A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Chevette Silpo Bi-Albero: comando duplo e preparação de época à venda

O Chevrolet Chevette é um dos carros mais legais para um entusiasta se divertir sem gastar muito: ele é barato, tem mecânica simples e tração traseira — e nem precisa de um caminhão de potência. Ele também é uma base popular para projetos preparados — e não é de hoje. Talvez você já tenha visto este carro: o Chevette Silpo Bi-Albero, com comando duplo no cabeçote e body kit Envemo, feito nos anos 70. E agora ele está à venda.

Se o parágrafo acima foi como um flashback de Lost e trouxe mais perguntas do que respostas, não se preocupe: não se sabe muita coisa sobre o cabeçote de duplo comando desenvolvido por Silvano Pozzi, fundador da Silpo. A companhia atuava como assistência técnica autorizada para os carburadores Weber, sendo assim, este cabeçote era mais um projeto pessoal de Pozzi do que um produto oferecido por sua empresa.

chevette silpo (2)

O sempre excelente Autoentusiastas publicou, há alguns anos, uma matéria bastante esclarecedora sobre o Chevette Silpo. Segundo o texto de Marco Antonio Oliveira e Juvenal Jorge, Pozzi leu sobre os Opel Kadett equipados com duplo comando no cabeçote que estavam se popularizando na Europa e resolveu fazer um Chevette (que é a versão brasileira do Opel Kadett C) nestes moldes.

Pozzi não era um engenheiro, mas era entusiasta. Desta forma, juntando o conhecimento técnico que tinha e os recursos disponíveis na época, projetou um cabeçote com comando de válvulas duplo. Sendo italiano radicado no Brasil, Pozzi batizou o cabeçote de “Silpo Bi-Albero” — de Bi-albero di came a testa (árvore de cames dupla no cabeçote, em italiano). Dizem que, ao todo, cinco Chevette foram equipados com o comando e, destes, só restou este carro.

chevette silpo (3) chevette silpo (1)

Um motor DOHC (double overhead camshaft) tem como vantagens um ângulo maior entre as válvulas de escape e admissão, o que reduz a restrição da passagem do ar pelo motor em altas rotações, favorecendo a eficiência da queima. Outra vantagem é o posicionamento das velas entre as duas árvores de comando, o que também melhora a queima de combustível.

O motor preparado por Pozzi tinha o comando duplo e cilindrada ampliada para 1.600 cm³ (naquela época, o motor do Chevette ainda era o 1.4). Não se sabe ao certo qual foi o ganho de potência, mas estima-se que o motor desenvolva cerca de 90 cv. Uma curiosidade são as velas na lateral do motor, exatamente como no motor com comando original.  A alimentação do motor é feita por uma dupla de carburadores Weber de corpo duplo.

chevette silpo

Complementando a pimenta, o Chevette recebeu um body kit de época, desenvolvido pela Envemo, com para-lamas alargados, faróis quadrados como no Kadett europeu e rodas Scorro “Cruz-de-Malta” de 13 polegadas, além de uma chamativa pintura azul metálico. Por dentro, o painel recebeu um acabamento de madeira e instrumentação completa, com conta-giros, termômetro do óleo, pressão do óleo, amperímetro, voltímetro, marcador de combustível e termômetro de água.

chevette silpo (4)

O interior tem bancos de época, mas com bastante apoio e forração em curvim. O único detalhe meio deslocado é o volante, um Lenker com acabamento em madeira que destoa um pouco do conjunto, e bem que poderia dar lugar a um volante de época.

Este carro já apareceu algumas vezem em reportagens de revistas, como a clássica Oficina Mecânica e a Opala & Cia. É o único Chevette equipado com cabeçote Silpo de que se tem notícia, e certamente sua receita jamais será repetida, pois Silvano Pozzi morreu em 2007. Se você quiser realmente saber como é acelerá-lo, por sorte, ele está à venda (há algum tempo, na verdade), na Paulitália Classics, em São Paulo. O preço de R$ 34.990 leva em consideração a raridade do modelo e o estado de conservação excelente.

Mas você acha que este é um preço justo ou caro demais para um Chevette — mesmo um Chevette tão raro e especial?

[ Fotos: Juvenal Jorge/Autoentusiastas ]

Matérias relacionadas

Este Peugeot 306 S16 pode ser seu novo hot hatch francês

Dalmo Hernandes

O único Nissan Sentra SE-R no Brasil, com motor 2.5 de 203 cv, está à venda!

Dalmo Hernandes

Este raro Fiesta Sport 1.6 está à venda e pode ser seu novo Project Car

Dalmo Hernandes