De Gran Turismo para sua garagem: este Toyota Celica 1990 está à venda no Brasil

Dalmo Hernandes 26 dezembro, 2016 0
De <i>Gran Turismo</i> para sua garagem: este Toyota Celica 1990 está à venda no Brasil

Gran Turismo foi o game que apresentou os esportivos japoneses a toda uma geração. Claro, havia um punhado de carros de outros países no primeiro jogo e alguns mais no segundo, mas os nipônicos sempre foram a esmagadora maioria.

E dizemos mais: se você é fã de Gran Turismo e avistou por aí algum carro japonês que conheceu no game, certamente bateu aquela euforia e foi difícil conter a empogação. Para os mais velhos, provavelvemente também rolou aquela nostalgia gostosa. Que tal ter na garagem um daqueles carros?

WhatsApp Image 2016-12-26 at 13.40.28

O mais bacana é que, para despertar tais sentimentos, o carro nem precisa ser um dos ícones que figuram no game, como um Toyota Supra, por exemplo. Mesmo os modelos menos conhecidos, mas tão bacanas quanto, podem ser bem desejáveis para quem aprendeu a apreciar a “fauna” automotiva japonesa. Que tal um Celica, por exemplo?

Pensando bem, o Celica é um carro bastante emblemático – basta lembrar que o próprio Supra surgiu em 1978 como uma versão de apelo esportivo do Celica de segunda geração. Depois, em sua terceira geração, o Supra adquiriu identidade própria, enquanto o Celica tomou um caminho diferente. O primeiro seguiu como um cupê de motor dianteiro e tração traseira, enquanto o segundo tornou-se um esportivo mais compacto, com motor e tração na dianteira (ou integral) e apelo mais jovial.

WhatsApp Image 2016-12-26 at 13.40.28 (1)

Mas não se engane: apesar de ter mudado de personalidade, o Celica continuou sendo um carro bem interessante por seu visual, pelo desempenho e por seu sucesso em competições – foi exatamente a quinta geração do Celica, lançada em 1989, que se tornou o primeiro carro japonês a conquistar um título no WRC, o Campeonato Mundial de Rali, em 1993. O Celica GT-Four de rali tinha um motor de 1,8 litro com turbo e 320 cv.

A versão de rali era um dos carros que você podia escolher em Gran Turismo 2, mas também dava para jogar com versões mais mansas. Como o Celica ST, que é nosso achado meio perdido de hoje.

374602116489441

Se você está achando este carro diferente, é porque se trata de um notchback, que tinha três volumes melhor definidos e um porta-malas maior. O liftback tinha o caimento do teto mais suave, sendo, na prática, um fastback. Há outro detalhe: este carro, que pertence ao paulistano Marco Tancredi, é um exemplar de especificação norte-americana (mais precisamente, do Canadá), o que significa que ele tinha retrovisores externos fixos e um para-choque dianteiro mais volumoso, devido às exigências da legislação americana para segurança em caso de impacto.

WhatsApp Image 2016-12-26 at 13.40.26

Trata-se de um exemplar bem conservado, com suas 95 mil milhas no hodômetro (152 mil km), equipado com motor de 1,6 litro com comando duplo no cabeçote, 115 cv e 14 mkgf de torque. O câmbio é automático de quatro marchas.

Marco conta que seu carro veio para o Brasil por meio de uma importadora independente, e que devem existir cerca de 25 exemplares como o seu em todo o País. Ele comprou o Celica do sobrinho do primeiro dono, e diz que o carro estava parado havia algum tempo em uma oficina – era parte do pagamento de uma dívida.

Sendo assim, o carro foi completamente revisado em mecânica e elétrica, e tudo funciona perfeitamente nestas áreas. Esteticamente, o aspecto também é bom e muito original – a pintura é original e aparenta estar muito boa, todos os detalhes de acabamento estão no lugar, e os faróis escamoteáveis, charme do carro, abrem e fecham corretamente. No interior, a situação se repete: todas as forrações e peças estão presentes e íntegras.

WhatsApp Image 2016-12-26 at 13.40.30toyota-celica-18-16v-raridade--189521-MLB20813959899_072016-F

As únicas modificação visíveis são as rodas de 17 polegadas, calçadas com pneus 205/40 – as originais estavam precisando de uma reforma, que não valia a pena –, e o capô envelopado com textura que imita fibra de carbono, de fácil remoção. Marco diz que, para melhorar o aspecto do conjunto, pretende trocar os pneus por um jogo de 215/50, mais bifudos.

Marco acrescenta que o carro precisa de alguns cuidados para ficar 100% – os amortecedores foram recondicionados recentemente, mas já está na hora de trocá-los; e a direção hidráulica não está macia como deveria. Ele também diz que a pintura precisa de um bom polimento para recuperar o brilho.

toyota-celica-18-16v-raridade--828305-MLB20870682964_092016-F

No mais, trata-se de um carro interessante para colecionadores e entusiastas do JDM, e o valor não é absurdo pela raridade: R$ 35 mil.

O carro está anunciado no OLX, e você também pode entrar em contato com Marco pelo telefone  (11) 9 8788-6001 ou pelo e-mail [email protected].

WhatsApp Image 2016-12-26 at 13.40.29


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial, tampouco de uma reportagem aprofundada. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.