FlatOut!
Image default
Pensatas Zero a 300

Como o câmbio CVT evoluiu e se popularizou nos últimos anos




deskquadrado1int / mobquadrado2int

Tag do Google Publisher

Há quase quinze anos tive meu primeiro contato com um câmbio CVT, quando dirigi um Honda Fit pela primeira vez. Como todo motorista acostumado aos automáticos da época, estranhei duas coisas: a facilidade em ganhar velocidade e o fato de isso acontecer em uma rotação fixa do motor. Não gostei e mantive

Matérias relacionadas

Ferrari Monza SP1 e SP2: as barchettas estão de volta e com o motor V12 mais potente já feito pela Ferrari

Dalmo Hernandes

Chevrolet SSR: a picape hot rod conversível retrô com motor de Corvette de que o mundo não precisava

Dalmo Hernandes

Gasolina deve ficar mais cara e com mais álcool, Viper volta a ser Dodge e ganha potência, o novo Land Rover Discovery Sport e mais!

Leonardo Contesini