A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Viagens e Aventuras

De carro pela Alemanha: o museu BMW e a Oktoberfest de Munique

Olá, amigos. Depois de Stuttgart fiquei em Munique por três noites. A cidade estava lotada por conta da Oktoberfest. Tão lotada que uma cama no albergue mais barato que eu encontrei custava o mesmo que um quarto no Ibis Budget. Apesar de curtir o clima de albergue, e achar que trocar um pouco de privacidade pelo convívio e oportunidade de conhecer pessoas do mundo inteiro valer a pena, desta vez acabei optando pelo conforto e privacidade.

No primeiro dia lá, fui a Scwangau, e essa história você já leu na parte anterior. Então, no segundo dia, era a vez de carros e cerveja, necessariamente nessa ordem!

IMG_0317

Programei a manhã para visitar o museu BMW. Cheguei lá por volta de 10 da manhã, e fiquei animado quando vi o museu logo à minha frente. Minha animação num instante se transformou em frustração. Descobri que, para entrar no museu que estava à minha frente, precisaria atravessar a rua, entrar no showroom da BMW (BMW Welt) para atravessar a rua de volta por uma passarela e aí sim entrar no museu. Uma caminhada desnecessária. Pelo menos eu aproveitaria para ver as motocicletas e carros do grupo (BMW, Mini, Rolls Royce). Por mais que os carros da marca sejam legais, não era o que eu queria ver. Além disso, com uma Oktoberfest bombando, carros deixaram de ser minha prioridade prioritária, se é que me entendem.

IMG_0318

Cheguei ao museu. Também muito bonito, mas achei confuso. Parece um labirinto, cheio de salas e câmaras ao longo dos corredores. Ele segue um pouco do conceito do museu Mercedes-Benz, contando a história da marca e a história recente da Alemanha pela ótica da marca.

IMG_0321

IMG_0322IMG_0320

Então, ali é possível ver as motocicletas, automóveis e motores aeronáuticos que fizeram a história e a fama do fabricante bávaro. Muito legal a parte onde ficam alinhados alguns dos motores mais célebres da marca, como o M88 (BMW M1, M5, 635CSi), S14 (BMW M3 E30) e o infame M12/13, 1.5 4 cilindros e um turbo enorme para gerar mais de 1.000 hp e 5,5 bar de pressão (!) em condições de treino.

IMG_0331 IMG_0332

Andando (e me perdendo) pelo museu, também, eventualmente entrei numa sala onde havia um M3 E30 maravilhoso ofuscando as outras M3 ao seu lado, em outra o Brabham que o Piquet foi campeão mundial de F1; várias 507; motocicletas; alguns art cars; motores aeronáuticos; e em um dos salões, uma M3 E30, uma E9 3.0 CSL (Batmóvel) e uma E21 320 turbo, as três de corrida e com a pintura clássica ///M. Estes três carros são os maiores vencedores da casa de Munique, sendo que a M3 obteve mais de 1.000 vitórias em corridas e até hoje continua vencendo em corridas de carros antigos. Um feito impressionante!

IMG_20151003_112358023

Havia também uma mostra sobre o Mini, que estava até bem interessante. Lá contava a história do projeto original, e como a BMW tentou preservar a essência do carro antigo ao projetar a versão moderna. O carro mais legal dessa mostra era um dos Mini vencedores do rally de Monte Carlo.

IMG_0364

IMG_20151003_120430456

Ao final, deixei para comprar souvenir no BMW Welt, já que teria que voltar para lá e tanto fazia na loja do museu ou do outro lado da rua, já que o preço e os produtos eram os mesmos. Não sei se pelo cansaço, também não gostei de muita coisa lá, à despeito da variedade. Quase comprei um boné, mas acabei desistindo. Àquela altura, só pensava em almoçar e ir beber cerveja!

IMG_20151003_103934919 IMG_20151003_110011051_HDR

Almocei na lanchonete do BMW Welt e me mandei para a estação do metrô. Mas antes de ir embora, uma surpresa. Saindo da garagem do complexo de prédios da BMW um Jaguar E-type simplesmente espetacular. Todos que atravessaram a rua naquele momento esperaram do outro lado da calçada para ver o carro ir embora. Quase não consigo tirar foto dele, mas salvei pelo menos uma.

jaguar1

Quanto à Oktoberfest, apenas uma foto para tentar explicar o tamanho daquela festa (e o porquê de querer ir para lá).

oktober

E isso é apenas um pedaço dela!

Na próxima e última parte, vou contar como foi meu almoço com um fantasma! Até lá!

perfil-carloseduardo

Matérias relacionadas

Estes malucos acham que a Ferrari F12 Berlinetta e o Maserati Ghibli são jipes

Dalmo Hernandes

Veja como foi a experiência do Ford Focus Turbo “MothaFocus” na 3a Subida de Montanha de Campo Largo

Juliano Barata

Ride the mountains: Transfăgărășan, a melhor estrada do mundo

Dalmo Hernandes