A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

C63 AMG, 280SL Pagoda, S600 V12 biturbo, 450SEL 6.9 V8 e mais Mercedes anunciados no GT40!

Caros leitores, boa noite! A listagem de hoje dos anúncios feitos no GT40.com.br traz uma seleção de modelos Mercedes-Benz com clássicos dos anos 1950 e 1960, modelos com potencial de valorização, exemplares colecionáveis e versões de alto desempenho – como dissemos no post de lançamento, o GT é uma solução para literalmente todo tipo de automóvel.

Ao longo das próximas semanas continuaremos a publicar no FlatOut os novos anúncios de pessoas físicas em listas exclusivas, por isso, aproveite este destaque caso esteja pensando em anunciar – fora que o valor está obscenamente barato! Na semana que vem também traremos algumas listas temáticas interessantes, bem como continuaremos mandando bala nos Achados Meio Perdidos, claro.

Não sabe o que é o GT40? Então veja aqui agora mesmo: é o site de classificados irmão ao FlatOut. Serve para todo tipo de veículo, seja de uso diário, colecionável, carro de track day ou exclusivo. É diferente de tudo o que existe hoje.

Clique nas imagens para acessar os anúncios, com galeria completa, preços, descrição e contatos!

 

img_15520_4_94a62188-8aae-4bdb-b8ad-425d7999516d

Depois que os preços dos 300SL dispararam já nos anos 1990, a atenção dos colecionadores se voltou para a geração seguinte, o W113, também conhecido como “Pagoda”, devido ao formato de sua capota rígida, semelhante a um pagode japonês. É um modelo que, apesar dos preços mais elevados que os SL posteriores, ainda tem um enorme potencial de valorização para os próximos dez anos. O exemplar anunciado é a versão mais desejada: 280SL, com motor 2.8 de seis cilindros em linha (170 cv) e câmbio manual — a combinação exata para curtir o entre-eixos curto e os 25 mkgf de torque do motor. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_4308_4_039cc30c-e2dc-464b-b374-00c10f7ec653

Outro modelo que teve seu preço catapultado pela valorização milionária dos 300SL foi seu irmão menor, o 190SL. Seu valor começou a subir na mesma época que o W113, porém o fato de ter apenas 25.000 exemplares e de compartilhar o conceito estético com o 300SL o tornou ainda mais valorizado e desejado. O exemplar a venda é um dos raros exemplares existentes no Brasil, com motor 1.9 de 105 cv restaurado recentemente e um rádio Becker de época para completar a originalidade que lhe rendeu a placa preta. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_19292_4_7c809c72-7f42-4740-8d17-f03d02501ac8

Da mesma época do 190SL vem este 220 Coupé, ancestral do atual Classe S Coupé. Equipado com um seis-em-linha de 2,2 litros e 125 cv, ele faz parte da geração conhecida como “Ponton”, devido ao design dos seus para-lamas. Raríssimo no Brasil, este modelo é cobiçado por colecionadores de todo o mundo, que estão redescobrindo os modelos Mercedes dos anos 1950/60 além do 300SL. O exemplar a venda no GT40 ainda traz painel, volante, grade, lanternas, para-choques, rodas e calotas todos originais. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_7612_4_93a10314-9039-46b1-9d68-8ac47e698b0f

Uma boa solução para adquirir um clássico Mercedes por um preço acessível é adquirir o modelo antes que ele se torne um clássico altamente valorizado. No GT40 você encontra um sedã 280 1977 (W123), precursor do atual Classe E, equipado com um 2.8 de seis cilindros em linha, comando duplo no cabeçote e 156 cv. O modelo a venda é equipado com câmbio manual, direção hidráulica e ar-condicionado e tem origem europeia, mais valorizada, como se nota pelo painel em quilômetros por hora e pelo conjunto óptico no padrão alemão. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_10348_4_ed5c20f9-6f67-4527-a3ac-965dc81090c4

Motor V8 de 280 cv, todos os itens de segurança desejáveis em um sedã moderno, câmbio automático de cinco marchas e o conforto típico de um Mercedes-Benz. É o que este E430 W210 1999 tem a oferecer. O modelo atualmente está no início da curva de valorização e tem um bom potencial, considerando que estes modelos estão cada vez mais difíceis de se encontrar em bom estado e com quilometragem baixa como este anunciado no GT40 — o que também faz dele uma opção bacana para curtir a estrada nos finais de semana e feriados. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_12324_4_c974a5d5-0ece-40ff-9b71-e224c41f4044

O próximo da lista é este belo 450SEL, a versão de chassi longo do 450 W116 (equivalente à atual Classe S). Mas não se trata da versão V8 com motor 4.5 como seu nome pode sugerir, e sim do modelo topo de linha, equipado com o enorme V8 de 6,9 litros e 286 cv. O 450 SEL 6.9 também foi o primeiro Mercedes com suspensão auto-nivelante hidropneumática baseada em acumuladores preenchidos com nitrogênio no lugar das molas helicoidais. Além do nivelamento automático, a altura de rodagem também podia ser alterada por meio de um botão no painel. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_21532_4_ff9379fa-f482-4894-ba12-e33a2e6ac259

