A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Bugatti chega aos 490 km/h, piloto da F2 morre em acidente em Spa, Honda PCX com VTEC e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Bugatti Chiron quebra a barreira dos 490 km/h

Apesar do suspense e das várias declarações sobre a possível inviabilidade do teste de velocidade máxima do Chiron, a Bugatti finalmente colocou seu hipercarro no circuito de Ehra-Lessien para descobrir até onde ele poderia chegar. O resultado foi absurdo: 490,484 km/h.

O teste foi realizado secretamente em 2 de agosto depois de seis meses de desenvolvimento em parceria com a Michelin e a Dallara que resultou em um protótipo “quase de série” do Chiron, com a cauda mais longa para otimizar o escoamento aerodinâmico. O piloto do teste foi Andy Wallace.

Em entrevista ao site Top Gear, que foi o primeiro a divulgar a notícia, o presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, disse que este será o último teste de velocidade máxima realizado pela marca: “Já mostramos diversas vezes que construímos os carros mais rápidos do mundo. No futuro vamos nos concentrar em outras áreas”, afirmou Winkelmann.

O Chiron usado no testes usava, além da traseira 25 cm mais longa, também dispensou a asa traseira, um novo arranjo das saídas de escape que abriram espaço para um difusor mais longo e mais largo, e também um splitter maior na dianteira e respiros nas caixas de roda. O motor recebeu um pequeno upgrade para produzir 100 cv a mais, chegando aos 1.600 cv.

Agora, se você está intrigado com o “quase de série” entre aspas no início do texto, é porque a Bugatti o chama desta forma — na verdade o termo não tem uma tradução literal: “near-production prototype” que pode ser entendido como “quase de série”, mas também como “protótipo perto de ser produzido”. Isso pode significar que, ele ainda não é um modelo produzido em série, mas acabará produzido em um futuro muito próximo. Quem sabe esta não é a versão Super Sport? O Salão de Frankfurt está aí… (LC)

 

Piloto francês da F2 morreu em acidente em Spa-Francorchamps

O fim de semana em Spa-Francorchamps deveria ser um dos mais animados da temporada, mas acabou com uma tragédia na Fórmula 2 ainda no sábado. O piloto francês Anthoine Hubert morreu após ser atingido pelo piloto equatoriano-americano Juan-Manuel Correa em uma violentíssima colisão em T.

O acidente começou com uma escapada de Giuliano Alesi na saída da Raidillon, que forçou o piloto Dorian Boccolacci, que vinha logo atrás, a frear forte. Hubert, que o seguia, freou forte desviando para fora em uma dinâmica tragicamente semelhante à do acidente das 24 Horas de Le Mans em 1955.

Hubert bateu forte na barreira de proteção e seu carro ricocheteou. Nesse movimento ele foi atingido na lateral por Juan-Manuel Correa que, ao perder o traçado devido ao incidente, teve que usar a área de escape.

Hubert e Correa foram levados ao hospital imediatamente em estado crítico, mas o francês não resistiu e foi declarado morto no início da noite no horário local. Correa sofreu lesões graves na coluna e nas pernas e segue em terapia intensiva no hospital de Liège.

Hubert tinha 22 anos e era o atual campeão da GP3/F3. Ele já havia vencido duas provas desta temporada da F2 (Mônaco e Paul Ricard) e estava em oitavo lugar no campeonato. (LC)

 

GM inicia cortes e plano de demissão voluntária em São Caetano

A General Motors fez uma série de cortes e iniciou um plano de demissão voluntária (PDV) em sua fábrica de São Caetano do Sul na semana passada. A fabricante já havia feito uma série de acordos com os funcionários de suas três unidades no Brasil (Gravataí/RS, São José dos Campos/SP e São Caetano do Sul/SP) depois de manifestar sua intenção de fechar a unidade do ABC paulista. No fim, a GM negociou com os governos locais e conseguiu isenção de IPTU e ISS, anunciando em seguida um investimento de R$ 10 bilhões em oito anos.

Os cortes e o PDV, segundo o sindicato local, aconteceram na área de engenharia; a produção não foi afetada e deverá contratar mais funcionários. Ainda de acordo com o sindicato, serão cortados entre 100 e 150 funcionários. (LC)

 

Nova geração do Ford Ka está sendo projetada no Brasil

A Ford está projetando no Brasil a nova geração do Ka, seu carro mais vendido atualmente. Segundo apuração do AutoData o projeto B680 (Ka) e B680S (Ka Sedan) estão em andamento desde 2018 baseados na plataforma atual e devem ser lançados em 2021.

O Ka deverá crescer em tamanho e subir de categoria e o modelo atual deverá ser mantido como opção de entrada, assim como acontece com o Onix. O projeto do hatch e do sedã vem acompanhado de um SUV novo para substituir o EcoSport, que vem sendo chamado de BX755.

O SUV terá porte maior que o do EcoSport e poderá herdar o nome, ele será posicionado abaixo do Territory. O lançamento está previsto para 2021 também. Esses carros que vem sendo projetados no Brasil deverão ser feitos na fábrica de Camaçari, na Bahia. (ER)

 

Audi RS Q8 pode ser o novo SUV mais rápido de Nurburgring

O Audi RS  Q8 vem sendo flagrado em Nurburgring em sua versão final e está próximo de ser lançado. Segundo o youtuber Misha Charoudin, que é dono de uma empresa de aluguel em Nürburgring, a Ring Garage (e também é especializado no circuito), a versão esportiva do SUV coupé grande da Audi deverá ser o recordista do inferno verde.

