A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Este Audi S3 preparado com mais de 500 cv nas rodas está à venda – vai encarar?

A primeira geração do Audi A3, especialmente na versão turbinada, era um carro bem interessante. Feito sobre a mesma plataforma do Golf ele oferecia a mesma excelência dinâmica, porém com o prestígio extra das quatro argolas, acabamento superior e maior oferta de equipamentos. E ele também tinha uma versão ainda mais potente: o S3, que foi lançado em 1999, mesmo ano em que o A3 passou a ser produzido no Brasil, na fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais/PR. Este exemplar, anunciado no GT40, está muito bem conservado e é preparado para entregar mais que o dobro da potência original. E é nosso Achado meio Perdido de hoje.

O Audi S3 usava o mesmo quatro-cilindros de 1,8 litro com cabeçote de vinte válvulas do Golf GTI e da versão turbinada do Audi A3. Era uma versão mais forte do motor, com 210 cv a 5.800 rpm e 27,5 mkgf de torque a 2.100 rpm, acoplado a uma caixa manual de seis marchas. O grande trunfo do S3, contudo, era o sistema Haldex de tração nas quatro rodas. Ainda que fosse temporário, enviando força para as rodas traseiras apenas quando detectava alguma perda de aderência nas rodas dianteiras, o 4WD do Audi S3 garantia uma dinâmica muito mais neutra e agilidade nas curvas, minimizando bastante as saídas de frente.

img_223536_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4

Em 2001, novos ajustes do motor elevaram os números para 225 cv a 5.900 rpm e 28,5 mkgf de torque a 2.200 rpm. Era o bastante para levar o hot hatch de zero a 100 km/h em 6,6 segundos, com máxima de 243 km/h.

O Audi S3 ainda era um carro bonito: as linhas já atraentes do A3 ganhavam para-lamas mais largos, rodas de 17 polegadas, novos para-choques de desenho mais agressivo e bancos de couro com apoios laterais maiores. Além disso, recebia outro acerto de suspensão, com mais firmeza e estabilidade.

img_223564_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4

Nosso Achado meio Perdido de hoje é um Audi S3 2002, de acordo com Rodrigo Kreuz, de Novo Hamburgo/RS, tem apenas 58.000 km rodados e recebeu uma boa quantidade de modificações para render até 575 cv nas rodas. Atualmente, porém, o motor está acertado para entregar 530 cv nas rodas.

O 1.8 Turbo teve deslocamento ampliado para dois litros e recebeu uma nova turbina Garrett GTX 3076R com carcaça quente TiAL. O cabeçote é um Supertech, e todos os componentes internos (bielas, pisões e virabrequim) são forjados. Além disso, foi instalado um reforço na parte inferior do bloco, que também recebeu mancais forjados Indutech e parafusos ARP.

img_223560_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4

O motor ainda recebeu intercooler, pressurização, downpipe e escapamento Tete Racing; duas válvulas (alívio e blow) da TiAL; e sistema de alimentação FuelTech FT500 e um novo coletor de admissão da Integrated Engineering. Também foram utilizados novos injetores de 225 lb. O quatro-cilindros com está acertado para queimar etanol.

As rodas originais deram lugar a um jogo de OZ Ultraleggera de 19×8,5 polegadas, calçando pneus continental. Elas abrigam os freios dianteiros do Audi R8, enquanto os traseiros são do RS4. O sistema de direção é o mesmo do S3 moderno.

img_223568_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4  img_223572_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4

A carroceria exibe a pintura amarela original (apenas o para-choque dianteiro foi repintado), enquanto o interior recebeu revestimento de couro todo novo, com costuras vermelhas. O sistema de som é um multimídia Pioneer, e o porta-malas guarda uma caixa com subwoofer JBL. Por dentro e por fora o aspecto é de um carro bem cuidado e preservado – e olhe que lá se vão dezesseis anos desde que ele era zero-quilômetro.

img_223532_4_eb1bdc74-973d-4c5e-84dd-7364494d4fa4

O anunciante diz que o S3 é capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,4 segundos, e de zero a 200 km/h em 9,6 segundos. São belos números para um hot hatch. O valor pedido pelo carro é elevado, sem dúvida, mas é o que o vendedor considera justo levando em conta o estado de conservação, o nível de preparação e a exclusividade do carro.

Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do vendedor.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Esta puxada absurda de 8 segundos no quarto-de-milha é uma prova do potencial do Dodge Challenger SRT Hellcat

Dalmo Hernandes

King of the Hill: quando a Lotus ajudou a Chevrolet a fazer um dos melhores Corvette de todos

Dalmo Hernandes

Moderação de tráfego: como reduzir a velocidade dos carros e motos sem usar radares

Leonardo Contesini