A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

É possível fazer um motor flex (ou bi-combustível) diesel-gasolina?

Motores diesel e motores a gasolina são parecidos, mas fundamentalmente diferentes. Enquanto o primeiro  inicia a combustão por compressão, o outro usa uma centelha. Isso faz com que as diferenças pareçam reduzidas a um único elemento, mas este único elemento exige diversas características que os tornam muito diferentes. Primeiro, há a estequiometria: comparada à combustão da gasolina, a combustão do diesel precisa de menos partes de ar (comburente) para ocorrer. Depois tem a questão da taxa de compressão: como o diesel precisa ser comprimido até ocorrer a ignição, nesses motores esta razão é muito mais elevada que em um motor a gasolina. Um motor diesel trabalha com taxas de compressão elevadas, geralmente entre 15:1 e 25:1, enquanto os motores a gasolina raramente chegam além dos 12,5:1. Essa razão de compressão também exige reforços mecânicos, o que significa que os componentes internos  usam ligas metálicas mais resistentes. A compressão também é uma das razões para

Matérias relacionadas

As três versões do i-VTEC: desfazendo a confusão do comando variável da Honda

Leonardo Contesini

Calibrar os pneus do seu carro com nitrogênio é mesmo uma boa?

Dalmo Hernandes

Como funcionam os sistemas de injeção dupla de combustível?

Leonardo Contesini