Se você procura um modelo dos anos 1990 que possa ser usado no dia-a-dia ou como segundo carro para curtir a estrada sem abrir mão da confiabilidade de carros modernos, este C220 é uma boa pedida. Equipado com o motor M111 de 2,2 litros e 150 cv. A baixa quilometragem é algo raro em um modelo dos primeiros anos desta geração — normalmente encontrados com mais de 150.000 km. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_5616_4_f2365263-7321-4308-a997-54fc46e4b557

Concorrente direto do BMW Z3, o Mercedes SLK da primeira geração não é tão valorizado quando seu rival bávaro e tem tantas qualidades quanto ele, o que o torna uma ótima alternativa ao Bimmer. No caso deste SLK230 Kompressor, o motor é um 2.3 de quatro cilindros, porém a sobrealimentação por compressor o ajuda a produzir 193 cv. Combinada aos 1.300 kg, a potência é suficiente para levar o modelo aos 100 km/h em 7 segundos e aos 231 km/h de velocidade máxima. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_14524_4_f143a6dc-5029-43d8-a440-eb3c838cec73

O Mercedes-Benz C63 AMG W204 é um dos maiores sucessos da AMG no Brasil, porém a maioria dos modelos vendidos por aqui veio antes do facelift de 2011 – foram poucos trazidos de 2012 em diante. O modelo a venda no GT40 é um 2012 Performance Package com o pacote P30 que eleva a potência de 457 cv para 487 cv e inclui discos de freio de compósito, pinças de freio vermelhas, spoiler de fibra de carbono e volante revestido de Alcantara. Pouquíssimos exemplares deste vieram para o Brasil — especialmente neste ano-modelo. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_14652_4_7b85fe0a-51da-4561-b782-ca26346f2577

Uma jóia perdida da Mercedes-AMG é o SLK 55 baseado na segunda geração do roadster (R171). O motor é o mesmo 5.4 V8 aspirado do C55 AMG, com 360 cv. Parece pouco hoje, mas com 1.450 kg o roadster vai de zero a 100 km/h em 4,9 segundos e chega aos 280 km/h com o limitador eletrônico removido. O câmbio é automático de cinco marchas com trocas sequenciais e seu chassi curto não deixa muito espaço para abafadores do escape, o que significa que ele ronca mais alto que os demais modelos com o mesmo motor. Seu preço raramente passa dos R$ 150.000, mesmo com baixa quilometragem como o exemplar anunciado no GT40.com.br. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

img_10440_4_10f013aa-1e19-41bd-9934-0a46d93b817b-1

Dizem que se você quiser saber como seu carro será em 20 anos, basta olhar o Classe S de hoje. Este exemplar 2003 do S600 anunciado no GT40.com.br é uma prova disto. O modelo usa motor biturbo, suspensão ativa, controles eletrônicos de tração, estabilidade, painel digital, suspensão ativa e já oferecia até mesmo sistema de chave presencial há 15 anos. O V12 de 5,5 litros produz nada menos que 500 cv com a ajuda de dois turbos. Todos os bancos têm ajustes elétricos (todos mesmo) e há até uma mini-geladeira atrás do apoio para os braços entre os bancos traseiros. O modelo anunciado tem apenas 19.400 km, o que reforça a impressão de que ele poderia ser um carro 2017 se ninguém te dissesse isso. Clique aqui para acessar o anúncio.

 

inbanner-fim-post


A listagem de anúncios do site classificados GT40 aqui exposta é feita de forma independente pela equipe editorial do FlatOut. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

 

Veja também

Confira na lista abaixo outros anúncios e listagens interessantes do GT40 que publicamos recentemente aqui no FlatOut. É só clicar nos links.

Achados Meio Perdidos: VW Gol Copa 1982

Achados Meio Perdidos: Civic VTI EG swap 2.0

Lista de Muscle Cars: Charger, Mustang, Pontiac, Corvette… aliás, se você digitar “muscle cars” na busca do GT40, já topa com uma seleção imediata.

Lista PF 1: Monza SL/E, GT Malzoni, Passat LS, Mustang Sportsroof, Astra Belga…

Lista PF 2: Chevette Turbo, Accord Wagon, XR3 conversível, Mercedes AMG SLK55 e C63…

Matérias relacionadas

Este Chevrolet Opala Chateau foi roubado há 16 anos e agora foi devolvido a seu dono

Dalmo Hernandes

A velocidade absurda do Porsche 968 de 1.500 cv que venceu o World Time Attack Challenge

Dalmo Hernandes

Lei Seca multa mais por recusa ao bafômetro que por embriaguez, Renault Logan perde versões, Porsche compra parte da Rimac e mais!

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados