FlatOut!
Image default
Zero a 300

BMW M3 poderá virar híbrido, redução de acidentes nas Marginais de SP, Porsche de McQueen vendido e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Próxima geração do BMW M3 poderá ser híbrida

Captura de Tela 2015-08-20 às 11.49.17

Em nome da eficiência energética (consumo de combustível e emissões) a BMW já trocou o antigo V8 de quatro litros do BMW M3 pelo atual seis-em-linha biturbo. Mas aparentemente isso não será suficiente para as leis cada vez mais restritas em relação às emissões. A solução para a divisão M manter o desempenho de seus carros pode estar na adoção de um powertrain híbrido para a próxima geração do M3/M4.

A apuração veio do Detroit Bureau, que entrevistou “vários executivos da BMW” e, segundo eles, o aprendizado com a divisão i (responsável pelo esportivo híbrido i8) ajudará a BMW M a atender a demanda por mais potência e desempenho ao mesmo tempo em que se adequa às restrições de emissões e novos padrões de consumo em todo o mundo.

Mas não pense que o motor irá diminuir novamente. O coração do futuro drivetrain continuará sendo o atual 3.0 biturbo de seis cilindros — que hoje produz 430 cv e 56,3 mkgf —, e terá o auxílio de um sistema elétrico semelhante ao KERS (recuperação de energia cinética) para melhorar o torque em cerca de 10 mkgf e trazer um aumento significativo de potência — a BMW não mencionou meta de potência, mas considerando o peso de um sistema como esse, o boost não deverá ser inferior a 100 cv.  A força continuaria enviada para as rodas traseiras, mas como muitos esportivos híbridos, será possível criar uma versão de tração integral usando motores elétricos para impulsionar as rodas dianteiras.

 

CET-SP reporta queda de 29% nos acidentes nas marginais de SP

Marginal_tietê

No primeiro balanço sobre os efeitos da redução de velocidade nas marginais, a CET-SP afirma que o número de acidentes foi reduzido em cerca de 29% comparado ao número de acidentes do mesmo período de 2014, de acordo com reportagem do Estadão.

Ainda não se sabe os números exatos nem o período de comparação utilizado para o levantamento, que será divulgado pelo órgão hoje, mas é possível que a base de comparação tenha sido do dia 20 de julho, quando a redução foi implantada, até hoje, um mês depois da redução.

Segundo a reportagem do Estadão, houve uma redução também nos congestionamentos. O argumento de que as reduções se devem ao período de férias não é válido, já que os períodos comparados tiveram o mesmo benefício de menor circulação de carros. O G1, por outro lado, informa que a redução do tráfego aconteceu entre a tarde e a noite, mas que o número de multas aumentou.

 

Linha 2015 do Chrysler 300C vem com pequenas melhorias

Chrysler-300-05-620x415

Apesar de chegar só agora, a nova linha do Chrysler 300C ainda é 2015. E traz novidades importantes, como o motor 3.6 V6 Pentastar mais potente, com 296 cv a 6.350 rpm, contra 286 cv na mesma faixa de rotação do anterior, e torque de 36 mkgf a 4.800 rpm, contra os antigos 34,7 mkgf a 4.650 rpm.

Chrysler-300-12-620x413

Em termos de conteúdo, o 300C agora vem com uma tela de TFT de 7 polegadas no painel de instrumentos, a central multimídia Uconnect de 8,4 polegadas (a mesma que permitiu nos EUA, onde ela tem acesso à internet, o primeiro ataque hacker a um automóvel), rodas de liga leve de aro 20, novo volante, novo seletor de marchas (em formato de botão giratório), para-choques, grades e lanternas traseiras.

Chrysler-300-06-620x391

Apesar de contar apenas com o motor V6, deixando os fãs do V8 5.7 Hemi com saudades, o 300C atinge a máxima de 240 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos. Marcas nada desprezíveis para um carro deste tamanho. O preço é que não ajuda: pulou de R$ 184.900 para R$ 204.900. Talvez valha procurar por unidades antigas ainda à venda, para economizar esses R$ 20 mil…

 

Porsche 930 de Steve McQueen é leiloado por US$ 1,95 milhão

porsche-mcqueen-abre

A somatória de duas coisas tão significativas para o automóvel, como a Monterey Car Week e o último carro que Steve McQueen comprou, um Porsche 930 (veja mais fotos neste post) , só poderia resultar em recorde. Colocado à venda em um dos inúmeros leilões que acontecem na semana mágica californiana, o Porsche atingiu a inacreditável marca de US$ 1,95 milhão!

