A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Como a Ford colocou um Mustang no topo do Empire State Building (de novo)

Em 1965, a Ford colocou um Mustang no terraço do edifício Empire State, em Nova York, como ação publicitária — que também rendeu algumas belas. Naquela época foi um trabalho e tanto, mas eles conseguiram. Hoje, quase 50 anos depois, eles fizeram exatamente a mesma coisa com um Mustang 2015. Será que foi mais fácil? A resposta é não, muito pelo contrário.

Na primeira vez em que a Ford decidiu colocar o Mustang no topo do prédio foi para marcar o lançamento da versão conversível do muscle car, que fora apresentado no ano anterior e se tornara um sucesso de vendas praticamente instantâneo. O mundo todo se voltou para Nova York enquanto a Ford cortava o carro em pedaços e mandava cada um deles pelo elevador até o terraço no 86º andar do Empire State.

mustang-empire-state (10) mustang-empire-state (1) mustang-empire-state (9)

Depois que foram feitas algumas fotos aéreas, o carro foi desmontado mais uma vez e levado até o observatório do prédio, onde ficou por cinco meses antes de fazer o caminho inverso — do 86º andar até o chão, novamente dividido em partes.

Aqueles que não haviam acompanhado a história desde o início achavam que o Mustang havia sido simplesmente içado de helicóptero até o alto do prédio — contudo, esta manobra seria arriscada demais, e por isso a Ford decidiu seguir por um caminho bem mais demorado e trabalhoso para realizar sua ação de marketing.

2015 Ford Mustang Convertible Assembly & Unveiling At The Empire State Building

E foi, novamente, por motivos de segurança, que a Ford não colocou o Mustang 2015 em um helicóptero para repetir sua manobra quase meio século depois, novamente com um Mustang conversível. E deu ainda mais trabalho.

O Mustang 2015 é consideravelmente maior e mais pesado do que o carro de 1965. Sendo assim, a empresa encarregada pela Ford de cortar o Mustang, a DTS Industries, precisou cortar o carro não em duas, mas em seis partes diferentes. Se o carro original conseguia entrar pela porta de apenas 90 cm de largura sem problemas, “apenas” cortado na metade e sem as rodas, o mesmo não pôde ser feito com o novo ‘Stang. O vídeo abaixo explica e ilustra melhor o processo:

Depois de cortadas, as peças da carroceria foram pintadas em um belo tom de amarelo. Foi, então, construído uma espécie de subchassi para o Mustang, onde seriam parafusadas as partes de metal, componentes da suspensão e pneus. Antes de colocar o plano em prática, a DST realizou no chão testes de desmontagem, montagem e entrada no elevador para definir exatamente o que seria feito na hora.

Os preparativos levaram cerca de seis semanas até que, na noite de ontem, chegou a hora da verdade. O carro precisava estar montado lá no alto antes do sol raiar neste dia 16 de abril. Para isso, os funcionários enfrentaram frio, chuva e até um pouco de neve enquanto levavam, uma a uma, as seis partes do carro para o elevador, subiam e montavam o carro — que, nas fotos, realmente parece um Mustang GT conversível real, pronto para acelerar.

Ford Marks 50th Anniversary Of Company's Mustang By Revealing 2015 Model On Empire State Building

O Mustang vai ficar em exposição no observatório do Empire State até a noite de quinta-feira, dia 17 de abril — exatamente 50 anos depois do dia em que a primeira geração do muscle car mais icônico do mundo foi apresentada ao mundo.

Aproveitando a comemoração, queremos saber de vocês qual é o seu ‘Stang favorito? Quem sabe as respostas não viram um belo top 10…

50th Anniversary Mustang Arrives At The Empire State Building 50th Anniversary Mustang Arrives At The Empire State Building 50th Anniversary Mustang Arrives At The Empire State Building 50th Anniversary Mustang Arrives At The Empire State Building 50th Anniversary Mustang Arrives At The Empire State Building

[ Fotos: Getty Images ]

Matérias relacionadas

Disco Volante: veja como um dos Alfa Romeo mais exclusivos é todo fabricado à mão

Dalmo Hernandes

Este é um dos 57 Ford Fairlane com motor de GT40 que existem no mundo

Dalmo Hernandes

Você encararia um projeto de garagem com este roadster britânico?

Leonardo Contesini