A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Vídeos Zero a 300

Citroën Saxo VTS: o foguetinho de bolso francês que (infelizmente) não tivemos por aqui

Se está lendo o FlatOut, você provavelmente conhece a fama dos hot hatches franceses. Talvez você até tenha um – procurando bem você consegue achar opções para todos os bolsos: Peugeot 306 S16, Renault Sandero RS, Citroën DS3... Mas sabe uma opção que a gente gostaria de ter? O Citroën Saxo VTS, primo nervosinho do Peugeot 106, que foi vendido no Brasil entre 1992 e 2000. A primeira geração do 106 chegou ao Brasil no começo da década de 1990, com um facelift em 1996, e deixou de ser vendido em 2001. Havia motores 1.0 de 50 cv e 1.4 de 75 cv. Ele não era um carro rápido em nenhuma da versões – o 106 1.4 levava mais de 13 segundos para ir de zero a 100 km/h, e os carros equipados com motor 1.0 levavam quase 20 segundos para fazer o mesmo. No entanto, estamos falando de um carro que mal passava dos 800 kg nas versões mais simples. Com um bom acerto na suspensão (McPherson na diantiera, eixo de torção

Matérias relacionadas

Este “Uno gigante” é na verdade um SUV de luxo com motor V8

Dalmo Hernandes

Ford revela mais sobre o Mustang GT350, um test-drive com a Ferrari California T em Mônaco, dois carros de F1 à venda e mais!

Leonardo Contesini

Limão na ferida: este Porsche 911 turbodiesel foi feito para incomodar puristas

Dalmo Hernandes