A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Zero a 300

Esta é a versão de produção do Devel Sixteen, o supercarro árabe de 5.000 cv! Mas…

Em 2015, falamos a respeito de um absurdo motor de dezesseis cilindros com quatro turbos e… quase 5.000 cv. Não era o motor do Veyron, obviamente, e muito menos do Chiron, que sequer existia. Estamos falando do V16 do Devel Sixteen, supercarro árabe que foi apresentado no Salão de Dubai naquele ano e não parecia muito plausível.

O Sixteen continua não sendo plausível, mas sua fabricante, a Devel Motors, garante que ele é real, que entrará em produção e que, de fato, terá quase 5.000 cv no motor. Só não vai poder rodar nas ruas, e certamente não concorrerá de igual para igual com caras como o Chiron, o Hennessey Venom F5 e o Koenigsegg Agera RS – que hoje são os três grandes rivais no segmento dos hipercarros.

Mas não dá para simplesmente ignorar alguém que diz que fará um superesportivo capaz de ir de zero a 100 km/h em 1,8 segundo e seguir acelerando até os 500 km/h, dá?  Não. Mas dar atenção é uma coisa. Acreditar totalmente no papo é outra.

23594314_128573157840246_4990512154093289472_n

O Devel Sixteen e 2015 tinha um aspecto de mockup que chegava a ser constrangedor. Na edição de 2017 do Salão de Dubai, no último dia 14 de novembro, foram apresentadas duas unidades com o visual de produção. Incrivelmente, o novo Devel Sixteen conseguiu ficar mais plausível e ao mesmo tempo mais maluco.

23595742_490731067974507_8512465145895583744_n

Ambos os conceitos – um deles em tons de cinza e o outro em branco e azul – são visivelmente mais caprichados que o carro apresentado há dois anos, mas ainda são mockups. Só que, agora, eles têm mais vincos e mais curvas do que antes, um letreiro que diz “50 00” na dianteira e duas enormes saídas de escape na traseira que parecem turbinas. As proporções são mais harmônicas, algo como um protótipo do Grupo C  que veio da década de 80. 2080. Dá para falar que é bonito? Hmmm… beleza é algo subjetivo, dizem.

youtuber Shmee150 foi dar uma olhada nos dois carros em Dubai. Ele é um cara empolgado, fala sorrindo e parece entusiasmado até mesmo com a temperatura do ar ao redor dos carros, mas dá para ver que, por enquanto, ambos exemplares do Devel Sixteen ainda estão longe de ser carros funcionais.

Há entradas de ar em profusão, um gigantesco splitter frontal e uma asa traseira que se levanta automaticamente (em tese), além de um interior que parece todo feito de um plástico não muito bom, com desenho extremamente minimalista e acabamento simples. Dá para até ver o revestimento meio que se soltando quando Shmee abre uma das portas, o que é meio deprimente, na verdade. Fica claro que a ideia é mesmo mostrar o visual do carro, que definitivamente ainda tem cara de conceito. Mas os caras da Devel Motors afirmam que o Sixteen está em fase avançada de desenvolvimento e que ficará pronto, incluindo todos os testes necessários, nos próximos 12 a 18 meses.

Sem Título-1

Parece um volante capaz de controlar um carro de 5.000 cv?

Há alguns fatores que não nos deixam duvidar completamente disto: primeiro, o motor já está pronto e tem, de fato, 5.000 cv. Segundo, a Devel diz que o carro será fabricado na Itália pela Manifattura Automobile Torino, a mesma empresa que trabalhou nos carros de Jim Glickenhaus (que definitivamente existem e andam de verdade) e no Apollo Intensa Emozione. Isto dá um mínimo de credibilidade à história toda.

Além disso, a Devel deixa claro que o Sixteen de 5.000 cv não é um carro de rua, ao menos em princípio – o que até pode ajudar a acelerar o processo de desenvolvimento, dispensando testes de homologação.

A companhia que desenvolveu o motor é a americana Steve Morris Engines (SME), especializada em motores para carros de arrancada. Vale lembrar suas especificações: o motor de 12,3 litros, ao que tudo indica, parte de dois motores V8 ligados pelo virabrequim. O bloco é todo usinado em billet de alumínio e sobrealimentado por quatro turbos de 81 mm. Tem 32 válvulas, todas de titânio, comando no bloco (como os tradicionais V8 americanos). Suspeitamos que, como se costuma fazer nas competições de arrancada, o motor utiliza um projeto conhecido (o popular big block da Chevrolet, por exemplo) como ponto de partida, mas não há confirmação a respeito disto, ainda. De qualquer forma, motores assim raramente geram menos de 2.000 cv.

23594449_1753559531343847_733883016077639680_n

O que se sabe, porém, é que a SME já anunciou através de seu canal no Youtube que o motor está pronto. E ainda divulgou o vídeo do motor sendo testado em um dinamômetro de bancada. Na tela, o resultado: 5.007 hp, o que dá 5.076 cv.

É potência compatível com um funny car de arrancada da NHRA – muitos deles utilizam motores semelhantes ao do Devel Sixteen. A companhia do Oriente Médio e a SME já chegaram a negar que o hipercarro será feito para arrancadas, mas nós não conseguimos enxergar nele outra forma de utilização além de fazer como Vin Diesel e viver um quarto-de-milha de cada vez. Diríamos até que o Devel Sixteen não é muito mais que um dragster de luxo caríssimo feito para milionários que querem se divertir na dragstrip com o carro mais extravagante possível, mas não passaria de um palpite – até porque motores de arrancada foram feitos para trabalhar no limite por um curto período, e não para durar bastante. Um hipercarro com motor de dragster não passaria de um brinquedo grande, barulhento e caríssimo. Não que haja algo errado com isto.

Agora, a Devel também diz que existirão outras duas versões do Sixteen: uma delas com motor V8 de 2.000 cv, e outra com motor V16 de 3.000 cv. E ambas poderão rodar nas ruas, tendo até preço definido: a primeira vai custar US$ 1,6 milhão e a segunda, US$ 1,8 milhão. Honestamente, não acreditamos muito nisso. É esperar para ver o que vai rolar.

Matérias relacionadas

Amor gearhead: este casal se conheceu graças aos carros – e estão juntos até hoje por causa deles

Dalmo Hernandes

McLaren nega sucessor para o F1, novas informações do Corvette de motor central-traseiro, novo Supra pode ter V6 biturbo e mais!

Leonardo Contesini

Este Corona Dardo F 1.3 à venda pode ser uma bela opção de clássico nacional

Dalmo Hernandes