A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Projetos Gringos

Drift, arrancada e roncos de supercarros no Supercar Sound Festival de Ebisu, Japão

Qual é a vantagem de ter um supercarro e não poder acelerá-lo como se deve? Claro, não vamos fingir que quem tem um supercarro nunca dá umas esticadas por aí, mas nada se compara a poder explorar todo o potencial de sua máquina em um ambiente propício. E não precisa nem ser um track day onde você se esforça 100% do tempo para pilotar da forma mais veloz possível — às vezes, só um lugar onde você pode afundar um pouco o pé direito, sem colocar outros motoristas em risco ou tomar uma multa, seria o suficiente.

Existe um evento deste tipo no Japão: é o Supercar Sound Festival, que acontece todos os anos no circuito de Ebisu, no Japão. E, como você deve saber, os japoneses sabem como fazer um bom encontro de entusiastas.

O Supercar Sound Festival é relativamente decente e, como boa parte dos eventos mais tradicionais do Japão, não é muito conhecido fora da região. Também não há muitas informações disponíveis na internet além de uma página no Facebook. Foi assim que ficamos sabendo que se trata de um evento independente, realizado desde 2013 e… não muito mais do que isto.

scsf (1)11013443_516867135155198_63407268098303454_o 12079900_516867281821850_1577164013659071382_o

Também conseguimos notar que, apesar do nome, roncos de supercarros são só uma pequena parte do que rola no SCSF . Eles são quase um pretexto, na verdade — ainda que a maioria dos supercarros (e superesportivos) que comparecem certamente tenham modificações no sistema de escape para dar ênfase a suas vozes mecânicas.

E eles realmente colocam os motores para berrar, claro! O entusiasta e youtuber Alexi, do site Noriyaro.com, foi dar uma olhada no SCSF de perto e mostra um pouco de tudo o que rola no vídeo abaixo. Dá uma olhada só:

Como dá para ver, boa parte do evento acontece na reta principal de Ebisu. Uma fila enorme de visitantes se forma na beira da pista, todos esperando para pegar uma carona em um supercarro. Você pode escolher entre uma bela acelerada na reta ou, se tiver coragem, pode dar uma volta pelo circuito todo com um piloto de dorifuto ao volante.

Alexi fez exatamente isto, e levou sua câmera de mão para nos mostrar como é ver o mundo de lado em uma Ferrari 360 Modena — aquela com motor V8 de 405 cv a 8.700 rpm. E uma rápida busca pelo YouTube revela que o carro é figurinha carimbada em exibições de drift pela Terra do Sol Nascente…

Drift de Ferrari em Tsukuba… quem diria?

Além das arrancadas e exibições de drift, o SCSF também é uma oportunidade para que os fãs de superesportivos tenham contato próximo com eles — o acesso aos “boxes” é livre, e centenas de pessoas aproveitam para tirar fotos e conversar com os donos dos carros. E é bacana ver como os caras gostam de mostrá-los e não se incomodam com a curiosidade das crianças ou a empolgação dos adultos.

12112217_516852011823377_5980691795256720803_n12132551_516867175155194_4701839097178876988_o12091389_516867198488525_7492789031473433042_o

Também é legal observar, mais uma vez, como os japoneses apreciam os automóveis de outros países sem esquecer de seus próprios carros. Uma olhada pelo estacionamento revela que, enquanto há Ferrari, Porsche e Lamborghini na pista acompanhados de coisas como Mercedes-AMG, Lotus Elise e até um Fiat 500 Abarth meio perdido por ali, o estacionamento fica abarrotado de veículos do mercado doméstico japonês (o famoso JDM), com toda sua diversidade: de clássicos como o Nissan GT-R “Hachiroku” a vans rebaixadas e cheias de adesivos.

12068661_516851388490106_3978287271453483027_o11116544_516867055155206_1543970256470033470_o 12080144_516867045155207_2735857804872946993_o

Além disso, nada impede que superesportivos locais, como um Nissan GT-R com body kit da Liberty Walk (dá para ficar mais japonês que isso?) também vão para a pista. E, como uma coisa sempre acaba puxando outra, no fim do dia o asfalto de Ebisu acaba recebendo também alguns dos carros bacanas que estavam no estacionamento e até exibições de manobras com motos.

Como você deve ter percebido, não se trata de um evento tradicional, com raízes históricas, ou de algo absurdamente grandioso — trata-se apenas de um grande encontro de entusiastas que só querem curtir seus carros e que outros curtam com eles. Nem faz tanto sentido ficar falando a respeito, até porque as fotos e os vídeos falam por si.

12094790_516867265155185_6926690733339561391_o 12080385_516867245155187_6018291844398427131_o 12091195_516867235155188_7761276644994930667_o 12080263_516867218488523_2915272941067120867_o12080164_516867118488533_2093421490760677193_o 12141042_516867071821871_7552358274445973412_o 11116544_516867055155206_1543970256470033470_o 12080144_516867045155207_2735857804872946993_o 11225360_516867025155209_6522472417605136578_n 10276035_516867011821877_3489596099754008176_n 12072654_516852585156653_7964722015816726680_n 12088285_516852491823329_5053986588531152195_n (1) 12120043_516852388490006_3879315750520181886_o 12088276_516852328490012_124801337948285589_n 12109037_516852271823351_3057010515671658925_n 12088028_516852195156692_6474536352911005416_n 12107766_516851425156769_2689129164626728571_n 12119007_516851465156765_2467635460236969349_n 12108950_516851301823448_3774489151554235349_n 12140103_516851641823414_1440681600516545305_o

 

Matérias relacionadas

O que acontece quando você mistura as motos da Harley Davidson com os heróis da Marvel?

Dalmo Hernandes

Como é acelerar a LaFerrari? Descubra neste vídeo em primeira pessoa

Dalmo Hernandes

O dicionário Inglês-Português de termos automobilísticos do FlatOut – Parte 1 de 3

Leonardo Contesini