A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

Corvette Z06 ficou tão bombástico que deixa o ZR1 atual comendo poeira, diz GM

Sim, sabemos que o Corvette deu um salto técnico gigantesco quando apresentou sua nova geração C7 com o Stingray. Ele já era muito bacana, mas o que você vai ver neste post é algo ligeiramente desconcertante: o Z06 está uma paulada tão séria que deve causar problemas até mesmo para o atual ZR1, baseado na geração anterior. E mais ainda: ele não está sozinho, pois o C7.R, versão de corrida, veio com ele. Alguns esportivos do velho continente terão problemas para dormir à noite…

Por enquanto, a Chevrolet não divulgou muitos números, mas há vários detalhes interessantes. O Z06 traz sob o seu capô o novo V8 LT4, com 6,2 litros e compressor mecânico Eaton R1740 TVS de 1,7 l (ele gira mais de 25% mais rápido que o compressor do ZR1), esmurrando nada menos que 633 cv e 87,8 mkgf de torque. Sério, leia estes números novamente.

Sua carroceria, já famosa pela avalanche de vincos, ganhou capô e apêndices aerodinâmicos em fibra de carbono (splitter, saias laterais, difusor, aerofólio), detalhes em black piano e dutos de refrigeração para os freios e radiadores de óleo e de transmissão. Para reduzir a transferência lateral de peso, o Z06 foi alargado em 5,58 cm na dianteira e 8 cm na traseira – abrindo caminho para os gigantescos pneus 285/30 ZR19 e 335/25 ZR20.

corvette-z06 (5)

O Corvette Z06 terá três pacotes aerodinâmicos diferentes: Standard, Aero Package e o Z07. O carro acima combina os dois últimos – ou seja, está completo até a tampa. O Aero Package adiciona winglets (estas laterais elevadas) no splitter dianteiro, saias de fibra de carbono e aerofólio traseiro com o famoso “Gurney flap” embutido – um pequeno ressalto na borda que reduz o arrasto aerodinâmico, truque criado pelo ex-piloto de Fórmula 1 Dan Gurney. O Z07 deixa os winglets mais altos e introduz regulagem no ângulo de ataque no aerofólio traseiro – mas não é só isso.

O Z07 também traz freios gigantescos de carbono-cerâmica (394 x 36 mm na frente e 388 x 33 mm atrás – o Standard usa discos de aço com 371 x 33 mm e 365 x 25 mm, respectivamente) e emprega os pneus-chiclete Michelin Pilot Sport Cup (se você não lembra, são os mesmos do Dodge Viper ACR e do Mercedes-Benz SLS Black Series).

Com este supercombo, a Chevrolet deu uma declaração bombástica: na pista de testes Milford Proving Grounds, este carro foi mais rápido do que o atual ZR1. Isso é muito, muito sério. E apesar de tanta sede por sangue, seu V8 trará sistema de desativamento de cilindros quando dirigido de forma civilizada.

corvette-z06 (2)

Agora, uma coisa talvez desanime os mais tradicionalistas: dentre as duas opções de transmissão, uma delas é automática de oito velocidades. Não automatizado de dupla embreagem, mas automático mesmo, com conversor de torque e tudo.  A razão para isto, segundo a Chevrolet, é equilibrar as coisas e oferecer um carro que faça as trocas de marcha mais rápidas possíveis, pelo preço mais baixo que se puder cobrar.

Por outro lado, a outra opção é uma caixa manual Tremec, com sete marchas, três pedais e uma alavanca – com um recurso pra lá de interessante, que ficou famoso nos Nissan 350Z e 370Z: o sistema Active Rev-Match, que sincroniza as rotações do motor nas reduções, dispensando o piloto da tarefa do punta-tacco.

corvette-z06 (3)

Da mesma forma que o Stingray, o Z06 traz controle de largada, controle de estabilidade StabiliTrak com cinco regulagens de intensidade e diferencial de bloqueio eletrônico também regulável, com três calibragens de acordo com os modos dinâmicos selecionados. Esses americanos estão ficando cheio de cartas na manga, não?

A Chevrolet também levou para o Salão de Detroit a nova encarnação de seu Corvette de corrida, o C7.R. Com a missão de deixar para trás todos os outros rivais nas corridas de turismo — para citar alguns nomes, Viper GTS.R, Porsche 911 GT3 e BNW Z4 GTE — o C7.R é mais largo e usa uma versão de 5.5 litros do V8 LT4, limitação imposta por regulamento. O carro deverá participar de sua primeira corrida em Daytona, daqui a algumas semanas.

(L to R) The all-new 2015 Corvette Z06 and 2014 Corvette C7.R ra

Gostou dele? A má notícia é que o C7.R não está à venda para particulares. A boa é que os dois carros foram desenvolvidos praticamente em conjunto, compartilham vários componentes e o Z06 é praticamente uma versão de rua do C7.R. Mais extremo do que isto, só o futuro ZR1 – pense no absurdo que a Chevrolet está bolando para este modelo…

corvette-z06 (6)

Matérias relacionadas

Toyota GR Supra MKV é revelado antes do Salão de Detroit – veja tudo o que sabemos

Juliano Barata

Creta, New Tucson e uma rival para Oroch e Toro: os destaques da Hyundai no Salão do Automóvel

Dalmo Hernandes

Barulhento, rápido e extremo: o Porsche 911 GT3 RS tem um flat-six aspirado de 500 cv

Dalmo Hernandes