A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Zero a 300

Chevrolet no SEMA 2017: Camaro “Hot Wheels”, o novo Camaro COPO e uma Silverado supercharged

Ontem falamos sobre as atrações da Dodge no SEMA 2017 – um Challenger SRT Demon de fibra de carbono e o “Hellcrate”, um Hellcat novo na caixa para instalar em carros clássicos. Acontecendo em Las Vegas, nos EUA, o SEMA é mesmo um evento repleto de carros americanos modificados e preparados. E agora, vamos dar uma olhada em sua rival engravatada no segmento dos muscle cars.

Começando em ordem alfabética, a marca da gravata dourada já chegou atacando a nostalgia da galera com o Camaro 50th Anniversary Edition. Obviamente, o carro é inspirado pelos Matchbox.

2017-sema-chevrolet_hot_wheels_004 2017-sema-chevrolet_hot_wheels_001

Brincadeira, é pelo aniversário de 50 anos dos Hot Wheels, mesmo – em 2018, os carrinhos em escala 1:64 completarão meio século. Duas coincidências bacanas: 1) o Camaro foi lançado um ano antes dos Hot Wheels, em 1967 2) o Camaro foi o primeiro de todos os Hot Wheels. O anúncio aconteceu há alguns dias, mas o carro fez sua primeira aparição pública no SEMA. Lá, o pessoal pode ver de perto a pintura especial na cor laranja Crush com faixas em preto fosco e branco, as rodas de 20 polegadas de alumínio forjado e os emblemas comemorativos na carroceria, além das lanternas escurecidas e da porção entre as mesmas também em preto fosco.

18CHCA35038_V1.tif

  18CHCA35041_V2.tif

Por dentro, o Camaro Hot Wheels tem acabamento em couro preto com costuras e detalhes em laranja, como os cintos de segurança. Fora isto, não houve modificações mecânicas – trata-se de um pacote estético disponibilizado para o Camaro 2LT e para o 2SS, tanto nas versões cupê quanto conversível, por US$ 4.995 (R$ 16.300, em conversão direta).

Sua criança interior deve ter curtido bastante, mas você quer algo mais sério? Sem problema: o COPO Camaro, versão do pony car que vem de fábrica preparada para corridas de arrancada, também pode receber o pacote Hot Wheels.

2017-SEMA-Chevrolet_COPO_002 2017-SEMA-Chevrolet_COPO_001

A maior novidade, contudo, é o motor: agora, o factory drag racer pode vir equipado com um V8 small block de competição, com 302 polegadas cúbicas (cinco litros, arredondando para cima), baseado no motor de 6,2 litros do Camaro SS, porém com curso dos pistões reduzido para aumentar os giros. A Chevrolet limita-se a dizer que este motor é totalmente novo e que, assim como as duas outras opções de motor para o COPO Camaro – um V8 naturalmente aspirado de 427 pol³ (sete litros) e um small block 350 (5,7 litros) com supercharger –, é capaz de cumprir o quarto-de-milha na casa dos oito segundos.

Todos os motores são ligados a uma transmissão automática de três marchas TH400, e todo COPO Camaro vem com um eixo rígido reforçado no lugar da suspensão traseira independente usada no Camaro de rua. A Chevrolet fará apenas 69 exemplares do COPO Camaro em 2018, em alusão ao fato de a primeira versão do especial de arrancada ter sido lançada em 1969.

Limited to 650 vehicles globally, and available on Grand Sport 3LT and Z06 3LZ trims, the Carbon 65 Edition features visible carbon fiber exterior elements, a new Ceramic Matrix Gray exterior color and special interior appointments, including a new carbon fiber-rimmed steering wheel.

Para os fãs do Corvette, a marca apresentou a edição especial Carbon 65 para o Chevrolet Corvette Grand Sport e para o Z06. Novamente fazendo referências numéricas, a edição se refere aos 65 anos do Corvette, cujo primeiro exemplar foi fabricado em 1952 (embora o primeiro ano-modelo oficial seja 1953) e terá 650 exemplares fabricados – a potência do V8 supercharged do Corvette Z06 é de 650 hp, ou 658 cv.

All Carbon 65 Edition cars feature a numbered interior plaque.Black wheels with machined grooves and Carbon-logo center caps cExclusive Carbon 65 sill plates greet driver and passenger.

O “Carbon”, naturalmente, tem a ver com a fibra de carbono usada nos elementos aerodinâmicos, incluindo splitter frontal, spoiler traseiro e saias laterais, além dos retrovisores. A carroceria não é branca, e de um cinza bem clarinho chamado Matrix Grey, e no caso dos conversíveis o teto é de tecido azul. Azuis também são as costuras dos bancos (forrados com couro e suede) e as pinças dos discos de freio. As rodas têm acabamento preto brilhante. Há uma nova entrada de ar nos para-lamas traseiros, e placas nas soleiras das portas indicando o nome da versão.

Considerando que o Corvette é um carro atraente por si só (na verdade, é a geração tecnicamente mais avançada e melhor refinada dinamicamente até agora), praticamente qualquer edição especial é automaticamente interessante. Mais legal ainda é ver o que foi feito com a Chevrolet Silverado – por mais legal que seja uma picape grande com motor V8, não é exatamente o tipo de veículo que um entusiasta deseja. Até que alguém coloca um supercharger nela.

chevrolet_silverado_performance_concept_6 chevrolet_silverado_performance_concept_8

Lembra quando falamos da Chevrolet 454 SS? Pois podemos ver a Silverado Performance Concept como sua sucessora espirutual: com o compressor mecânico, que é derivado daquele utilizado no Corvette Z06 e no Camaro ZL1, o V8 de 5,3 litros da caminhonete ganha 100 cv, chegando aos 460 cv no total.

chevrolet_silverado_performance_concept_3

A picape ainda recebeu pintura especial em cinza acetinado, decalques exclusivos, faróis e lanternas escurecidos, volante revestido em suede e em emblemas pretos. O motor foi equipado com um sistema de escape exclusivo e CAI. Os freios são Brembo, abrigados sob rodas de 22 polegadas. Seria uma bela rival para a Ford F-150 SVT Lightning e seu V6 biturbo. Aliás, logo menos vamos falar sobre o que a Ford levou para o SEMA. Fique ligado!

 

Matérias relacionadas

LaFerrari XX flagrada sem disfarces, IPI dos carros sobe em janeiro, GM apresenta Chaparral do futuro e mais!

Leonardo Contesini

Um Mustang de 1.000 cv, Edge ST no Brasil e os destaques da Ford no Salão do Automóvel 

Leonardo Contesini

Venturi Atlantique: o belo (e fracassado) esportivo francês de fibra de vidro com motor de DeLorean

Dalmo Hernandes