A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Corolla brasileiro ganhará facelift e versão esportiva, Renault Alaskan é fotografada no Brasil, Dodge Demon aparece em clipe e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Toyota está trazendo o Corolla Altis ESport para o Brasil

16830712_1239558016119918_7024209776979119207_n copy

Você talvez lembre das versões “esportivas” do Corolla que a Toyota vendeu por aqui em um passado recente — tivemos o Corolla S e a Fielder S na década passada e, mais recentemente, o Corolla XRS. Ambos eram baseados nas versões topo de linha do sedã japonês, e recebiam um kit estético com saias laterais, para-choques mais esportivos, rodas com desenho mais arrojado e um padrão exclusivo no acabamento interno. A intenção era fisgar um público mais jovem, que não enxergava no Corolla uma opção de compra.

Nesta atual geração, o Corolla ainda não ganhou uma versão “esportivada”. Tudo o que a Toyota oferece por ora é a versão Dynamic, com rodas pintadas de preto e retrovisores com a capa também na cor preta. Mas isso está prestes a mudar. Neste último final de semana a Toyota estava gravando um vídeo publicitário em Porto Alegre/RS com um Corolla um pouco diferente daqueles oferecidos atualmente.

O leitor Eduardo Salvagni estava no local e conseguiu fazer uma foto do modelo. O desenho das rodas e o para-choques traseiro não deixam dúvidas: é um Corolla Altis ESport idêntico ao oferecido na Índia e na Tailândia. Nesses países o modelo é equipado com o motor 1.8 de 141 cv e o câmbio CVT com simulação de 7 velocidades, controlado por borboletas integradas ao volante. No Brasil, contudo, o Altis ESport certamente ganhará o motor 2.0 Dual VVT com 153 cv e 20,7 mkgf, mantendo o câmbio CVT com 7 marchas simuladas.

CorollaESport

Infelizmente nosso leitor não conseguiu fotografar a dianteira do carro, mas trata-se da versão reestilizada do sedã, que ganhou novos farois mais afilados e uma grade mais estreita — uma identidade mais próxima da atual linguagem de estilo da Toyota, vista no Prius e no CH-R. Aparentemente a Toyota usará a versão esportiva como garota-propaganda do novo visual.

Quanto ao nome, ainda não sabemos se a Toyota pretende manter o nome ESport (que mais parece sport escrito errado) ou se retomará o nome XRS ou S no Brasil. O lançamento o Altis ESport e do facelift do Corolla deve acontecer em março.

 

Dodge Challenger Demon aparece mais uma vez por inteiro

ChallengerDemon

 

O novo Dodge Demon deveria aparecer por inteiro somente em 12 de abril, quando o modelo for lançado oficialmente no Salão de Nova York ao lado do seu primo off-roader, o Grand Cherokee Trackhawk (equipado com o motor Hellcat). Mas você sabe como funciona a promoção de novidades hoje em dia: quanto mais viral, melhor. Por isso o Demon deu as caras mais uma vez durante as filmagens do próximo clipe do cantor Pitbull, gravado em Miami.

Trata-se de um exemplar prata, idêntico ao usado no filme “The Fate of The Furious”, mais conhecido como “Velozes e Furiosos 8”. Considerando os carros no clipe, talvez seja uma das músicas da trilha sonora (“Hey Mama” é o nome da canção) — ainda mais considerando que Pitbull já teve suas músicas na trilha sonora da franquia anteriormente. O carro foi fotografado pelo usuário do Instagram illegal_machine e também aparece em um vídeo de bastidores por um fã que passava pelo local.

Como havíamos dito anteriormente, o Demon usará o mesmo para-choques dianteiro do Hellcat, com três tomadas de ar na parte inferior (a central para o radiador do motor e outras duas para os radiadores do intercooler, óleo e afins. O capô já conhecemos há algumas semanas, e usa o scoop “AirGrabber”. Também é possível ver mais claramente os alargadores dos para-lamas, as saídas de escape e os pneus de perfil alto para arrancadas.

 

Novo Civic Type R será lançado em março no Salão de Genebra

Unknown-5

O Salão de Genebra deste ano está com uma série de lançamentos ansiosamente aguardados, caso do Lamborghini Huracán Performante, do novo Alpine, do supercarro de Emerson Fittipaldi e do Range Rover Coupé. Agora a Honda acaba de engrossar a lista ao confirmar que a nova geração do Civic Type R também será apresentada no evento suíço.

