A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Sessão da manhã

Esta é a oficina que coloca carros da Nascar nas ruas!

O automobilismo nos EUA é quase um universo à parte do resto do mundo. Enquanto os europeus e japoneses correm em autódromos e ralis com carros de rua modificados, monopostos e protótipos, os americanos têm seus próprios ídolos nos circuitos ovais da Nascar, que pilotam verdadeiros monstros com motores V8 de 700, 800, 900 cv. Agora… não seria legal poder dirigir um desses pelas ruas da cidade?

Tudo que você precisa, é de um dos carros restaurados pela Rhine Built, uma oficina fundada por um cara chamado Bill Rhine no ano 2000. Rhine trabalhou por anos nas equipes da Nascar, e seu último chefe foi ninguém menos que Adam Petty — filho de Kyle Petty e neto do lendário Richard Petty. Depois da morte de Adam em um acidente durante treinos em 2000, Rhine decidiu abrir sua própria companhia, pois não encontraria outro piloto à altura de Adam.

 

Com experiência na fabricação e restauração em carros de corrida, Bill especializou-se nos bólidos da Nascar e, em 14 anos, continuou a construir uma excelente reputação — a ponto de grandes colecionadores e pilotos o contratarem para restaurar seus carros.

Sua oficina em Denver é um verdadeiro templo para fãs da Nascar, como mostra este vídeo feito pelos caras da Network A, produtora especializada em vídeos de aventuras, esportes e, claro, automobilismo.

Como mostra o vídeo, atualmente a Rhine Built tem dois grandes projetos de restauração sob seus cuidados — o Pontiac Le Mans 1983 nº 27 de Tim Richmond, com o qual o piloto que inspirou o filme Dias de Trovão competiu na Winston Cup Series nos anos 80, e o Pontiac Grand Prix 1981 de Dale Earnhardt. Naquele ano, Earnhardt foi o quarto colocado no campeonato.

pontiac

Bill conta que, em sua oficina, as únicas coisas que sua equipe não restaura são motores e transmissões. Todo o resto — o que inclui carroceria, suspensão, estrutura, elétrica e interior, é refeito por eles.

Agora, a melhor parte: alguns dos carros acabam sendo convertidos para rodar legalmente nas ruas!

É o caso deste Toyota Camry da equipe Red Bull, que foi usado pelo piloto Brian Vickers e, depois de convertido, saiu para um passeio por Nova York. Ele até realizou um pit-stop na Times Square:

E também desta dupla Ford Fusion e Dodge Charger, que tiveram suas marcas de guerra removidas e receberam um trato geral para uso nas ruas, com faróis e lanternas de verdade no lugar daqueles adesivos bizarros, limpadores de para-brisa e pneus sulcados, afinal, diferentemente dos ovais da Nascar, no mundo real às vezes cai água do céu. O que não ficou muito claro é se eles recebem vidros nas janelas ou se é preciso trancar a rede com um cadeado no estacionamento do Burger King. Mesmo assim, quem se importa? É um Nascar street legal!

100_3518 april-6-2010-039

Além de todos os componentes que ficam na oficina principal, a Rhine Built tem outro depósito — um celeiro no qual estão guardados outros carros da Nascar, antigos e mais recentes — todos aguardando para tomar parte em algum projeto de restauração. E Bill garante que isto vai acontecer algum dia.

São caras como Bill Rhine que mantém a memória do automobilismo viva. Mesmo que você ainda seja um daqueles que acham que para competir na Nascar basta acelerar e virar para a esquerda (ledo engano…), é impossível não admirar o que este cara faz.

Matérias relacionadas

Lendas do WRC: Alpine A110, o primeiro vencedor do Campeonato Mundial de Rali

Dalmo Hernandes

O guia de versões especiais do Porsche 911 | Parte 1: a primeira geração

Leonardo Contesini

Este senegalês construiu sozinho um carro “esportivo” usando só peças de sucata

Dalmo Hernandes