BMW lança novo M4 CS com 460 cv, Interlagos estará em Gran Turismo Sport, Hennessey terá pacote de 1.500 cv e mais!

Leonardo Contesini 19 abril, 2017 0
BMW lança novo M4 CS com 460 cv, Interlagos estará em Gran Turismo Sport, Hennessey terá pacote de 1.500 cv e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

BMW lança novo M4 CS

BMW-M4-CS-13

Não é novidade que a BMW estava desenvolvendo uma versão intermediária do M4 — o carro já vinha sendo flagrado em testes há alguns meses e, recentemente, o piloto Augusto Farfus até compartilhou uma foto das gravações do vídeo promocional do modelo em seu perfil no Instagram.  Agora o modelo finalmente foi lançado no Salão de Xangai. O M4 CS será posicionado entre o M4 Competition Package e sua versão mais hardcore, o GTS.

BMW-M4-CS-10

As novidades começam sob o capô: a divisão M deu um tapa no 3.0 biturbo de seis cilindros para elevar sua potência em 29 cv, chegando a 460 cv e 60,9 mkgf. Depois vem a redução de peso, inspirada no GTS: capô, teto, spoiler traseiro, difusor e splitter frontal são todos feitos de plástico reforçado com fibra de carbono. Os paineis de acabamento interno das portas também são mais leves que no BMW M4 comum, e trocaram os puxadores de borracha e plástico por tiras, como nos Porsche mais radicais. Com isso a redução de peso chegou a 32 kg em relação ao M4 de entrada e 10 kg em relação ao Competition Package.

O câmbio manual não teve chances aqui: o M4 CS vem equipado apenas com o câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Com ele, o CS vai de zero a 100 km/h em 3,9 segundos e chega à máxima de 280 km/h, limitada eletronicamente. Segundo a BMW, o modelo ainda é capaz de completar a volta em Nürburgring Nordschleife em 7 min 38s, onze segundos a menos que o GTS e praticamente no mesmo tempo que o Porsche 911 Carrera S.

Os freios também receberam upgrades: pinças douradas de seis pistões na dianteira e quatro pistões na traseira, além de discos de carbono-cerâmica. A suspensão ganhou molas e amortecedores mais rígidos, barras estabilizadoras mais espessas e rodas de 19 polegadas na dianteira e 20 polegadas na traseira. O escape de 3,1 polegadas é o mesmo do Competition Package. A paleta de cores terá cinco opções: cinza Lime Rock metálico, branco Alpine, azul San Marino, preto Sapphire e azul Frozen Dark.

Já o preço será tão especial quanto o carro: na Alemanha ele custará € 116.900 — € 40.200 a mais que o M4 básico, que parte de € 76.700. Considerando que o euro está custando cerca de R$ 3,35, se chegar ao Brasil é melhor esperar uma diferença de preços de aproximadamente R$ 140.000.

 

Interlagos finalmente chega a Gran Turismo

Gran-Turismo-Sport-Interlagos-01

É bem provável que você sempre tivesse se perguntado por que raios nenhum game de corrida oferecia Interlagos como uma das opções de circuitos reais. Pois bem, quando menos esperávamos, vem Gran Turismo Sport e mostra o Autódromo José Carlos Pace no game.

A imagem acima foi divulgada no Twitter pelo site espanhol Hobby Consolas, que avaliou a versão beta do game, porém não incluiu a imagem em seu post, tampouco mencionou a inclusão do circuito brasileiro no game. Contudo, as zebras pintadas de verde, amarelo e branco deixam claro que se trata do templo brasileiro — sem contar que os carros estão nitidamente na saída do S, margeando a pit lane.

Se Interlagos estiver realmente em Gran Turismo Sport, ele será o quarto autódromo real incluído no jogo; os outros três são Nürbrugring Nordschleife, Brands Hatch e Willow Springs.