O modelo não é totalmente desconhecido pelo público: ele já foi levado em forma de conceito ou protótipo a vários Salões mundiais, dentre os quais o Salão de Paris do ano passado. O hatchback usará um motor 2.0 turbo de mais de 300 cv e será combinado a um câmbio manual de seis marchas. A versão de produção será muito próxima do Type R Prototype exibido na França no ano passado, mudando apenas alguns elementos mais elaborados como os faróis ou as saias laterais serão trocados por peças mais simplificadas e viáveis em termos de produção e uso.

 

Renault Alaskan foi flagrada no Brasil

Captura de Tela 2017-02-20 às 12.37.14

A picape Renault Alaskan deverá ser lançada somente em 2018 no Brasil, mas isso não significa que ela não possa dar uma passada pelo país antes disso. A Renault Alaskan foi fotografada pelo site BF/MS no aeroporto de Viracopos, em Campinas/SP — possivelmente para clínicas com consumidores, testes de  homologação ou produção de material publicitário local.

O modelo é a primeira picape média da Renault, e compartilha sua plataforma com a nova Nissan Frontier e a Mercedes-Benz Classe X. A Renault Alaskan já está sendo produzida no México, de onde sairão os primeiros modelos vendidos na Argentina e na Colômbia. Em 2018 ela passará a ser produzida também na Argentina, na fábrica da Renault em Córdoba, de onde virá a versão que será vendida no Brasil.

Unknown

Sob o capô a Alaskan terá motores a diesel e/ou a gasolina, um 2.3 turbodiesel com opções de 160 ou 190 cv, e um 2.5 a gasolina de 160 cv. Em ambos os casos o câmbio poderá ser manual ou automático com tração 4×2 ou 4×4 com reduzida. Os detalhes técnicos ainda não foram aprofundados, mas a marca já revelou que a suspensão traseira será do tipo multilink de cinco braços, que o vão livre do solo será de 23 cm e que o modelo terá assistente de partida em rampa e de descida e câmera de 360 graus. Apresentada inicialmente como cabine dupla, a picape também terá versões de cabine simples e chassi, como suas rivais.

 

Ferrari F50 de Mike Tyson está a venda

AM17_r193_001

Mike Tyson não é alguém que você relaciona diretamente a carros legais, mas o boxeador nova-iorquino sempre teve uma garagem bem recheada desde que se tornou o mais jovem campeão mundial dos pesos-pesados em 1986. Um dos primeiros carros que Tyson comprou foi um Lamborghini Countach, que dividia o teto de sua garagem com um Rolls-Royce Silver Spirit. Ao longo dos anos Tyson acumulou uma série de carros de luxo e superesportivos, como Bentley Continental, Lamborghini Diablo e até uma das 50 Ferrari F50 vendidas nos EUA. Esta última agora está a venda: ela será leiloada pela RM Sotheby’s no próximo mês.

AM17_r193_002

A F50 passou bons anos guardada em uma das mansões de Mike Tyson, e por isso rodou apenas 9.163 km (5.695 mi) em suas duas décadas de estrada (e garagem). Por isso também a F50 de Tyson está listada como “immaculate condition”, o que significa que ela está exatamente como era quando saiu da fábrica — algo atestado pelos certificados Ferrari Classiche que acompanham o modelo.

AM17_r193_012

A RM Sotheby’s estima que a F50 de Tyson seja vendida por US$ 2,3 milhões, o que a tornaria a segunda F50 mais valiosa do planeta, logo atrás de um exemplar preto vendido em janeiro por US$ 3 milhões.

Matérias relacionadas

Um VW Logus Wolfsburg Edition modificado, bem conservado e honesto à venda

Dalmo Hernandes

Shelby GT500 Super Snake 1967 à venda: conheça a história do Mustang com motor de Ford GT40

Dalmo Hernandes

Nova Ram 1500 no Brasil, o novo Explorer ST de 400 cv, as novas Yamaha XTZ e Honda CG Titan e mais!

Leonardo Contesini e Dalmo Hernandes