FlatOut!
Image default
Lançamentos

Chevrolet lança o novo Cruze: maior, mais leve e com motor 1.4 turbo de 153 cv para brigar com o Honda Civic

Faltando poucos meses para o chegada da décima geração do Honda Civic, a Chevrolet encontrou o timing perfeito para lançar o novo Chevrolet Cruze — que é completamente novo e está maior, mais leve e agora tem motor Ecotec turbo para fazer frente aos rivais no segmento dos sedãs médios, que promete ser palco de uma boa briga até o fim do ano.

O Cruze foi o primeiro sedã médio da Chevrolet após a “era Opel” — é um projeto da Daewoo com a gravatinha dourada na dianteira. Isto não significa que ele era um carro inferior, mas agora o Cruze finalmente amadureceu. A nova geração vem em duas versões: LT, de entrada, e LTZ, de topo.

016 012

A nova geração, como era de se esperar ficou completamente diferente, seguindo a identidade visual atual da Chevrolet. Isto significa que ele ganhou faróis estreitos, a nova versão da grade dupla da Chevrolet (agora, a gravata fica dentro da grade superior) e carroceria com ainda mais vincos. A silhueta, como é tendência entre os sedãs modernos, tem caimento suave do teto até a extremidade da tampa do porta-malas — algo que a Chevrolet define como “cupê de quatro portas”.

Design_1 Design_3 Design_6

A Chevrolet diz que as inspirações foram o Impala, o Malibu e o Camaro e, com um pouco de imaginação, é possível enxergar sua influênciaSe ficou mais bonito ou não é uma questão subjetiva — a gente aprovou a mudança.

O novo Cruze cresceu alguns centímetros em comprimento e entre-eixos. Agora, são 4.665 mm de comprimento e 2.700 mm de entre-eixos contra 4.603 mm e 2.685 mm, respectivamente. As rodas de 17 polegadas são de liga de alumínio e calçam pneus de medidas 215/50.

Design_8 Design_14

Do lado de dentro, as mudanças foram menos radicais — claro, é tudo novo, mas a disposição dos elementos é praticamente a mesma — cluster, saídas de ar, central multimídia e console transmitem uma sensação familiar. A Chevrolet diz que o acabamento do novo Cruze é superior, com acabamento macio ao toque, elementos cromados e iluminação em LED em volta dos comandos no console central. No Cruze LTZ, a cor predominante é o cinza, enquanto o Cruze LT traz interior preto.

018 009

Também há novos recursos interessantes, como o sistema MyLink 2 com tela de 8” (7” no LT) e sistema de GPS nativo, conectividade Android Auto e Apple CarPlay e o computador de bordo com tela colorida (4,2 polegadas) no painel de instrumentos. O navegador por satélite aceita comandos por voz e por setas na tela do computador de bordo.

Em termos de equipamentos, o Cruze não decepciona. Na versão LT ele já traz de série controle eletrônico de tração e de estabilidade, freios ABS com EBD, controle de velocidade de cruzeiro, vidros elétricos com controle remoto, tomada de 12V também para os ocupantes do banco traseiro, assistente de partida em rampas (hill holder) e sensor de estacionamento traseiro com câmera.

005

O Cruze LTZ adiciona airbags laterais e de cortina, faróis com regulagem de altura e, faróis com lâmpadas de LED, sensor de estacionamento dianteiro, sensor de chuva e crepuscular, abertura das portas por sensor de aproximação na chave e partida por botão no painel, acionamento da ignição por controle remoto e retrovisores com aquecimento e rebatimento elétrico.

A versão LTZ pode, ainda, receber o pacote Hi-Tech, com assistente de permanência em faixa (lane assist), alerta de ponto cego e colisão frontal, assistente de estacionamento, banco do motorista com ajustes elétricos carregador wireless para celular, que funciona por indução magnética.

001

A grande novidade do novo Cruze, porém, é o motor. Como indica o emblema “Turbo” ao lado do nome do carro na tampa traseira, trata-se de um Ecotec de 1,4 litro com turbocompressor. Quando abastecido com etanol, é capaz de desenvolver 153 cv a 5.200 rpm e 24,5 mkgf de torque a baixas 2.000 rpm. Com gasolina, são 150 cv a 5.600 rpm e 24 mkgf de torque a 2.100 rpm. Detalhe: 90% do torque ficam disponíveis entre 1.500 rpm e 5.000 rpm. Para a Chevrolet, o maior destaque é o consumo de combustível: segundo dados do Inmetro, o novo Cruze abastecido com gasolina faz 11,2 km/l na cidade e 14 km/l na estrada; com etanol, 7,6 km/l e 9,6 km/l, respectivamente. Na média, o carro ficou por volta de 30% mais econômico.

A transmissão é automática de seis velocidades — a terceira geração do câmbio GF6 (o Cruze anterior usava a segunda geração). De acordo com a Chevrolet, a nova caixa é mais suave e rápida nas trocas de marcha e é capaz de adaptar-se ao modo de condução do motorista. Também conta com sistema Active Assist, que permite trocas de marcha manuais pela alavanca.

002

O novo conjunto se beneficia de um carro mais leve — são 1.321 kg, ou quase 100 kg a menos que a geração anterior. A Chevrolet diz que, usando materiais mais nobres, como alumínio e ligas de aço mais resistentes, a estrutura do novo Cruze é 25% mais rígida e 21% mais leve.

 

Abaixo, segue a lista de preços e equipamentos do novo Cruze:

Chevrolet Cruze LT, R$ 89.990: airbags frontais e laterais, alarme, controle de tração, controle de estabilidade (ESP), luz de condução diurna (DLR), faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro, sensor de pressão dos pneus, ar-condicionado com acionamento automático, computador de bordo, assistente de partida em rampa (hill holder), volante multifuncional com ajuste de altura e distância, sistema start-stop, navegação por setas no painel com comando de voz, cruise control, OnStar, central multimídia MyLink com tela sensível ao toque de 7” e espelhamento com Apple CarPlay e Android Auto e câmera de ré.

Chevrolet Cruze LTZ, R$ 96.990: adiciona airbags de cortina, interior com acabamento claro, faróis com projetor e luzes diurnas de LED, sensor de estacionamento dianteiro, rodas escurecidas, acabamento externo com detalhes cromados, chave presencial, partida por botão no painel, retrovisores externos com ajustes e rebatimento elétricos, sensor de chuva e crepuscular, iluminação remota, faróis com ajuste de altura, farol alto adaptativo, computador de bordo com cinco modos, retrovisor interno eletrocrômico, partida por controle remoto, tapetes em carpete e central multimídia Mylink 2 com tela de 8 polegadas, também com conectividade Apple CarPlay e Android Auto e navegador 3D.

Cruze LTZ 2 (pacote Hi-Tech) R$ 107.450: todos os itens da LTZ, mais alerta de colisão frontal e ponto cego, indicador de distância do carro à frente, lane assist (alerta de permanência na faixa), carregador de celular sem fio (por indução magnética), sistema de estacionamento automático (park assist) e banco do motorista com ajuste elétrico.

Matérias relacionadas

O Lada Niva mudou e continua igual, só que melhor

Dalmo Hernandes

Porsche Mission E: um elétrico com mais de 600 cv para enfrentar o Tesla Model S

Dalmo Hernandes

612 cv e tração nas quatro rodas: este é o novo Mercedes-AMG E63

Leonardo Contesini