FlatOut!
Image default
Sessão da manhã

Como nasceu o Renault Sport R.S. 01, o carro de corridas com motor de Nissan GT-R que terá sua própria categoria

Em agosto passado o Renault Sport R.S. 01 fez sua primeira aparição pública no circuito de Jerez, na Espanha, com ninguém menos que Alain Prost ao volante. A marca não chamaria le Professeur se não estivesse tramando algo muito grande — no caso, uma categoria monomarca com o carro, que também está apto a disputar as 24 Horas de Le Mans. E tudo vai começar ainda em 2015.

Talvez para nos ajudar a aguentar a espera, a Renault soltou ontem este vídeo, que mostra como foi o desenvolvimento do novo carro de corrida. E, como em quase todo carro que os franceses fazem, o design teve um papel crucial no desenvolvimento do R.S. 01. — o que, segundo toda a equipe envolvida, representou um desafio ainda maior.

Estamos falando aqui de um carro de corrida dedicado, com monocoque de fibra de carbono e o V6 biturbo de 3,8 litros do Nissan GT-R montado em posição central traseira e acoplado a uma caixa sequencial Sadev de sete marchas. O motor está calibrado para render “algo entre 500 e 550 cv” e 61,2 mkgf de torque. Não há números de desempenho mas, considerando que o Nissan GT-R pesa mais de 1.700 kg e leva 2,9 segundos para chegar aos 100 km/h, podemos esperar que o R.S. 01, com seus 1.100 kg, seja ainda mais rápido.

rs011 (1)

O caso é que o carro também é bonito — na veradade, o diretor de design Anthony Lo diz que o objetivo foi fazer o carro de competição mais bonito de todos os tempos. Obviamente esta é uma questão subjetiva, mas a gente acha que, de fato, o R.S. 01 é um dos bólidos de competição mais belos dos últimos tempos — ele tem as proporções de um pequeno Audi R8 e segue a identidade visual dos carros de produção da marca, com o logo em formato de diamante servindo como ponto de partida para toda as outras linhas e uma latente inspiração em conceitos como o Dézir.

rs011 (1)

Parece um cupê esportivo transformado em carro de corrida, embora já tenha nascido para as pistas (o que não nos impede de sonhar com uma versão de produção… imagine só!) — e, como Lo reforça, tenha tido todos os componentes projetados pensando em função, não apenas em forma.

Os cinco meses de trabalho levaram a um carro que, como já comentamos aqui, foi testado pela primeira vez por Alain Prost, em agosto de 2014, no circuito espanhol de Jerez. Começaram, a partir dali, os acertos do carro — que deverá estar totalmente pronto até o mês de março, quando deverão começar as primeiras entregas.

O carro, que já teve seu preço anunciado em cerca de € 360 mil (ou R$ 1,08 milhão, em conversão direta), fará parte de uma categoria monomarca, o Renault Sport Trophy. Voltado para profissionais e amadores, o campeonato fará parte da World Series by Renault e será uma categoria de acesso para os campeonatos de GT, DTM e para o WEC, o mundial de endurance do qual fazem parte as 24 Horas de Le Mans.

Desenvolvido em parceria com a Nismo, o R.S. 01 está de acordo com o todo o regulamento da LMP01 de Le Mans — peso, gaiola de proteção e até zonas de deformação programada — além de projetado para ser durável e capaz de usar o mesmo motor em até duas temporadas. Isto ajuda a manter o custo um pouco mais baixo, para o que também contribui a premiação do campeonato: os campeões da categoria, tanto os amadores quanto os profissionais, receberão dinheiro, pneus e componentes como incentivo.

Mas o que a gente quer mesmo é ver o R.S. 01 correndo em Le Mans. Pelo jeito, não vai demorar muito!

Matérias relacionadas

Toda a história da Porsche nas 24 Horas de Le Mans em um único vídeo

Dalmo Hernandes

Corvette Z06 vs. Viper ACR: o embate dos superesportivos americanos na pista e fora dela!

Dalmo Hernandes

Uma volta ao mundo ao volante de vários carros de corrida

Dalmo Hernandes