A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Notícias

Chevrolet confirma chegada do novo Tracker ainda neste ano – e com motor 1.4 turbo

O Chevrolet Tracker andava meio desaparecido, quase esquecido pelas páginas de revistas, jornais e internet, e até mesmo da publicidade da fabricante. É que o modelo estava em um período de transição para a nova versão 2017, que ganhou um facelift parecido com o dos irmãos menores e mais populares e acaba de ser confirmado para o mercado brasileiro.

A Chevrolet publicou hoje em seu site a primeira imagem do modelo que será vendido no Brasil e confirmou sua chegada ainda neste ano, logo após sua apresentação no Salão do Automóvel, onde será um dos destaques ao lado do novo Camaro e do novo Cruze Hatch.

O visual da dianteira é a maior mudança nesta segunda fase do Tracker. Sai a dianteira arredondada com faróis largos e altos e entram um conjunto óptico mais afilado, unido por uma falsa grade com o logotipo da gravata dourada, enquanto a grade do radiador é deslocada para a parte inferior do para-choques. As laterais não passaram por mudanças, bem como a traseira, que ganhou apenas lanternas de LED com superfície e arranjo interno redesenhados. É o mesmo visual do modelo americano, porém sem as luzes de posição laranja obrigatórias nos EUA.

Chevrolet introduces a refreshed 2017 Trax – just 13 months af

A Chevrolet desistiu de oferecer o Tracker em três versões e passará a trazê-lo em versão única. Considerando o nível de equipamentos prometido, fica claro que a marca está reposicionando o Tracker para brigar com os SUV compactos do andar de cima, como o Honda HR-V e o Jeep Renegade. Ele será equipado com sistema multimídia MyLink com Apple CarPlay e Android Auto, rodas de 18 polegadas, sistema de “concierge” OnStar, teto solar e “alertas anti-distração e outros equipamentos de segurança e comodidade” que imaginamos ser alerta de ponto cego e mudança involuntária de faixa e sistemas afins.

2017-Chevrolet-Trax-004

A grande novidade, contudo, é o novo motor 1.4 turbo Flex de 153 cv (o mesmo do Cruze) que substitui o 1.8 Ecotec. Como no sedã, a GM promete um bom nível de consumo e desempenho com a ajuda do câmbio automático de seis marchas e sistema Stop/Start.

Matérias relacionadas

BMW M140i chega ao Brasil em dezembro com 340 cv por R$ 270.000

Leonardo Contesini

Honda Fit: preços, versões e detalhes da nova geração

Dalmo Hernandes

Porsche 911 R é um sonho purista com câmbio manual, tração traseira e motor aspirado de 500 cv

Dalmo Hernandes