FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Dardo F 1.3: a história do fora-de-série que virou parte da famiglia da Fiat

No fim dos anos 1960, o Volkswagen Fusca começou a ser utilizado como base para a segunda geração do Puma, o mais famoso fora-de-série do Brasil. Não demorou para que outros pequenos fabricantes seguissem a mesma receita. É fácil entender o motivo: a construção simples dos VW a ar permitia que se utilizasse o chassi rolante com outra carroceria e outro interior, aproveitando todo o projeto de suspensão e o conjunto mecânico originais. Até 1990 ainda era possível comprar um Puma com mecânica Vo

Matérias relacionadas

Tríplice Coroa do Automobilismo: o que é, como começou e quem já ganhou?

Leonardo Contesini

Um encontro só para Porsche com motor a ar: é o Luftgekühlt

Dalmo Hernandes

Alcyone SVX: quando a Subaru decidiu fazer um carro esportivo de luxo com um boxer de seis cilindros

Dalmo Hernandes