FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Esta Chevrolet C-10 1977 em estado de nova, à venda, é um Achado de primeira!

A Chevrolet C-10 foi a terceira picape produzida pela GM no Brasil. Sucessora da 3100 e da C-14, ela ainda resiste bravamente no interior do país ou mesmo nas periferias das grandes cidades. É uma opção barata de veículo de trabalho. Se for das primeiras, tem mais de 40 anos de serviços prestados. Mas existem aquelas que resistiram ao tempo, como o exemplar que estrela nossos Achados Meio Perdidos de hoje.

Apresentada em 1974, a C-10 tinha 4,84 m de comprimento, 2,92 m de entre-eixos, 1,97 m de largura e 1,84 m de altura. Com 2.270 kg, ela era construída sobre chassi, uma realidade em picapes de grande capacidade que só deve mudar com a chegada das novas Renault Duster Oroch e Fiat Toro.

c10-achados (5)

O motor era um seis cilindros em linha de 261 polegadas, vulgo 4.278 cm³, ou 4.3, para os mais íntimos. Típico motor de trabalho, com torque alto em baixa rotação (32 mkgf a 2.400 rpm), ele rendia parcos 151 cv a 3.800 rpm. Não, não era diesel, mas sim Otto, movido a gasolina. Motores antigos não precisavam girar tanto quanto os atuais. A marcha lenta ficavam em 500 rpm, às vezes menos. Tempos sem pressa.

c10-achados (4)

Com capacidade útil de carga de 750 kg, ela tinha suspensão independente na dianteira, por braços triangulares sobrepostos e com molas helicoidais. Atrás, o eixo rígido usava feixes de molas. A tração, obviamente, era traseira, e a direção não era por pinhão e cremalheira, como as mais modernas, mas sim por setor e rosca sem fim, muito mais durável, ainda que muito mais anestesiada. As rodas eram de aro 16.

c10-achados (7)

E se disséssemos que a picape que encontramos, à venda lá em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, está com apenas 88 mil km rodados depois de praticamente 38 anos? Vendida para seu único dono em agosto de 1977 por 98 mil cruzeiros, equivalentes a R$ 86,3 mil de hoje, a C-10 não é apenas pouco rodada, relativamente falando, mas também está inteiríssima. Mesmo quem não gosta de picape terá de dar o braço a torcer: ela está linda de ver.

c10-achados (9)

Segundo o vendedor, Junior Barbosa, ela nunca foi batida e está com todos os documentos em dia. Seus bancos e forros de porta não têm nenhuma marca de uso, assim como sua fileira de bancos, pensada para transportar até três passageiros na cabine simples. O madeiramento da caçamba é original e está em perfeitas condições, o que indica que ela nunca deve ter sido usada para trabalho pesado.

c10-achados (3) c10-achados (2) c10-achados (1)

A mecânica está perfeita e revisada, segundo o vendedor, o que permite realizar viagens longas. Em outras palavras, quem comprá-la pode ir buscar em Campo Grande e levar para casa sem susto. Entre as curiosidades da picape, podemos citar o estepe zero, sem uso (os demais pneus são novos, na medida original de fábrica), manual do proprietário original, com carimbos de revisões feitas em concessionária e nota fiscal original, escrita à mão!

c10-achados (6)

Pela preciosidade, Junior está pedindo R$ 45 mil. Considerando o estado parece estar, arriscamos dizer que é um preço bem justo. Aos colecionadores de plantão, eis aí um Achado que deve demorar a se repetir. Interessados podem procurar o vendedor no link abaixo.

[ WebMotors ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

O ronco deste Romi-Isetta com motor de Honda CB 750 Four deve ser incrível – e ele está à venda!

Dalmo Hernandes

Um Chevrolet Camaro “F-body” com motor V8 e câmbio manual (!) à venda no Brasil

Dalmo Hernandes

Um Pontiac GTO de plaqueta, caracterizado como The Judge e com motor de corrida à venda no Brasil

Dalmo Hernandes