A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Citroën lança edição especial de 100 anos no Brasil, fim das aulas para “cinquentinhas”, novo Aston se chamará Valhalla e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Citroën apresenta Série Especial 100 Anos para seus carros de passeio no Brasil – e anuncia o C5 Aircross para o ano que vem

A Citroën completou, há alguns dias, um século de existência. Apesar de sua atuação no Brasil ser bem mais recente, a companhia francesa não vai deixar a data passar em branco em nosso mercado: foi anunciada ontem (17) a Série Especial 100 Anos, que compreenderá todo os quatro carros de passeio da Citroën no Brasil – C3, C4 Cactus, C4 Lounge e Aircross.

No total, serão vendidas 550 unidades dos quatro modelos: 300 do C4 Cactus (R$ 104.490), 100 do C3 (R$ 71.990), 100 do Aircross (R$ 75.490) e 50 do C4 Lounge (R$ 107.490).

Para todos os modelos, a Série Especial 100 Anos consiste em pintura na cor Branco Nacré com detalhes em Cinza Lutèce – estes, variando de acordo com o modelo. Além disso, os carros vêm com emblemas “Origins” nas laterais e retrovisores com capas pretas e faixas bicolor. No caso do C3 e do C4 Cactus, ainda existe a opção pela pintura bi-tom, com teto preto.

Todos os modelos trazem, por dentro, detalhes de acabamento em cinza Lutèce nos tapetes, costuras dos bancos e revestimentos das portas.

A Citroën aproveitou o anúncio da série especial também para comunicar sua nova estratégia de mercado para o Brasil, prometendo um lançamento por ano entre 2020 e 2023. O primeiro deles será o C5 Aircross, crossover que chegará às lojas no ano que vem para substituir o C4 Picasso. Feito sobre a plataforma do Peugeot 3008, o C5 Aircross mede 4,51 metros de comprimento, e deverá ser vendido com o motor 1.6 turbo THP de 167 cv acoplado a uma caixa automática de oito marchas.

Os modelos seguintes ainda não foram definidos, mas especula-se a respeito de um sedã compacto, posicionado abaixo do C4 Lounge, e também de um modelo pequeno desenvolvido especificamente para a América do Sul. (DH)

 

Governo suspende por um ano as aulas para pilotar “cinquentinhas”

Além de revogar a obrigatoriedade de simuladores no processo de habilitação, o Governo do Brasil anunciou outra medida, que facilita a obtenção do ACC – a Autorização para Conduzir Ciclomotor. O documento permite a condução das motos de até 50 cm³, as famosas “cinquentinhas”.

A medida entra em vigor daqui a 90 dias, em 17 de setembro. A partir dessa data, as aulas práticas e teóricas serão opcionais – apenas as provas teórica e prática serão obrigatórias, além dos exames médico e psicotécnico. Na prova prática, o candidato poderá levar seu próprio veículo, desde que o mesmo não tenha mais de cinco anos de uso. O curso prático só será necessário caso o candidato à ACC seja reprovado no teste.

De acordo com o Governo, o período de um ano sem a exigência de aulas será uma fase de transição. Depois disto, será reduzido o número de horas/aula necessárias para obter a ACC – de 20 para cinco, sendo uma delas noturna. (DH)

 

Aston Martin AM-RB 003 irá se chamar Valhalla

A Aston Martin confirmou nesta terça-feira (18) que seu novo esportivo de motor central traseiro, o “filho do Valkyrie”, irá mesmo se chamar Valhalla, como já vinha sendo especulado desde o ano passado. Assim como Valkyrie, Valhalla também tem origem na mitologia nórdica.

A palavra significa literalmente “salão dos mortos”, e se refere ao lugar para onde vão os guerreiros mortos em combate pelas Valquírias e escolhidos por Odin, o deus principal da mitologia. A escolha soa irônica se fizermos uma interpretação semiótica da mitologia, fazendo parecer que o Valhalla é feito para os motoristas/pilotos que não conseguiram dominar o Valkyrie.