 

Marginais de São Paulo registram três mortes em março

6

No segundo mês completo após o aumento dos limites de velocidade, as marginais de São Paulo registraram três mortes, segundo o sistema InfoSiga, que monitora os acidentes fatais em todo o estado de São Paulo. No total, quatro condutores morreram desde o dia 25 de janeiro, quando os limites foram alterados. As vítimas foram todos motociclistas.

O primeiro acidente aconteceu na noite do dia 4 de março, próximo ao Shopping Villa Lobos na Marginal Pinheiros e envolveu um motociclista com faixa etária entre 25 e 29 anos. A CET não divulgou detalhes do acidente.

O segundo acidente aconteceu na noite do dia 10 de março, quando um motociclista de 21 anos tentou ultrapassar um caminhão na pista local da Marginal Tietê e acabou caindo entre os carros. Segundo a CET as imagens das câmeras mostram que havia lentidão no local no momento do acidente, e as imagens da câmeras de monitoramento mostram o motociclista fazendo tentando passar entre dois caminhões antes de cair e ser atropelado por um deles. De acordo com boletim de ocorrência, obtido pelo portal G1, uma testemunha disse à polícia que ele tentou passar por dois caminhões, bateu em um e foi atropelado pelo outro.

O terceiro acidente aconteceu também na Marginal Tietê, em sua pista central, às 10:30 da manhã do dia (30), quando um motociclista colidiu contra um caminhão e morreu no local. As circunstâncias do acidente ainda estão sendo apuradas.

 

Hennessey irá desenvolver preparação de 1.500 para Dodge Demon

2018 Dodge Challenger SRT Demon

Lembra quando dissemos que o motor do Dodge Demon certamente estava superdimensionado, considerando a extensão das modificações comparada ao aumento da potência? Pois John Hennessey também percebeu isso, mas como ele tem uma preparadora à sua disposição, ele decidiu que irá explorar todo o potencial do bestial muscle car. Como? Ele quer extrair nada menos que 1.500 cv do V8 supercharged.

É bem provável que ele consiga isso — justamente devido às modificações que a Dodge fez em seu V8. A Hennessey já oferece pacotes de 1.000 cv para o Charger e Challenger Hellcat, então extrair 500 cv a mais de um motor que já é 120 cv mais potente e ainda mais reforçado será um trabalho relativamente simples para o texano.

Ele também irá resolver o problema do “banimento” do Demon pela NHRA: o pacote irá incluir uma gaiola homologada pela entidade e um para-quedas para desaceleração. (via The Drive)

 

Mercedes apresenta Concept A Sedan – o futuro sedã da Classe A

mmercedes-benz-concept-a-sedan

Embora o Classe A já tenha um sedã, a Mercedes o considera um “cupê de quatro portas”, como evidencia seu nome CLA . Por isso, a marca alemã pretende desenvolver algo mais convencional para a próxima geração de sua classe de entrada, de modo que ele possa concorrer mais diretamente com o Audi A3 Sedan e o BMW Série 1 Sedan (ao menos na China).

mercedes-benz-concept-a-sedan

O modelo foi antecipado pelo Concept A, um conceito apresentado no Salão de Xangai nesta semana, que apresenta as linhas gerais e a nova linguagem de estilo que será adotada pela Mercedes na próxima geração do compacto, que utilizará a nova plataforma MFA2 para carros compactos. Em sua forma conceitual o sedã da Classe A é 70 mm mais curto que o atual CLA, porém é 93 mm mais largo e 30 mm mais baixo.

mercedes-benz-concept-a-sedan-1

A coluna C mais verticalizada evidencia que ele não será mais um cupê de quatro portas, o que significa também que ele não irá matar o CLA. Além disso, a Mercedes ainda pretende desenvolver uma versão conversível para a Classe. Os balanços também são curtos, como nos sedãs da Classe C e E. Na dianteira, ele traz a grade Panamericana, exclusiva dos modelos AMG, o que indica que ele também deverá ter uma versão esportiva.