A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

É assim que os motores AMG são montados à mão

Todo mundo sabe que a divisão AMG da Mercedes-Benz faz os modelos mais brutais da marca, e também que cada motor é feito a mão e assinado por uma única pessoa. Você já parou para pensar como esse cara monta um dos motores mais incríveis do mundo com suas próprias mãos? 

Este vídeo mostra o processo quase completo de fabricação de um motor AMG (“quase”, pois não vemos a fundição/usinagem/forjamento das peças, bloco e cabeçote), e o melhor dele é que não há narração. Nada daquelas vozes anasaladas e entusiasmadas narrando um texto mal traduzido sobre o processo. Apenas as belas imagens de um mestre artesão em ação. Como se você estivesse ali, na frente dele testemunhando tudo em silêncio. Não poderia ser melhor.

Ficou curioso para saber que motor é esse? Então aqui vai uma dica: com exceção de peças de uso geral (como filtros e mangueiras), a Mercedes identifica seus componentes (os part numbers) com a letra A seguida do código do motor ao qual ele é destinado. Esse código aparece em dois momentos do vídeo: logo no começo, durante a instalação do virabrequim, e depois nas polias da corrente de sincronização e acessórios aos 5:30

Vamos ver quem descobre qual carro vai abusar desses oito pistões gigantescos.

Matérias relacionadas

Porsche explica que os freios dos seus carros não estão com defeito da forma mais alemã possível

Dalmo Hernandes

Quando a Fórmula 1 tinha quase 1.400 cv: o motor BMW turbo M12-13 dos Brabham

Leonardo Contesini

15 fatos completamente insanos dos dragsters de arrancada

Juliano Barata
error: Direitos autorais reservados