A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Como se regulariza um protótipo fabricado artesanalmente?

Se você acompanha diariamente os Project Cars do FlatOut, é bem provável que passe algum tempo sonhando acordado com um projeto para chamar de seu. O jeito mais simples de ter o seu Project Car é comprar um carro em bom estado e com bastante oferta de peças de preparação, encostá-lo na oficina ou na garagem e meter a mão na graxa. Há quem prefira, contudo, construir seu próprio carro — o minicarro "Putz!", o Project Car #209 é um ótimo exemplo disso. Nesse caso, além de todo o trabalho técnico da construção do carro, você também precisará gastar um bom tempo no burocrático processo de registro. Isso por que no Brasil os carros artesanais — os famosos kit cars, muito populares nos EUA e Europa — devem ser registrados como protótipos. Além disso, o nome do proprietário deve ser o mesmo do fabricante, e você só tem direito a fazer três protótipos por ano. Rebellion R2K de Jon Olsson: construído sobre um kit car e legalizado para as ruas Resumidamente, você p

Matérias relacionadas

O guia de versões especiais do Golf GTI e R – Parte final: os protótipos

Leonardo Contesini

Este McLaren F1 é na verdade uma réplica feita em casa que chega a 320 km/h

Dalmo Hernandes

Este Honda Civic com turbo de Fórmula Indy e 800 cv é o recordista de tração dianteira em Tsukuba e Road Atlanta

Dalmo Hernandes