Foto: Autocar

A Aston o enxerga de outra forma: o modelo é a ponte para o mundo dos Aston Martin de motor-central traseiro, uma referência ao seu posicionamento entre o futuro Vanquish e o atual Valkyrie. Ainda achamos que faria mais sentido se o intermediário se chamasse Valkyrie, afinal, o guerreiro que chega a Valhalla passa anates pelo combate com as Valquírias.

Como o Valkyrie, o Valhalla é projetado por Adrian Newey e foi modelado para usar o ar ao seu favor da melhor forma possível. Ele terá um V6 híbrido que será compartilhado com o Vanquish, porém sem o conjunto elétrico. Na prática ele será um rival para a Ferrari SF90 Stradale e para o McLaren Speedtail quando chegar à linha de produção em 2021. (LC)

 

BMW M considera modelos exclusivos para brigar com a AMG e Audi Sport

Quem nos acompanha conhece nossa teoria-prática sobre os alemães estarem permanentemente se copiando. Depois que a Audi Sport lançou o R8 e a Mercedes AMG lançou o GT e o GT 4 Portas, a BMW M decidiu fazer o mesmo, criando modelos exclusivos da divisão esportiva. É o que diz o atual chefe da divisão M, Markus Flasch.

Em entrevista ao site Car Sales, Flasch disse que a marca já estuda modelos exclusivos da divisão M e que há possibilidade de que eles se concretizem. Ainda não há detalhes sobre o que está sendo estudado, uma vez que o projeto ainda está nas etapas iniciais, mas ele disse que há diversos tipos de carroceria sendo estudados, bem como powertrains híbridos ou mesmo puramente elétricos. O que se sabe é que a BMW não pretende criar um carro acima do M8, o que significa que este modelo exclusivo BMW M seria realmente um rival para o AMG GT.

A iniciativa da BMW M faria sentido, especialmente depois que o M Coupé já não é mais produzido há mais de dez anos — o Z4 M Coupé saiu de linha em 2008. (LC)

 

Mini Cooper S 60 Years Edition terá 25 unidades para o Brasil

A Mini está comemorando os 60 anos do lançamento do lançamento do Mini Original criado por Sir Alec Issigonis com uma edição especial. Nessa segunda (17) foi anunciada a vinda dessa edição para o Brasil, com tiragem limitada em 25 unidades e preço de R$ 171.990.

O Mini 60 Years Edition é baseado no Cooper S de duas portas e conta com pintura New British Racing Green, faixas exclusivas no capô, rodas de 17 polegadas também exclusivas, bancos de couro marrom com costuras brancas e detalhes verdes, e emblemas comemorativos espalhados pela carroceria e pelo interior.

A edição especial mantém os equipamentos do Cooper S, e o motor 2.0 turbo de 192 cv não foi alterado. Apesar do câmbio manual nas fotos de divulgação, as 25 unidades que serão trazidas dessa série têm câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. (ER)

 

General Motores pode trazer Hummer volta com veículos elétricos

A Hummer foi durante a década de 2000 uma representação do excesso americano, fazendo SUV gigantes com alto consumo de combustível e estilo exagerado, inspirado por um veículo militar. Agora, com os SUV sendo a maior tendência automotiva, e com os avanços em eficiência, a General Motors estuda trazer de volta a marca Hummer.

Segundo fontes da Bloomberg, a GM planeja uma linha nova de SUV e caminhonetes Hummer eletrificados, atendendo a atual demanda por veículos elétricos e veículos off-road. A GM já tem planos de lançar uma Silverado elétrica, que já está em desenvolvimento, e de fazer um concorrente para o Jeep Wrangler, essa proposta de renascimento da Hummer pode abranger esses projetos.

O presidente da GM Mark Reuss não nega nem confirma o retorno da Hummer, apenas diz que está analisando todas as opções. (ER)

Matérias relacionadas

Alfa Romeo Stelvio é o novo SUV mais rápido em Nürburgring, BMW Série 2 terá versão sedã, carros da F1 estão até 30 km/h mais rápidos em curvas e mais!

Leonardo Contesini

Os carros conceito mais legais… que nunca viraram realidade – parte 2

Dalmo Hernandes

Este raro Honda Accord coupe dos anos 90 ganhou um câmbio manual e está à venda

Dalmo Hernandes