911-mcqueen (10)

A parte bacana da história é que uma parcela do valor é revertida para caridade, algo que também notabiliza os eventos da Monterey Car Week. Bom saber que o 930, um modelo 1976 na cor Slate Gray, vai ajudar a colocar sorrisos em mais rostos do que o apenas o do feliz novo proprietário.

 

Range Rover Evoque ganha séries limitadas no Brasil

evoque_black_style

O Range Rover Evoque ganhou duas edições limitadas no Brasil. São as versões Dynamic Black, que terá apenas 50 unidades, e Style, que terá 250 exemplares.

O Evoque Dynamic Black é uma variação da versão Dynamic. Como seu nome sugere, ela terá vários detalhes pintados de preto, como o teto, as rodas de 19 polegadas, a grade frontal e as saídas de ar nas laterais. Por dentro, os bancos terão revestimento de couro preto e a cabine ganha apliques de alumínio. Por R$ 225.500 a lista de itens de série inclui acionamento elétrico do porta-malas, câmera de ré, teto panorâmico, faróis de xenônio e sistema de som Meridian.

A outra versão, Style, custa R$ 169.900, e pode ter o teto pintado de preto ou cinza para combinar com as quatro opções de cores da carroceria — branco, vermelho, cinza e preto. A lista de equipamentos tem rodas de liga leve de 18 polegadas, faróis halógenos, sensor de estacionamento, cruise control e acabamento parcial de couro preto.

As duas versões são equipadas pelo motor 2.0 turbo a gasolina, com 240 cv e acoplado à transmissão automática de nove marchas.

 

Clube do Mustang realiza XI Encontro Anual no próximo domingo

11891139_880699375349142_3173249584087157602_n

Os fãs do Ford Mustang terão uma oportunidade única de ver várias gerações reunidas no próximo domingo no estacionamento do Shopping Eldorado, em São Paulo. Será realizado ali, no próximo dia 23, das 9h às 15h, o XI Encontro Anual de Mustang.

Com entrada franca, o evento promete contar com a presença maciça dos associados ao Clube do Mustang, além de fãs do carro de todas as idades. Se estiver em dúvida sobre o que fazer no domingão pela manhã, eis aí uma ótima pedida. Se estiver passando pela cidade, não perca a oportunidade!

 

French Crew organiza encontro para o dia 20 de setembro

11923030_940492419323173_1942227788_n

Se você ama carros franceses e quer encontrar pessoalmente um pessoal que também aprecia as invenções da terra de De Gaulle, marque na agenda: dia 20 de setembro, dentro de exatamente um mês, terá um encontro do pessoal do French Crew.

Realizado na avenida Jaguaré, 1347, na esquina com a avenida Torres de Oliveira, em São Paulo, o encontro, que vai das 10h às 16h, cobra R$ 20 de entrada para os carros. Aqueles que não forem de carro não precisam pagar nada. O espaço já é conhecido de quem frequentava os encontros dos grupos 272 e Eurodope.

Quem tiver vontade de provar o churrasco que o pessoal faz por lá morre com mais R$ 15 por pessoa ou R$ 25 por casal. Dentro do espaço há um galpão onde os carros franceses ficarão abrigados. Carros de outras nacionalidades são bem-vindos, mas ficam na parte de fora do galpão, ainda que no mesmo terreno.

 

Jeep Renegade deve ganhar versão para pista no exterior, a Trackhawk

user945_pic73_1439495755

Segundo o pessoal do site JeepTrackhawkForums, a FCA está preparando uma versão nervosa do Jeep Renegade. Chamada de Trackhawk, ela seria voltada para as pistas, como o nome denuncia, e teria diversos acertos, como uma suspensão mais baixa, tração nas quatro rodas e um motor 2.4 MultiAir biturbo de pelo menos 300 cv.

Pelos relatos, a ideia já teria sido aprovada e será desenvolvida ao longo dos próximos dois anos, o que indica um lançamento em 2017, mas já como modelo 2018. Se é verdade ou não, só torcemos para que ela chegue também ao Brasil. Aqui, por ora, a expectativa é pelo motor 2.0 TigerShark, que daria à versão flex do jipinho um pouco mais de ânimo do que o motor 1.8 E.torQ.

Matérias relacionadas

Hyundai na Rússia? As marcas mais vendidas de cada país e suas surpresas

Dalmo Hernandes

Os carros que fizeram nossos leitores gostarem de carros – parte 2

Dalmo Hernandes

Novo Toyota Supra: tudo o que já sabemos sobre o retorno do ícone

Leonardo Contesini