishi

Dalmo Hernandes

Corcel roubado é encontrado depois de 36 anos, “NUTZ” – o filme sobre os petrolheads brasileiros já tem data de estreia, um Mercedes S63 AMG de 1.000 cv e mais!

Leonardo Contesini