No dia 21 de agosto o youtuber filmou alguns carros em teste e segundo sua metodologia de medição o RS Q8 teve tempo de volta de 7:47, dois segundos mais rápido que o recordista atual Mercedes GLC63 AMG S. Charoudin faz sua medição vendo o início da volta e marca o final quando escuta o carro chegando no final da reta e atingindo uma zebra.(ER)

 

Honda PCX deverá ter motor V-TEC na próxima geração

No imensamente popular segmento das scooters, a Honda PCX é a líder – mais de 12.500 unidades foram vendidas apenas nos seis primeiros meses de 2019, enquanto a Honda Elite 125 é a segunda colocada, com mais de 6.500 unidadess. A Honda não pretende perder a liderança tão cedo, e já está preparando a nova geração da PCX.

De acordo com imagens de registro obtidas pelo site indonésio TMCBlog, a próxima Honda PCX fará uso do sistema V-TEC de comando variável, com quatro válvulas no cilindro. A ideia é conseguir um motor mais econômico e menos poluente – além de um ganho no desempenho, visto que atualmente a Honda PCX vendida na ásia possui 14,7 cv e 1,34 kgfm de torque, enquanto sua principal rival, a Yamaha NMax 160, tem 15,1 cv e 1,47 kgfm de torque. É uma diferença marginal mas, para um veículo leve como uma scooter, é o suficiente para garantir mais fôlego.

Apesar do registro, não esperamos que a nova PCX seja apresentada tão cedo – especula-se que, no mínimo, a novidade seja apresentada na Ásia no fim de 2021. No Brasil, é coisa para 2022 ou depois. (DH)

 

Dafra mostra duas novas motos no Festival Duas Rodas

Foto: Motonline

A Dafra usou o Festival Duas Rodas, no Autódromo de Interlagos, para mostrar duas novas motocicletas que chegam em breve ao mercado: a aventureira NH 190 e a scooter HD300. Ambas são projetos da taiwanesa SYM Motors, como outros modelos da Dafra vendidos no Brasil.

A NH 190 é uma trail pequena, feita para encarar principalmente a Honda XRE 190 e a Yamaha Crosser 150. O motor é um monocilíndrico de 183 cm³, com quatro válvulas, 18 cv a 8.500 rpm e 1,6 kgfm de torque a 7.500 rpm. Ele é acoplado a uma caixa de seis marchas. De série, a Dafra NH 190 virá com freios combinados, luzes de LED e carregador USB para smartphones.

Foto: Motonline

Já a HD 300 vem para complementar a linha das scooters maiores, atualmente já representada pela CityCom 300i. O motor é o mesmo: um monocilíndrico de 278,3 cm³ de 27 cv. A HD 300 deverá ser uma alternativa mais refinada à Citycom, começando pelo design mais elegante. A HD 300 também é 10 kg mais leve que a Citycom, pesando 166,2 kg, e possui um compartimento de carga de 38 litros, 27% maior.

A Dafra NH 190 deve começar a ser vendida no próximo mês de novembro. Já a HD300 está prevista para maio de 2020. (DH)

 

Ian Callum lança série especial do Aston Martin Vanquish V12

Recentemente aposentado da Jaguar, Ian Callum não perdeu tempo e, semanas depois, anunciou a criação de sua própria firma, a Callum Design. E, agora, ele anunciou seu primeiro produto: o Aston Martin Vanquish 25, versão atualizada do Aston Martin Vanquish V12 vendido entre 2001 e 2005.

O Vanquish V12 foi projetado por Ian Callum, mas o projetista diz que nunca esteve satisfeito com o visual do carro. Aos britânicos da revista Autocar, ele foi bem franco ao revelar que sempre houve melhorias que ele queria promover no modelo. “Agora eu tenho achance”, afirmou.

O Vanquish 25 ainda se parece com um Aston do início da década passada, mas recebeu diversos toques atuais. Os faróis de neblina, por exemplo, foram substituídos por entradas de ar para os freios – que agora são de carbono-cerâmica. Todas as luzes agora são de LED; grade e retrovisores também são novos; e as saias laterais foram remodeladas.

O interior foi bastante modificado, com fibra de carbono exposta no console, uma central multimídia com tela sensível ao toque e um novo quadro de instrumentos – com direito a um relógio Bremont removível no topo do painel. As portas e bancos (que são novos) foram revestidos com novos materiais, e por todo o carro há um padrão criado por Callum que o designer chama de “tartan abstrato”. O padrão está nos bancos, no tampão traseiro e até mesmo nas laterais dos pneus Michelin.

O motor também recebeu modificações: originalmente com 466 cv e 55,2 kgfm de torque, o V12 de 5,9 litros ganha novos comandos de válvulas e um sistema de escape refeito. Segundo Callum, o resultado é um aumento de cerca de 60 cv. Opcionalmente, o motor pode receber um câmbio automático de seis marchas moderno, mas também é possível manter a caixa manual eletro-hidráulica usada originalmente no Vanquish.

A Callum Design vai vender cada carro pronto por £ 550.000 (mais de R$ 2,7 milhões em conversão direta), serão 25 carros no total, com as entregas começando ainda este ano e terminando no fim de 2020. (DH)

Matérias relacionadas

Takumi Fujiwara da vida real: este é o cara que inspirou Initial D

Dalmo Hernandes

Preço médio da gasolina passa dos R$ 4, o novo logotipo da Fórmula 1, Fiat Cronos vaza antes do lançamento e mais!

Leonardo Contesini

Aventador SVJ finalmente revelado: hora de conhecer todos os detalhes do Lamborghini mais potente e mais rápido da história

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados