A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

É por isso que você não pode deixar seu Lamborghini com qualquer mecânico

Um morador de Rainbach, na Áustria, deixou seu Lamborghini Gallardo Spyder aos cuidados do mecânico para fazer alguns pequenos consertos. Mas parece que, por “cuidados”, o mecânico entende “sair para dar uma volta, capotar e destruir o carro”.

No último domingo (23) o mecânico, Niklas Schwartz, 29, e um amigo, resolveram sair com o Lambo para um passeio depois de consertá-lo — afinal, você precisa checar se está tudo ok antes de entregar o carro ao proprietário. Acontece que o asfalto estava molhado e ele acabou se empolgando um pouco demais em uma curva, e aí você já imagina o que aconteceu.

Com o acelerador pesando, ele acabou perdendo o controle do carro e bateu no guard-rail da pista com força suficiente para rebater e tombar.

mecanico_lambo_pt (4)

Os danos ao carro foram grandes a ponto de ser declarada a perda total — bem diferente do motorista, que saiu ileso. Seu amigo de 24 anos, cujo nome não foi revelado, machucou a cabeça e recebeu atendimento no local, tendo se recusado a ir ao hospital.

Interrogado pela polícia, o mecânico disse que “não conseguiu resistir” ao ver o carro consertado, parado em sua oficina, praticamente implorando para dar uma volta. Ele deve até ter ouvido uma voz sussurrando dentro de sua cabeça, dizendo “vamos, o que pode dar errado?” Foram necessários 14 homens e dois carros de bombeiros para desvirar o carro e rebocá-lo.

mecanico_lambo_pt (2)

O Gallardo Spyder em questão era um exemplar da primeira série, lançada em 2006, com motor V10 de cinco litros e 520 cv a 8.000 rpm e 52 mkgf de torque a 4.250 rpm, acoplado a um câmbio manual de seis marchas. Pensando como entusiastas, quem pode condenar o mecânico por querer ver se tudo estava em ordem com a cavalaria depois de consertar o carro? Não foram dados detalhes sobre a reação do dono, mas certamente alguém teve que arcar com o prejuízo equivalente a R$ 490 mil.

mecanico_lambo_pt (3)

Não é a primeira vez que um mecânico destrói o Lamborghini Gallardo de um cliente. Em outubro de 2010, um canadense teve seu Gallardo batido por um mecânico da autorizada, que teve um prejuízo de mais de 38 mil dólares canadenses (quase R$ 78 mil). Mais recentemente, em dezembro do ano passado, Gallardo 2004 que havia rodado apenas 18 mil km foi atingido no para-lama dianteiro por um SUV em Melbourne, na Australia, enquanto o mecânico realizava testes na rua. Foi declarada perda total.

Estamos começando a perceber um padrão perigoso. Melhor começar a tomar mais cuidado na hora de escolher um mecânico para os Lamborghini.

[ Daily Mail ]

Matérias relacionadas

Estes malucos acham que a Ferrari F12 Berlinetta e o Maserati Ghibli são jipes

Dalmo Hernandes

Honda pode fazer um novo S2000! E temos motivos de sobra para curtir isso

Dalmo Hernandes

Esta Ferrari 348 Challenge biturbo de 610 cv é nosso novo amor platônico

Dalmo Hernandes