A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #73

Cris, a Serial Killer: o início da funilaria e uma nova cor para meu Plymouth Suburban 1957, o Project Cars #73

Eu sei que demorei um pouco para soltar o quarto artigo da Cris, a serial killer. Como vocês podem ver, não fui assassinado por ela, mas sabe como é: eu estava esperando o dia que o funileiro me ligasse para dizer que o carro tinha se arrumado sozinho e que eu pudesse ir buscá-la. Infelizmente isso não aconteceu, então vamos consertar o carro do jeito tradicional e este quarto post será uma atualização do atual estado.

O carro já está todo desmontado e com a pintura removida. Os trabalhos de funilaria já começaram e posso dizer que muita coisa estava escondida por baixo das incontáveis camadas de tintas.

FlatOut 2015-06-03 às 16.08.11FlatOut 2015-06-03 às 16.22.13

Observando a quantidade de ferrugem que está espalhada por todo o carro é bem provável que a nossa pequena barca tenha sofrido bastante com a maresia. O assoalho e as canaletas da janela do porta-malas foram as partes mais afetadas pela implacável oxidação, assim como as colunas do teto.

1470044_816351818426524_2944327296661108728_n

FlatOut 2015-06-03 às 16.08.56

O processo a partir de agora será basicamente um patch work de aço: recortar a parte podre, reconstruir a parte em metal novo e depois soldar de volta. Para quem não sabe, esse é o processo de restauração sem usar massa plástica e outros recursos menos “nobres”. Esse processo já está sendo aplicado à Cris, mas tudo ainda está muito lento.

1a

Uma novidade é que já decidimos a cor externa da Station Wagon. Cris será uma Plymouth Suburban azul metálico. Muita gente que acompanha este projeto ficará decepcionado com essa escolha, mas como minha Suburban era originalmente de uma cor só — em vez dos tradicionais saia-e-blusa e outras combinações da época — a cor vermelha da Christine original a deixaria com cara de perua de Fire Department.

Como vocês devem lembrar, meus posts dos Project Cars costumam ser bem mais longos que este, mas o processo de restauro é algo que demora mesmo e, infelizmente, não tenho muito o que acrescentar além do estado atual e a escolha da cor. Por isso gostaria de saber quais são as curiosidades e perguntas que vocês, leitores, têm sobre o projeto para que eu possa incluir as respostas no próximo post.

Grande abraço e até lá!

Por José Eduardo Paravani Faillage, Project Cars #73

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Fiat Uno com motor Yamaha R1: ligando o motor e a compra do carro

Leonardo Contesini

Project Cars #331: baixando tempo em Interlagos e uma volta rápida com Rubens Barrichello

Leonardo Contesini

Project Cars #343: a pintura e a instalação do motor 2.0 no Chevette 1979

Leonardo Contesini